Terapia de grupo para transtorno do pânico

Terapia de grupo para transtorno do pânico

Se você foi diagnosticado com um transtorno do pânico, seu médico ou especialista em saúde mental pode encaminhá-lo para terapia de grupo. Você pode estar se perguntando como a terapia de grupo pode ajudá-lo a lidar com seus sintomas. A seguir, é apresentada uma visão geral da terapia de grupo para o transtorno do pânico.

O que é terapia de grupo?

Como o nome indica, a terapia de grupo envolve psicoterapia em um ambiente de grupo. Normalmente, um ou mais profissionais qualificados facilitam o processo de terapia de grupo. Os facilitadores são responsáveis ​​pelo planejamento das atividades do grupo, seleção de membros, determinação do tema ou dos objetivos do grupo e orientação da direção geral do grupo.

O terapeuta de grupo também decide a estrutura geral das sessões de terapia de grupo, como datas, horários e local. O facilitador e os membros se reúnem em um local privado por aproximadamente uma ou duas horas por semana. As sessões de terapia em grupo podem ser limitadas, durar várias semanas ou ser mais abertas. A maioria dos grupos consiste em apenas três a mais de quinze membros. O facilitador determinará se o grupo estará aberto à entrada de novos membros ou se será um grupo fechado que manterá os mesmos membros o tempo todo.

Quando o grupo se reúne, os assentos geralmente são organizados em círculo para promover a socialização e o compartilhamento. O processo de terapia de grupo geralmente ocorre em etapas. Uma maneira de conceituar isso é: treinar, trabalhar e fechar. Durante a fase de treinamento, os participantes se apresentarão e se conhecerão. A abertura na terapia de grupo pode parecer intimidadora em primeiro lugar, mas a coesão é necessária para que cada membro cresça durante o processo de terapia de grupo.

A seguir, a etapa de trabalho envolve aprofundar o aprendizado sobre a condição e a solução de problemas. Isso ocorre por meio do compartilhamento de exercícios, atividades de desenvolvimento de habilidades, discussões sobre progresso, estabelecimento de metas e outras atividades em grupo. Durante a fase final ou final do grupo, os participantes começam a transição para olhar para o futuro e determinar como aplicarão o que aprenderam à vida fora do grupo. Esta etapa final se concentra em como os membros planejam manter o sucesso após o tratamento.

Quais são os benefícios da terapia de grupo para o transtorno do pânico?

Existem muitos benefícios em participar da terapia de grupo. Alguns dos benefícios mais comuns da terapia de grupo para o transtorno do pânico incluem:

Suporte social– Muitas pessoas com transtorno do pânico enfrentam sentimentos de solidão e isolamento. Família e amigos podem tentar apoiá-lo, mas podem não ser capazes de entender a luta de seu ente querido. A terapia de grupo fornece um sentimento de pertença, permitindo que as pessoas com transtorno do pânico desenvolvam habilidades com outras pessoas que podem se relacionar. Nem todos os membros do grupo terão as mesmas experiências, mas os membros serão capazes de entender a luta um do outro com os sintomas do transtorno do pânico. Por meio da terapia de grupo, os membros podem se sentir seguros e apoiados, compartilhando seu progresso, contratempos, aspirações e objetivos.

Incentivo e inspiração.– A terapia de grupo não apenas oferece aceitação, mas também pode dar responsabilidade aos membros. As pessoas costumam estar mais inclinadas a trabalhar em metas quando outras pessoas as responsabilizam por alcançá-las. Pode ser muito motivador trabalhar em tópicos em um ambiente de grupo. Os membros podem se inspirar compartilhando idéias e testemunhando o sucesso de outros. A terapia de grupo pode incutir uma sensação de esperança, incentivar o incentivo e fornecer inspiração no caminho da recuperação.

Crescimento pessoal e gerenciamento de sintomas.– O principal objetivo da terapia de grupo é ajudar a controlar os sintomas. Através do grupo, é oferecida a uma pessoa a oportunidade de experimentar novas formas de ser e lidar com a situação. Os comentários oferecidos por outros membros podem ajudar a aumentar a autoconsciência. A terapia de grupo também pode permitir que os membros abandonem as emoções reprimidas, reduzam o estresse, melhorem a auto-estima e aprendam novas maneiras de controlar a ansiedade.

O tipo de psicoterapia usada para terapia de grupo dependerá do treinamento e da abordagem teórica do terapeuta. Muitos grupos serão facilitados usando técnicas de terapia cognitivo-comportamental (TCC), que demonstraram ser eficazes no tratamento de transtornos de ansiedade. Muitas das técnicas de TCC são adequadas para um formato de grupo, como dramatização, reestruturação cognitiva e modificação de comportamento. Para manter a dinâmica do grupo entre as sessões, tarefas, como exercícios de escrita, também podem ser atribuídas a cada semana.

Começando na terapia de grupo

A terapia de grupo é freqüentemente oferecida por hospitais, clínicas, consultórios particulares e agências comunitárias sem fins lucrativos. Alguns grupos podem se concentrar especificamente no tratamento do transtorno do pânico. Outros grupos podem ser mais gerais, concentrando-se em problemas comuns para pessoas com transtornos de ansiedade, como superar o pensamento negativo, aprender técnicas de relaxamento e treinamento em assertividade.

A terapia de grupo geralmente é apenas parte do plano de tratamento de uma pessoa. Seu plano de tratamento pode incluir outras opções de tratamento eficazes, como psicoterapia individual e medicamentos para o transtorno do pânico. O seu médico irá ajudá-lo a determinar quais opções de tratamento são melhores para suas necessidades.