√Č por isso que as escolas precisam parar de tirar o recesso como uma forma de puni√ß√£o

√Č por isso que as escolas precisam parar de tirar o recesso como uma forma de puni√ß√£o

Misture imagens – Kevin Dodge / Getty Images

√Č uma pr√°tica t√£o comum na minha escola infantil que eu nunca pensei duas vezes sobre isso, como sempre estive do lado dos professores quando se tratava de todas as disciplinas da sala de aula. N√£o estou familiarizado com o que eles lidam dia ap√≥s dia e com as t√©cnicas e estrat√©gias de gerenciamento de sala de aula que precisam empregar. Assim, como a maioria dos pais, eu confio totalmente neles (e na administra√ß√£o das escolas) para realizar o que eles v√™em como formas de disciplina necess√°rias e adequadas.

Mas, nos √ļltimos anos, uma dessas formas de disciplina n√£o apenas foi submetida a um exame minucioso, como tamb√©m passou a ser uma das formas de disciplina mais amplamente usadas em toda uma variedade de infra√ß√Ķes. E o que √© isso? Ser impedido de participar do recesso di√°rio.

Os alunos de hoje s√£o impedidos (ou levados a sentar-se durante o recreio) como conseq√ľ√™ncia de tudo, desde tarefas atrasadas nos trabalhos de casa e formul√°rios n√£o assinados dos pais at√© interrup√ß√Ķes gerais na sala de aula. √Č uma pr√°tica extremamente comum – uma que, segundo um estudo, √©sendo usado por mais de 81% das escolas, e um que os diretores da escola relatam √© usado como uma puni√ß√£o em 77% das vezes.

Embora seja uma prática que os professores afirmam ser altamente eficaz, ela também pode ter algumas consequências sérias.

Todos estavam cientes dos muitos e abrangentes benefícios do recesso diário,e jogo livre ao ar livre em geral. Estudo após estudo, confirma que as crianças precisam dessa folga diária dos acadêmicos e que ela desempenha um papel crucial e necessário no desenvolvimento criativo, social e emocional da criança.

Ent√£o, por que as escolas est√£o empenhadas em tirar essa pr√°tica di√°ria vital?

Bem, por um lado, os professores de hoje dizem ter pouca escolha quando se trata de disciplina em sala de aula.A professora da Faculdade de Educa√ß√£o Olga Jarrett afirma que os educadores usam essa puni√ß√£o porque simplesmente n√£o sabem mais o que fazer. Em uma sala de aula cheia de alunos indisciplinados, os professores sentem que tirar o recreio √© uma das poucas op√ß√Ķes para manter o controle. √Č uma conseq√ľ√™ncia que os alunos se sintam imediatamente e n√£o exigem aprova√ß√£o ou uma nota enviada para casa dos pais. O recesso foi feito para parecer um privil√©gio conquistado, em vez de um intervalo regular e consistente no dia em que crian√ßas e professores precisam. E quando √© feito para ser algo que as crian√ßas sentem que precisam ganhar, torna-se algo f√°cil de tirar quando parece que elas n√£o o mereceram.

Para acrescentar insulto à lesão, geralmente são aquelas crianças inquietas e inquietas que realmente precisam mais do recesso, mas que parecem também tirá-lo do lugar. Sheila Kahrs, diretora da Haymon-Morris Middle School, em Winder, Geórgia, acredita que a prática de punir as crianças por mau comportamento, fazendo-as ficar de fora em parte ou todo o recesso, pode ter o efeito negativo de piorar o problema quando as crianças perdem o sono. oportunidade de fazer uma pausa e eliminar o excesso de energia.

Recentemente, at√© a Academia Americana de Pediatria se envolveu no debate sobre o recesso, emitindo uma declara√ß√£o impressionante sobre o papel crucial do recesso e a pr√°tica de ret√™-lo. √Č algo que os pais podem compartilhar com o distrito escolar local, caso se preocupem com o fato de essa pr√°tica ser realizada com muita frequ√™ncia. Ele afirma: ‚ÄúO recreio √© uma pausa necess√°ria no dia para otimizar o desenvolvimento social, emocional, f√≠sico e cognitivo da crian√ßa. Em ess√™ncia, o recreio deve ser considerado um momento pessoal da crian√ßa e n√£o deve ser retido por raz√Ķes acad√™micas ou punitivas.

A Associação Nacional de Esportes e Educação Física também entrou na conversa recentemente, afirmando: Os estudantes não devem ter o recesso negado para que possam concluir o trabalho em sala de aula ou como forma de punição.

Atualmente, um ressurgimento do recesso está em andamento em todo o país, com muitos distritos locais e estaduais implementando diretrizes rigorosas e mínimos de tempo, mas especialistas dizem que ainda não é suficiente, e só conseguiremos oferecer aos professores uma alternativa maior para a disciplina. Algumas dessas alternativas incluem uma abordagem mais centrada no positivo e vincular a disciplina correta na correlação direta ao comportamento problemático. Por exemplo, em vez de Ao lidar com um aluno que foi rude ou malvado com outro aluno, afastando o tempo de folga da criança, os professores podem esperar que o aluno peça desculpas e talvez perca apenas o primeiro ou dois minutos do intervalo para refletir sobre o que eles fizeram de errado.

Os pais podem e precisam estar na linha de frente da defesa do recesso entrando em contato com o distrito escolar local e também trabalhando em cooperação com os professores na disciplina e no gerenciamento da sala de aula. Ao permanecermos envolvidos na criação e implementação da política de recreio, podemos garantir que nossos filhos não continuem perdendo em um dos eventos mais importantes da escola.