contador gratuito Skip to content

Seu bebê nasceu cedo demais? Proteger seu coração com leite materno

Semana Mundial da Amamentação

Toda m√£e que espera espera impacientemente para segurar seu pequeno pacote de alegria depois de esperar os nove meses de gesta√ß√£o, depois de suportar toda a doen√ßa da manh√£, horm√īnios que se descontrolam, dor e uma s√©rie de outros sintomas f√≠sicos desagrad√°veis ‚Äč‚Äče √†s vezes insuport√°veis. Mas e se o seu beb√™ nascer antes do tempo? Um rec√©m-nascido que chega antes das 38 semanas de gravidez √© definido como um beb√™ prematuro. Um beb√™ a termo √© aquele que nasceu entre 39-40 semanas mais seis dias de gesta√ß√£o. As √ļltimas semanas de gravidez s√£o extremamente importantes, pois esta √© a fase em que o c√©rebro e os pulm√Ķes se desenvolvem. Portanto, se um beb√™ n√£o completar o per√≠odo, √© prov√°vel que ele ou ela tenha nascido com alguns desafios de desenvolvimento e sa√ļde. Problemas relacionados ao cora√ß√£o s√£o um desses problemas. Em casos extremos, estes tamb√©m podem ser fatais. Mas a boa not√≠cia √© que o problema card√≠aco pr√©-termo do beb√™, pequeno, sob c√Ęmara card√≠aca desenvolvida, por exemplo, pode ser evitado simplesmente com o leite materno. Leia tamb√©m – O leite materno ou a √°gua sanit√°ria n√£o podem curar a infec√ß√£o por COVID-19: Outras alega√ß√Ķes falsas para evitar

O QUE O ESTUDO DIZ?

De acordo com o estudo, publicado na revista Pediatric Research, al√©m de fornecer nutrientes essenciais e imunidade para o beb√™, o leite materno pode ajudar na preven√ß√£o de doen√ßas card√≠acas em beb√™s prematuros. Possui certas propriedades que podem estimular horm√īnios e fatores de crescimento em um beb√™ prematuro, o que fortalece seu sistema imunol√≥gico, reduzindo a inflama√ß√£o e melhorando o metabolismo. Tamb√©m acelera o desenvolvimento do cora√ß√£o do seu filho rec√©m-nascido, aliviando o risco de problemas card√≠acos. Para este estudo, os pesquisadores observaram 30 beb√™s prematuros que foram alimentados com leite materno e 16 beb√™s prematuros que foram alimentados com uma dieta baseada em f√≥rmula. Ap√≥s 23 anos, eles foram convidados a fazer uma resson√Ęncia magn√©tica do cora√ß√£o para analisar o desempenho cardiovascular. Na resson√Ęncia magn√©tica, notou-se que aqueles que foram alimentados com leite materno obtiveram uma pontua√ß√£o melhor do que aqueles que usaram f√≥rmula alimentar. Este foi um estudo observacional. Portanto, s√£o necess√°rias mais evid√™ncias de como o leite materno afeta a sa√ļde do cora√ß√£o de um beb√™ prematuro. Leia tamb√©m – 5 raz√Ķes pelas quais a amamenta√ß√£o √© boa para m√£e e beb√™

Problemas cardíacos de bebês pré-termo

Os beb√™s nascidos antes de completarem o termo no √ļtero geralmente apresentam problemas card√≠acos complicados, como persist√™ncia do canal arterial (PDA), press√£o arterial baixa, c√Ęmaras card√≠acas menores e sopro card√≠aco. PDA refere-se a uma condi√ß√£o em que existe uma abertura persistente entre a aorta e a art√©ria pulmonar do beb√™. Este √© o resultado de um cora√ß√£o subdesenvolvido. A maioria dessas complica√ß√Ķes, como o PDA, geralmente desaparece por conta pr√≥pria em adultos, mas em prematuros, fluidos intravenosos, medicamentos e √†s vezes transfus√£o de sangue. Leia tamb√©m – o c√©rebro dos rec√©m-nascidos √© conectado para ver rostos, lugares

O QUE AUMENTA O RISCO DE UM NASCIMENTO PR√Č-TERMO?

Segundo dados da OMS, cerca de 15 milh√Ķes de beb√™s nascem prematuramente em todo o mundo. No entanto, existem grupos de alto risco com probabilidade de ter um parto prematuro. A idade materna avan√ßada, as condi√ß√Ķes de sa√ļde subjacentes √† press√£o alta da m√£e, o diabetes etc. podem aumentar o risco de o beb√™ nascer prematuro. M√ļltiplas gravidezes, fatores gen√©ticos e certos h√°bitos de vida, como fumar e beber excessivamente, tamb√©m podem ser os culpados. Conceber atrav√©s da fertiliza√ß√£o in vitro tamb√©m tem o risco de nascimento prematuro e complica√ß√Ķes card√≠acas em beb√™s. O desenvolvimento inadequado do cora√ß√£o do beb√™ pode ser causado pela falta de espa√ßo no √ļtero da m√£e.

Publicado: 29 de novembro de 2019 15:54 | Atualizado: 29 de novembro de 2019 18:05