contador gratuito Skip to content

Tome precau√ß√Ķes extras, pois o dano placent√°rio do COVID-19 √© um risco real para as mulheres gr√°vidas

covid-19

Houve relatos conflitantes sobre o efeito do COVID-19 em mulheres gr√°vidas. Mas, os dados at√© revelam que h√° uma baixa taxa de infec√ß√£o entre as mulheres gr√°vidas. Mas agora um novo estudo da Northwestern Medicine diz que esta doen√ßa pode causar les√Ķes na placenta. Isso tem s√©rias implica√ß√Ķes. Este √© o maior estudo para examinar a sa√ļde das placentas em mulheres que deram positivo para COVID-19. As placentas de 16 mulheres que apresentaram resultado positivo para COVID-19 durante a gravidez mostraram evid√™ncias de les√£o, de acordo com exames patol√≥gicos conclu√≠dos diretamente ap√≥s o nascimento. Leia tamb√©m – O papel da intelig√™ncia artificial na atual pandemia de COVID-19

O tipo de les√£o observada nas placentas mostra fluxo sangu√≠neo anormal entre as m√£es e seus beb√™s no √ļtero, apontando para uma nova complica√ß√£o do COVID-19. As descobertas, embora precoces, podem ajudar a informar como as mulheres gr√°vidas devem ser monitoradas clinicamente durante a pandemia. O jornal American Journal of Clinical Pathology publicou este estudo. Leia tamb√©m – Atualiza√ß√Ķes ao vivo do COVID-19: Casos na √ćndia aumentam para 2.16919 quando o n√ļmero de mortos chega a 6.075

Anormalidades descobertas

Os pesquisadores observam duas anormalidades comuns na placenta dos pacientes: fluxo sangu√≠neo insuficiente da m√£e para o feto com vasos sangu√≠neos anormais chamados de m√° perfus√£o vascular materna (MVM) e co√°gulos sangu√≠neos na placenta, chamados trombos intervilares. Em casos normais de MVM, a press√£o arterial da m√£e √© mais alta que o normal. Essa condi√ß√£o √© normalmente observada em mulheres com pr√©-ecl√Ęmpsia ou hipertens√£o. Curiosamente, apenas um dos 15 pacientes deste estudo apresentou pr√©-ecl√Ęmpsia ou hipertens√£o. Leia tamb√©m – Use m√°scara facial durante o sexo em meio √† pandemia de COVID-19: algumas outras dicas para se manter seguro

Segundo os pesquisadores, “Existe um consenso emergente de que existem problemas com a coagula√ß√£o e les√£o dos vasos sangu√≠neos em pacientes com COVID-19”. Eles suspeitam que possa haver algo de forma√ß√£o de co√°gulo no coronav√≠rus, e isso est√° acontecendo na placenta.

As mulheres gr√°vidas precisam ser monitoradas de perto

De acordo com pesquisadores da Northwestern University Feinberg School of Medicine, ‚Äúa maioria desses beb√™s foi entregue a termo ap√≥s gesta√ß√Ķes normais, ent√£o voc√™ n√£o esperaria encontrar nada de errado com as placentas, mas esse v√≠rus parece estar induzindo alguma les√£o na placenta. a placenta. ” Acrescentam ainda que n√£o parece induzir resultados negativos em beb√™s nascidos vivos. Mas valida a ideia de que mulheres com COVID devem ser monitoradas mais de perto.

Esse monitoramento aumentado pode vir na forma de testes não estressantes, que examinam o quão bem a placenta está fornecendo oxigênio ou ultra-sonografias de crescimento, que medem se o bebê está crescendo a uma taxa saudável. Os pesquisadores dizem que os resultados são significativos. Eles concordam que a necessidade da hora é melhor monitorar as mulheres grávidas.

Como o dano placent√°rio pode afetar o resultado da gravidez

A placenta transporta oxig√™nio e nutrientes da corrente sangu√≠nea da m√£e para o feto. √Č respons√°vel por muitas das altera√ß√Ķes hormonais no corpo da m√£e tamb√©m. Segundo os especialistas, ele atua como um ventilador para o feto. Qualquer dano a ele pode levar a resultados negativos.

Precau√ß√Ķes para mulheres gr√°vidas

Se voc√™ estiver gr√°vida, precisar√° tomar precau√ß√Ķes extras. Lave as m√£os com freq√ľ√™ncia e pratique o distanciamento social. Evite o contato com outras pessoas, tanto quanto poss√≠vel. Tire suas vacinas e n√£o ignore nenhum sintoma de doen√ßa respirat√≥ria. Se voc√™ pegar um resfriado, use um len√ßo de papel quando tossir ou espirrar. Jogue o len√ßo de papel no lixo e lave as m√£os logo depois. N√£o negligencie as consultas pr√©-natais.

Publicado: 28 de maio de 2020 13:44