Se seu filho precisar tirar um dia de sa√ļde mental durante o ensino a dist√Ęncia, deixe-o

Se seu filho precisar tirar um dia de sa√ļde mental durante o ensino a dist√Ęncia, deixe-o

MoMo Productions / Getty

Eram apenas 9:30 da manh√£ e um dos meus pr√©-adolescentes j√° tinha o suficiente com ensino a dist√Ęncia do dia. Sua senha de chamada do Zoom n√£o estava funcionando, ela n√£o entendia duas das tarefas em sua pilha di√°ria de tarefas a fazer, e ainda por cima, estava chovendo l√° fora sem chance de sair para brincar. Ela superou isso, e eu tamb√©m. N√£o apenas eu estava tentando ajud√°-la a se divertir, mas tamb√©m estava tentando preparar cada um dos meus outros tr√™s filhos para o e-learning.

Como a maioria dos pais, tivemos uma jornada dif√≠cil de aprendizado de crises. No come√ßo, eu estava tentando fazer todas as coisas, sempre, determinadas a manter todos dentro do cronograma. Isso rapidamente se tornou inating√≠vel e frustrante. Decidimos ent√£o priorizar. O que poder√≠amos deixar ir, e o que devemos continuar fazendo? Mesmo seguindo a rotina di√°ria, dando aos filhos a previsibilidade necess√°ria e simplificando sua carga de trabalho, ficou claro que haveria dias em que n√£o far√≠amos nada disso. Em vez disso, proclamo que tirar√≠amos o dia de folga em nome da sa√ļde mental.

A realidade √© que, apenas porque nossos filhos est√£o aprendendo em casa, isso n√£o significa que seus dias sejam magicamente mais relaxados, menos estressantes ou sem preocupa√ß√Ķes. De fato, o aprendizado de crises tem sido muito mais dif√≠cil para os meus filhos de v√°rias maneiras. Vamos ser reais. N√£o estou qualificado para ensinar matem√°tica da quinta s√©rie, realizar sess√Ķes de terapia da fala ou saber quando meu filho est√° pronto para subir de n√≠vel na leitura. Meus filhos percebem minha frustra√ß√£o e falta de confian√ßa, e isso nos leva a ser uma bagun√ßa sombria e desastrada. Se minha sa√ļde mental estiver inoperante naquele dia, principalmente quando meu transtorno de ansiedade est√° aumentando sua cabe√ßa feia, n√£o posso ajudar efetivamente meus filhos a gerenciar sua pr√≥pria sa√ļde mental. Os pais n√£o podem derramar de um copo vazio.

N√£o se trata de desistir quando as coisas ficam dif√≠ceis. A vida em quarentena j√° √© dif√≠cil. Combine toda a uni√£o comigo e com meu marido, trabalhando em casa, tentando ajudar quatro filhos a terminar o ano letivo e os √ļltimos meses foram desafiadores, para dizer o m√≠nimo. Ainda n√£o conseguimos um equil√≠brio perfeito e harmonioso, porque sinceramente n√£o acredito que isso seja poss√≠vel. Alguns dias, temos que desistir pelo bem da nossa sanidade.

A verdade √© que, se nossos filhos est√£o lutando mentalmente, eles n√£o est√£o aprendendo. N√£o h√° raz√£o absolutamente nula para pression√°-los a preencher uma planilha de estudos sociais, uma atividade cient√≠fica ou participar de (ainda outra) chamada de Zoom, se eles claramente n√£o est√£o conseguindo nada com isso. For√ßar uma crian√ßa em dificuldades a realizar os movimentos requer que as crian√ßas gastem a pouca energia e concentra√ß√£o que t√™m, o que apenas nos torna infelizes. Os pais t√™m o poder de determinar que a escola n√£o est√° em sess√£o por um dia e que a manuten√ß√£o da sa√ļde mental √© a prioridade.

No momento, temos uma oportunidade √ļnica de ensinar nossos filhos a ouvir o que seus corpos e c√©rebros est√£o dizendo a eles. Se eles est√£o tendo sintomas de ansiedade ou depress√£o, eles precisam ouvir e agir de acordo. O que eles n√£o deveriam fazer? Afaste esses sinais de aviso, finja que eles n√£o est√£o acontecendo e depois deixe-os apodrecer at√© explodir. A melhor maneira de fazer isso? Os pais precisam modelar quando e como tirar um dia de sa√ļde mental e, em seguida, dar aos filhos permiss√£o para expressar honestamente quando precisam de um descanso.

Não vou levar meus filhos à beira de um colapso total que pode levar dias para se recuperar. Em vez disso, estavam adotando uma abordagem mais proativa. Quando sinto que eles estão indo ladeira abaixo, apertamos o botão de pausa. A curto prazo, podemos fazer um lanche saudável, sair ou deixar o trabalho da escola por uma ou duas horas. Se fosse ao ponto em que eles (e eu) precisássemos de uma pausa mais longa, aproveitamos um dia inteiro de folga. Usaremos nossos pjs o dia todo, passaremos horas jogando gratuitamente, incluindo construção e leitura de Lego, e assistiremos a um filme. Às vezes, nossos filhos precisam apenas da nossa permissão para redefinir.

Voc√™ pode estar se perguntando como os educadores se sentem sobre isso. Os professores de meus filhos t√™m sido extremamente solid√°rios e compreensivos. Vamos lembrar que muitos deles n√£o est√£o apenas ensinando nossos filhos, mas tamb√©m est√£o ajudando seus filhos a aprender a dist√Ęncia. Eles entendem. A quarentena √© esmagadora, frustrante e teste de paci√™ncia para todos n√≥s. Mantivemos a comunica√ß√£o aberta com os professores de nossas crian√ßas, compartilhando com eles quando precis√°vamos de um prazo estendido ou quando era necess√°rio fazer uma reforma para uma tarefa. Nenhuma vez recebemos qualquer resposta por priorizar nossa sa√ļde mental.

Sei que alguns pais acham que o que estou fazendo √© mimar meus filhos e que tirar dias de sa√ļde mental n√£o funciona no mundo real. Adivinha? Este n√£o √© o mundo real e normal a que estamos acostumados. O COVID-19 abriu uma nova realidade que exige novas regras e escolas de pensamento. Uma oportunidade que temos como pais agora √© mostrar aos nossos filhos como podemos ser adapt√°veis ‚Äč‚Äče fortes, e tamb√©m saber quando √© a hora de se defender.

A sa√ļde mental de nossos filhos √© t√£o importante quanto sua sa√ļde emocional, espiritual e f√≠sica. Os quatro trabalham em conjunto para o bem-estar geral. Quando um est√° desligado, isso pode afetar todos os outros. Portanto, estamos optando por tirar dias de sa√ļde mental quando necess√°rio, assim como tirar√≠amos um dia de folga se uma crian√ßa estivesse fisicamente doente. N√£o temos desculpas ao garantir que consideremos nossos filhos como um todo, n√£o apenas sua experi√™ncia educacional.

N√£o vou empurrar meus filhos ao ponto de atingirem o esgotamento total. Estamos reduzindo a carga de trabalho deles sempre que poss√≠vel, para que a lista de tarefas seja mais vi√°vel. E quando dias dif√≠ceis acontecem, como inevitavelmente acontecem, determinamos sua hora para um dia de sa√ļde mental. Sempre h√° amanh√£.