Suporte on-line para transtorno do pânico

Suporte on-line para transtorno do pânico

Agora é comum usar a Internet para diversos fins. Desde pagar suas contas, encontrar uma data e tudo mais, não há muito que você não possa mais ficar on-line. Pessoas com problemas de saúde mental também podem usar a Internet para obter suporte.

Você sabia que muitas pessoas com transtorno do pânico recorrem a fontes da Internet como uma maneira conveniente de se conectar com recursos que podem ajudá-los a lidar com essa condição? Você pode se surpreender ao encontrar a riqueza de informações e assistência on-line. Leia abaixo para descobrir como você pode usar a Internet para encontrar suporte para o transtorno do pânico.

Conselho online

O aconselhamento tradicional envolve a reunião regular com um terapeuta para discutir os sintomas e o progresso atuais. Na sessão, ele deve falar sobre suas lutas, questões emocionais e triunfos sobre o transtorno do pânico. Entre as sessões, seu terapeuta pode solicitar que você complete a “lição de casa”, como praticar técnicas de relaxamento ou escrever um diário. Em cada reunião, você discutirá como melhorou, juntamente com os planos para enfrentar as barreiras à sua saúde mental.

Nos últimos anos, o aconselhamento online cresceu em popularidade como um meio de colher os benefícios do aconselhamento e, ao mesmo tempo, ter o conforto de ficar em casa. Por meio desse formato, você pode conversar ao vivo ou até por videoconferência com um terapeuta profissional. As tarefas podem ser discutidas e trocadas por e-mails, e você pode receber cuidados de qualidade no conforto da sua casa.

Além da conveniência, o aconselhamento on-line oferece o benefício da autonomia, pois você pode conversar sobre seus sintomas com um terapeuta que está longe de onde você mora. Também existem inúmeras desvantagens nos conselhos da Internet. Por exemplo, pode ser difícil desenvolver um bom relacionamento por esse formato, que é tão importante para a terapia quanto se espera que se abra sobre questões profundas. Além disso, muitas companhias de seguros não cobrem esses serviços e ainda há muito debate sobre a segurança de suas sessões quando são realizadas on-line.

Grupos de suporte da Internet

Existem alguns grupos ou fóruns de suporte on-line que podem ajudá-lo a compartilhar com outras pessoas que também estão lidando com um transtorno de ansiedade. A Associação Nacional de Doenças Mentais (NAMI) oferece grupos de discussão on-line onde você pode aprender mais sobre sua condição enquanto desenvolve relacionamentos com outras pessoas que podem compartilhar suas experiências. Você também pode encontrar grupos no Facebook, onde os membros podem postar atualizações, compartilhar recursos e oferecer suporte mútuo. Muitas vezes, esses grupos são privados, mas você pode ingressar simplesmente fazendo uma solicitação.

Além de participar de grupos e fóruns online, você também pode usar a Internet para encontrar grupos de suporte locais. Sites como o NAMI e a Associação de Ansiedade e Depressão da América (ADAA) têm diretórios on-line que podem ajudá-lo a encontrar esses grupos em suas áreas. Grupos de apoio mais gerais podem aparecer nesses sites, como grupos para pessoas diagnosticadas com transtornos de ansiedade. Outros grupos podem ser mais específicos, como os entes queridos de pessoas com doença mental, treinamento de assertividade ou sofrimento.

Sites com recursos

Além do apoio de outras pessoas, também existem muitos sites confiáveis ​​que podem fornecer informações importantes sobre o transtorno do pânico. Verywell.com oferece muitas informações valiosas sobre os sintomas, diagnóstico e tratamento do transtorno do pânico. Muitos outros sites também fornecem informações sobre os sinais e sintomas de distúrbios de saúde mental, além de informações sobre as opções de tratamento.

Diretórios on-line

Sites e assistência online não podem substituir o valor da ajuda pessoal. Se você ou alguém que você ama tenta lidar com o transtorno do pânico, é importante procurar ajuda profissional. Através de diretórios on-line como o Psychology Today ou o GoodTherapy.org, você pode procurar terapeutas licenciados e treinados em sua área. Você pode até filtrar sua pesquisa para incluir apenas os profissionais especializados em transtornos de ansiedade, que possuem seu seguro e até mesmo a preferência de gênero do seu provedor.