Hey garoto, vocĂȘ tem que usar calças!

Hey garoto, vocĂȘ tem que usar calças!

Caitlin Fitzpatrick Curley

Caro menino de 3 anos:

Eu te amo atĂ© a lua e de volta, ao infinito e alĂ©m, mais do que as palavras podem expressar … masnĂłs temos que conversar.

Precisamos falar sobre calças.Sim,calça.E, mais especificamente, eu gostaria de falar sobresuas calças.

VocĂȘ vĂȘ essas coisas aqui?

Caitlin Fitzpatrick Curley

Essas coisas são chamadascalça.E a coisa sobre calças é quetodo mundo usa.

Por quĂȘ? Bem, as pessoas usam calças paramuitode diferentes razĂ”es, incluindo:

Calor

Conforto

Modéstia

Higiene

Para o conforto de todas as outras pessoas que praticam calças ao seu redor

Porque Ă© uma lei

VocĂȘ tem gaveta inteira preenchido com opçÔes com as quais cobrir seus biscoitos. VocĂȘ pode usar calças compridas ou calças curtas, jeans ou moletom, cintura justa ou elĂĄstica. Sinceramente, nĂŁo me importoo quevocĂȘ estĂĄ usando a metade inferior desde que sejaalguma coisa.

NĂŁo me importo com a aparĂȘncia de sua roupa. Eu nĂŁo ligo se suas roupas combinam. Eu nĂŁo ligo se vocĂȘ usa meias. Todas essas coisas sĂŁo negociĂĄveis ​​e, durante meus mais de sete anos nesta maternidade, aprendi a escolher minhas batalhas com sabedoria.

Mas a coisa é: as calças sãoinegociåvel.

Eu deixei vocĂȘ andar pela Target vestido de Batman. Fizemos compras enquanto vocĂȘ estava vestida como uma princesa. VocĂȘ usou dois sapatos diferentes no parquinho. VocĂȘ Ă© a terceira criança que eu pareço eeu seivocĂȘ estĂĄ tentando encontrar maneiras de expressar sua singularidade e exercer controle. Eu entendo, eu realmente faço.

Mas vocĂȘ precisarĂĄ encontrar uma maneira de fazer essas coisasenquanto usava calça.

E seEuvagueando em sans-pants pĂșblicas, eu seria preso em pouco tempo.terusar calças no Target, na biblioteca e no Basket Basket, e vocĂȘdefinitivamentequer usar calças no parquinho (duas palavras:lascas de madeira!).

No passado, eu brinquei e me referi a vocĂȘ como o nudista da Nova Inglaterra, mas isso nĂŁo Ă© mais engraçado. HĂĄ quase um ano, quando peço para vocĂȘ colocar calças, vocĂȘ faz uma birra Ă©pica. É como um relĂłgio: vocĂȘ acorda Ă s 6:30 da manhĂŁ. e perambulo nu por mais de uma hora, ignorando minhas roupas de vestir, mesmo quando digo que precisamosestar em algum lugar.Finalmente, milagrosamente, eu levo vocĂȘ para o seu quarto, mais perto da calça, onde vocĂȘ começa a se encaixar. VocĂȘ grita e chora e continua como se suas calças, o que Ă© clarovocĂȘ nĂŁo estĂĄ vestindo, estavam pegando fogo. Esse ajuste pode durar de 30 minutos atrĂȘs horas. Com demasiada frequĂȘncia, preciso essencialmentesente em vocĂȘa fim de rebocar as calças em seu corpinho agitado e zangado.

Essa guerra de calças Ă©cansativo.Eu acenava uma bandeira branca, exceto que nĂŁo posso. Por quĂȘ? Porque, como afirmado,calças nĂŁo sĂŁo negociĂĄveis.

Podemos agradar a guerra por outra coisa? Sua camiseta? Seus sapatos? Qualquer coisa além de suas calças?

Eu te amo.

Mas,eu te amo maisquando vocĂȘ usa calças.

Ame,

Sua mãe exausta (que gosta de calças, especialmente aquelas da variedade de ioga)