Tipos de aperto de mão

Aperto de Mão

Aperto de mão

Conheça o significado de cada tipo de aperto de mão

Um simples aperto de mão pode significar muito mais do que você pensa. Portanto, o artigo de hoje discutirá os principais tipos existentes e quais são os significados. Curioso! Continue a ler para saber mais.

Assinou uma ideia

Em muitos casos, o aperto de mão pode servir como um selo final de um acordo. Basta pesquisar o termo na internet para encontrar milhares de fotos que apresentam profissionais fazendo o ato. Outro exemplo é quando as autoridades estão na vanguarda da imprensa e precisam mostrar que estão em paz ou simplesmente em comum acordo. Mais um exemplo: no início ou após um entrevista de trabalho, o empregador e o candidato apertam as mãos apenas como sinal de respeito.

Principais tipos de aperto de mão

Hoje você saberá quais são os principais apertos de mão existentes e o que eles significam. Saída:

  • Ao controle: Vamos começar com o básico, que é a posição das mãos. Geralmente, quem levanta a mão mostra que gosta de controlar as coisas e, principalmente, quer dominar a situação que está acontecendo no momento do aperto de mão.
  • colocar: Outro tipo de contato que pode demonstrar desejo de domínio é aquele que envolve uma atração. Além de apresentar violência, esse ato deixa claro quem quer comandar naquele momento.
  • Duas mãos: Esse tipo de contato com as mãos pode significar que o indivíduo está sendo mais carinhoso e sincero em relação ao momento. No entanto, se atingir os pulsos, convém que a pessoa deseje ter um gerenciamento de cena.
  • suor: Quando as palmas das mãos estão suadas, uma das partes envolvidas pode ficar nervosa com a situação em questão.
  • distância: Você já teve que apertar a mão de alguém que não chegou muito perto? Porque isso pode significar que o outro deseja manter uma distância segura por vários motivos. Um deles pode ser que você não goste e outro que prefere permanecer na defensiva para se proteger.
  • os dedos: o mesmo caso anterior acontece com aqueles que preferem apertar as mãos para que mal se toquem. Este é o momento de respeitar o espaço que todos precisam.
  • fraco: um ato preguiçoso pode mostrar falta de interesse ou pouca apreciação pela vida.
  • se apressou em: Outro tipo que transmite a ideia de desinteresse é quando uma das partes está com pressa. A velocidade deve ser tão rápida que não há tempo para uma conformidade um pouco mais longa ou mais respeitosa.
  • Forte: já quando a ação é muito densa, pode significar que a pessoa tem interesse, mas é totalmente insegura. Na cabeça dela, um forte aperto de mão pode passar com segurança.
  • personalizado: toca diferente dos meios comuns, além da diversão, que as pessoas envolvidas têm ou estão iniciando um tipo de relacionamento. Ou que, pelo menos, esses indivíduos já criaram liberdade o suficiente para selar conversas assim.
  • Com contato visual: mas não estamos falando de toque? Sim, mas muitas vezes, o ato com as mãos pode ser complementar a outro fato, como o visual. Em vários pontos da vida, o contato visual é necessário. Primeiro, ele transmite respeito, pois mostra que o outro está olhando para o que você está dizendo. Segundo, pode acontecer cumplicidade e o início de um estabelecimento de relacionamento honesto. Isso vale para relacionamentos amorosos, família, amigos e até mesmo para quem tem um ambiente de trabalho. Portanto, um aperto de mão que também tenha contato visual serve como uma confirmação do que está em contato.

Você não pode imaginar tanto que um simples aperto de mão possa aliviar uma pessoa ou uma situação, não é? Isso é chamado de linguagem corporal. Se você se lembra de um cara que não está na lista acima, basta escrever nos comentários.

E fique atento. Antes de sair para julgar cada aperto de mão, é essencial que você considere a pessoa e a situação. Uma análise de um forte aperto de mão ao acordar pode ser uma maneira de a pessoa tentar lidar com um cenário muito triste, por exemplo.

O papel do coaching

O coaching é o caminho certo para você que deseja entender mais sobre os tipos de personalidade e como identificá-los em cada um, com ou sem um aperto de mão.

O método visa transformar a vida de uma pessoa de maneira positiva. Após as sessões, o coachee (aprendiz) terá absorvido muita sabedoria sobre si mesmo com autoconhecimento; sobre a importância da evolução diária com o autodesenvolvimento; na necessidade de sentir o controle com inteligência emocional; você ainda terá as ferramentas e técnicas eficazes para descobrir quais são seus objetivos reais e como alcançá-los; e muitos outros pontos muito importantes para o progresso humano na vida pessoal e profissional.

O treinamento de Consultor de Análise Comportamental do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) é uma excelente maneira de entender mais sobre a mente humana. Com aulas teóricas e práticas detalhadas, o curso ensina como o mapeamento de perfis e as tendências comportamentais funcionam. Esse é um conhecimento inestimável para muitas pessoas, especialmente para quem trabalha com gerenciamento, liderança, psicologia e recursos humanos.

O curso possui uma grade de conteúdo baseada em pesquisas e estudos comportamentais brasileiros, permitindo que o coachee explore vários aspectos da sociedade em que vive. Durante as aulas, é possível obter conhecimento sobre a Teoria dos Perfis Comportamentais; como melhorar o processo de gestão de pessoas; agilizar e dar mais produtividade aos processos de recrutamento e seleção; identificar tendências; planejar estratégias de melhoria para o clima organizacional e os índices de qualidade de vida no trabalho; estimular a construção e o apoio de relacionamentos interpessoais; aplicar a análise comportamental em várias situações profissionais e pessoais de maneira positiva e não intrusiva; entenda a todos mais profundamente sem julgamento; entender quais habilidades uma pessoa precisa desenvolver para se tornar mais capacitada; antecipar as ações e reações de outros indivíduos; melhoria do senso crítico; aprimorando a capacidade de ver a mesma situação com mais de um ponto de vista; e muitas outras preciosidades que o treinamento de coaching pode trazer.

E tem mais! Você usará o Coaching Assessment, um sistema de identificação de perfil profissional e comportamental, que tem como referência a metodologia DISC. As siglas que formam o termo DISC significam dominância, influência, estabilidade e conformidade, em tradução livre. Essa é a única ferramenta reconhecida e canalizada pela FINEP, Ministério de Ciência e Tecnologia, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Fundação Minera de Software (FUMSOFT). Incrível, não é?

Em um curso de 20 horas, o coachee terá passado por muitas experiências inesquecíveis que terão a capacidade de transformar a maneira como ele pensa, age, reage e se comporta em relação ao mundo. Os resultados podem ser sentidos a curto, médio e longo prazo e em todos os setores, dentro e fora do trabalho. No final, o que é aprendido em um bom ambiente profissional pode ser usado em situações pessoais. Assim como o que é entendido como ruim, por um lado, pode não ser tão bom, por outro. Além de você, todos os que vivem ao seu redor sentem que você evoluiu e que, mais importante que isso, aprendeu a progredir um pouco mais a cada dia.

O que você está esperando para mudar sua vida e se tornar o protagonista da história? Conheça o treinamento e continue! Divirta-se compartilhando este artigo com seus amigos.

Direitos autorais: 574135633 – https://www.shutterstock.com/en/g/megaflopp