A foto do c√Ęncer infantil na m√£e traz fortes rea√ß√Ķes

A foto do c√Ęncer infantil na m√£e traz fortes rea√ß√Ķes

A foto do c√Ęncer infantil na m√£e traz fortes rea√ß√Ķes

Foto via Beckett Strong no Facebook

O c√Ęncer √© um problema. Em um mundo perfeito, isso n√£o existiria, porque √© t√£o horr√≠vel assistir uma pessoa que voc√™ ama tanto combater a doen√ßa quanto lidar com os efeitos colaterais do tratamento, que podem incluir perda de cabelo e n√°usea extrema.

Os pais de crian√ßas com c√Ęncer, em particular, t√™m uma vida dif√≠cil, n√£o t√£o dura quanto o paciente, mas ainda dura.

Voc√™ n√£o apenas est√° desamparado vendo a pessoa que deve ajudar a navegar neste mundo a sofrer, mas tamb√©m precisa se preocupar com o lado financeiro de ter c√Ęncer nos Estados Unidos, al√©m de cuidar dos irm√£os de seu filho.

E esses irmãos têm isso tão difícil quanto você.

Um irm√£o est√° assistindo a mesma coisa que voc√™. Eles est√£o assistindo o irm√£o ou a irm√£ lutando contra o c√Ęncer e o tratamento, √†s vezes podem n√£o entender o que est√° acontecendo e, lentamente, come√ßam a perder o companheiro em termos de energia.

Infelizmente, essa parte do c√Ęncer infantil n√£o √© muito comentada, e foi isso que inspirou a m√£e do Texas, Kaitlin Burge, a compartilhar uma imagem poderosa do c√Ęncer infantil.

Uma coisa que eles n√£o dizem sobre o c√Ęncer infantil √© que ele afeta toda a fam√≠lia. Voc√™ sempre ouve sobre o‚Ķ

Publicado por Beckett Strong em terça-feira, 3 de setembro de 2019

A imagem, postada na p√°gina do Facebook Beckett Strong, √© uma imagem em preto e branco de seu filho, Beckett, 4 anos, que tem leucemia linfobl√°stica aguda, um tipo raro de c√Ęncer de sangue e medula √≥ssea que afeta o branco. c√©lulas sangu√≠neas, de acordo com a Cl√≠nica Mayo.

Na foto, Beckett está careca e vestindo apenas uma fralda. Ele está debruçado sobre o vaso durante uma crise de náusea. De pé atrás dele, com a mão nas costas, está sua irmã mais velha.

“Uma coisa que eles n√£o dizem sobre o c√Ęncer infantil √© que afeta toda a fam√≠lia”, escreveu Burge no post. “Meus dois filhos, com 15 meses de diferen√ßa, deixaram de brincar juntos na escola e em casa e passaram a sentar juntos em um quarto frio de hospital.”

A filha dela assistiu os m√©dicos tratarem Becket e “bombear uma d√ļzia de medicamentos pelo corpo”, de acordo com o post. Ela n√£o tinha certeza do que ou por que isso estava acontecendo, mas sabia que algo estava errado com ele.

‚ÄúEla o viu lutar para andar e lutar para brincar. O irm√£ozinho animado, en√©rgico e extrovertido que ela conhecia agora era um menino quieto, doente e com muito sono ‚ÄĚ, acrescentou Burge. “Ela n√£o entendeu como ele era capaz de andar antes disso, mas agora ele n√£o pode mais ficar sem ajuda. Ela n√£o entendeu as diferentes terapias que ele teve que fazer para recuperar suas for√ßas. Para ela, era algo especial que ele fazia que ela n√£o fazia.

Mas confus√£o n√£o √© a √ļnica coisa que a filha de Burge tem que lidar.

‚ÄúOs irm√£os s√£o esquecidos a maior parte do tempo. Eles fazem muitos sacrif√≠cios que as pessoas n√£o percebem “, disse ela √† CNN.

E, embora as rea√ß√Ķes tenham sido naturalmente misturadas ao ver fotos t√£o poderosas, n√≥s a elogiamos por trazer essa luta √† luz. O c√Ęncer infantil n√£o √© bonito para ningu√©m, e imagens como essa s√£o importantes para despertar a consci√™ncia, iniciar uma conversa e obter mais apoio √†s fam√≠lias.