Raz√Ķes comuns para n√£o conceber e outros problemas de infertilidade

Causas de infertilidade em homens e mulheres

Última atualização em 12 de março de 2020

Quase todo casal sonha em construir uma fam√≠lia. Eles sonham em ter um filho e nutri-lo com o melhor de suas habilidades. No entanto, √†s vezes, raz√Ķes m√©dicas ou de estilo de vida podem atrapalhar o processo e impedir a concep√ß√£o. Este artigo fornecer√° um conhecimento profundo das raz√Ķes pelas quais n√£o se pode conceber.

Principais raz√Ķes para n√£o engravidar

Se voc√™ tenta sem sucesso h√° algum tempo e o pensamento de “por que n√£o estou engravidando” o perturba, aqui est√£o algumas das poss√≠veis raz√Ķes por tr√°s do problema:

1. Falta de uma vida sexual saud√°vel

Surpreendentemente, essa √© uma das principais raz√Ķes para n√£o conceber. O momento da rela√ß√£o sexual deve ser de 1 a 2 dias antes do per√≠odo f√©rtil da ovula√ß√£o. N√£o basta apenas apreciar o ato durante esta janela, mas sim aproveit√°-lo todos os dias. Demasiado ou pouco est√° a aproximar demasiado. Embora muito sexo possa levar ao esgotamento e √† perda de interesse nas rela√ß√Ķes sexuais durante o per√≠odo f√©rtil, muito pouco sexo tamb√©m pode levar √† perda do per√≠odo f√©rtil, pois nem sempre voc√™ pode avaliar corretamente quando est√° ovulando.

2. Ser nervoso durante a relação sexual

Se voc√™ n√£o est√° gostando do ato, seu corpo fica estressado e n√£o passa pelos processos naturais. Em algum lugar, pode haver uma falha, e seu corpo acabar√° n√£o desejando o ato e o negar√°. √Č importante que voc√™ goste e deixe seus instintos assumirem o controle.

3. Sendo estressado

Quando um corpo est√° estressado, ele procura descanso e uma maneira de relaxar. A rela√ß√£o sexual, sendo um processo f√≠sico, dificulta esse desejo do corpo. Em vez de relaxar, voc√™ fica mais irritado e exausto. Sob tais circunst√Ęncias, o corpo n√£o est√° em condi√ß√Ķes de receber e ajudar no crescimento de um beb√™ no √ļtero.

4. Usar o banheiro logo após o sexo

√Č natural sentir a necessidade de lavar a lou√ßa quando terminar ou apenas se aliviar. √Č importante, no entanto, que voc√™ n√£o se apresse, mas fique na cama por no m√≠nimo 20 minutos. Isso d√° aos espermatoz√≥ides tempo suficiente para permanecer no √ļtero e nadar at√© encontrar o √≥vulo. Aumenta a probabilidade de v√°rios espermatoz√≥ides atingirem as trompas de fal√≥pio onde o √≥vulo est√° localizado e se fundem a ele. Se voc√™ estiver correndo para o banheiro logo ap√≥s o sexo, os espermatoz√≥ides n√£o t√™m tempo para alcan√ßar o √≥vulo, mas s√£o retirados do corpo devido √† gravidade e durante a lavagem.

5. Fumar ou beber

Fumar ou beber reduz bastante sua capacidade de produzir células germinativas (óvulos nas fêmeas e espermatozóides nos machos). Fumar ou beber diminui a capacidade do corpo de produzir células germinativas saudáveis.

6. Malhando muito

Quando voc√™ se submete a rotinas extenuantes de exerc√≠cios, o √ļtero sofre muita press√£o e isso interrompe o ciclo natural e diminui as chances de uma gravidez. Voc√™ pode continuar sua rotina, mas n√£o t√£o extensivamente. Movimente-se a uma velocidade mais baixa do que o habitual ou fa√ßa exerc√≠cios aer√≥bicos, mas com menos repeti√ß√Ķes e esfor√ßos.

7. N√£o se hidrata o suficiente

A água libera todas as toxinas do corpo, mantém você fresco e regula o metabolismo para funcionar perfeitamente. Não estar suficientemente hidratado pode interferir na sua capacidade de conceber.

8. Condi√ß√Ķes m√©dicas

Tamb√©m poderia haver condi√ß√Ķes m√©dicas por tr√°s de problemas na concep√ß√£o. Qualquer um dos indiv√≠duos de um casal pode ser afetado por condi√ß√Ķes que podem causar problemas para engravidar. Alguns dos fatores foram mencionados na tabela e discutidos em detalhes no artigo.

Em homens Morfologia espermática, doenças do sêmen, desequilíbrio hormonal, doenças, cirurgias prévias, fatores genéticos, etc.
Nas f√™meas Per√≠odos irregulares, baixo n√ļmero de √≥vulos, desequil√≠brio hormonal, anormalidades anat√īmicas, cirurgias pr√©vias, fatores gen√©ticos, etc.

Causas de infertilidade

Considera-se que um casal tem infertilidade prim√°ria somente se for incapaz de conceber naturalmente depois de tentar por um ano. Como mencionado anteriormente, a infertilidade pode ser devido a v√°rias raz√Ķes. Essas condi√ß√Ķes podem ser diagnosticadas por um andrologista (masculino) ou um ginecologista (feminino) e podem ser corrigidas de acordo.

Nos homens

A infertilidade masculina acontece quando:

  • Eles produzem espermatoz√≥ides que s√£o morfologicamente anormais
  • Eles produzem um n√ļmero baixo de espermatoz√≥ides de boa qualidade ou espermatoz√≥ides n√£o m√≥veis
  • Anormalidade gen√©tica levando √† esterilidade
  • Uma doen√ßa sexualmente transmiss√≠vel (DST) que causou anormalidade
  • Problemas de estilo de vida

Para entender onde está o problema, seu médico o submeterá a um exame físico e fará perguntas pessoais sobre sua vida sexual, hábitos alimentares e várias outras perguntas. Caso seja necessário, eles solicitarão que você faça um teste de análise de sêmen e esperma. Com base nos resultados, mais testes específicos serão realizados.

1. Exame Físico

O médico verifica se há anormalidades nos órgãos sexuais. Por exemplo Рtestículos não descidos (uma condição em que os testículos falharam ao entrar no escroto após o nascimento. Isso pode prejudicar a produção de espermatozóides), tumores e crescimentos anormais que dificultam o bom funcionamento do órgão

2. Avaliação hormonal

A testosterona √© o principal horm√īnio sexual masculino. Isso regula o crescimento e a produ√ß√£o de espermatoz√≥ides. Se o corpo tem um n√≠vel anormal desse horm√īnio, a produ√ß√£o de espermatoz√≥ides n√£o segue o ciclo normal.

3. Análise de esperma e sêmen

Esse teste verifica o n√ļmero de espermatoz√≥ides, o n√ļmero de espermatoz√≥ides m√≥veis, a morfologia dos espermatoz√≥ides, a quantidade de s√™men presente em um ejaculado e a consist√™ncia do s√™men. Se eles diferem da nota normal, v√°rios outros testes s√£o feitos para identificar exatamente o que est√° causando o problema.

4. Anticorpos Anti-Esperma

Em alguns casos, o corpo produz anticorpos anormais que atacam os espermatozóides uma vez ejaculados. Esses anticorpos matam os espermatozóides e não lhes permitem penetrar e fertilizar o óvulo.

5. Varicocele

Esta é uma condição comum que ocorre principalmente nas pernas daqueles que continuam em pé ao longo do dia. As veias incham e causam obstrução do fluxo sanguíneo, causando danos musculares nessa área. Isso também ocorre nas veias presentes no testículo. Uma varicocele no testículo diminui a qualidade do esperma. Essa condição geralmente pode ser revertida.

6. Tumores

O crescimento do tumor no trato reprodutivo pode prejudicar o funcionamento do sistema. Esses tumores malignos podem afetar as gl√Ęndulas que liberam o horm√īnio sexual, afetam a produ√ß√£o de c√©lulas ou obstruem a passagem. √Äs vezes, essa condi√ß√£o pode ser corrigida atrav√©s de quimioterapia. No entanto, a quimioterapia tamb√©m pode causar mais danos aos √≥rg√£os e as c√©lulas-tronco germinativas podem adquirir falhas gen√©ticas.

7. Espermas anormais

Existem vários fatores que afetam os espermatozóides, tornando-os anormais e perdendo a capacidade de fertilizar um óvulo.

Nesse caso, h√° um n√≠vel reduzido de produ√ß√£o de espermatoz√≥ides. Em um amplo espectro, essa condi√ß√£o √© causada devido a anomalia hormonal, problemas de sa√ļde ou irregularidade anat√īmica.

Esta √© uma condi√ß√£o em que a motilidade esperm√°tica √© prejudicada. Os espermatoz√≥ides precisam ser altamente ativos e m√≥veis para nadar atrav√©s da grande dist√Ęncia para alcan√ßar o √≥vulo e fertiliz√°-lo. Se esses espermatoz√≥ides s√£o “pregui√ßosos” ou n√£o s√£o ativos o suficiente, eles s√£o incapazes de faz√™-lo e deixam de ajudar na gravidez.

Este termo refere-se a espermatozóides com dificuldades morfológicas. Se houver algum dano na estrutura do esperma, ele é naturalmente abortado ou a viabilidade é drasticamente reduzida.

√Č aqui que o s√™men n√£o cont√©m espermatoz√≥ides. Tem formas variadas, a maioria das quais pode ser medicamente corrigida.

Neste caso, devido ao desequilíbrio hormonal, os testículos não recebem uma dose saudável de testosterona para produzir espermatozóides.

Aqui, o próprio órgão está anormal, danificado ou a produção de espermatozóides está totalmente ausente ou não atinge o nível ideal.

Nesse caso, os espermatoz√≥ides s√£o produzidos, mas n√£o s√£o ejaculados no s√™men. A principal causa subjacente √© devido a uma obstru√ß√£o ou aus√™ncia de um t√ļbulo. Essa condi√ß√£o √© bastante rara e pode ser corrigida cirurgicamente.

Esta condi√ß√£o define uma amostra de s√™men que cont√©m um n√ļmero alto de gl√≥bulos brancos. Existem casos de condi√ß√Ķes assintom√°ticas que aumentam a produ√ß√£o de gl√≥bulos brancos no s√™men. Segundo a pesquisa, isso pode ser devido a um estilo de vida saud√°vel ou a uma infec√ß√£o bacteriana real. Raramente, os espermatoz√≥ides dessas amostras tiveram uma alta probabilidade de fertiliza√ß√£o durante t√©cnicas artificiais de reprodu√ß√£o, mas quando se trata do modo arcaico, essas amostras foram associadas √† infertilidade lim√≠trofe. A condi√ß√£o pode ser totalmente revertida para o tratamento com antibi√≥ticos.

Aqui, os homens experimentam um “ejaculado seco”, onde o s√™men com os espermatoz√≥ides n√£o √© liberado do p√™nis, mas reverte para a bexiga. Isso acontece devido √† ejacula√ß√£o retr√≥grada ou a uma obstru√ß√£o. Ambos podem ser corrigidos cirurgicamente.

Esta é uma condição em que os espermatozóides não são móveis. Refere-se a espermatozóides mortos no ejaculado.

8. Ejaculação retrógrada

Nesse caso, o ejaculado volta para a bexiga em vez de sair pelo pênis. Isso ocorre devido a uma cirurgia pélvica anterior ou quando as vans deferentes (tubo que liga o testículo ao pênis) estão ausentes devido a uma condição genética.

9. Obstrução

Pode haver uma obstrução em qualquer lugar, desde os testículos até o pênis, e isso não dá uma passagem clara para os espermatozóides se moverem.

10. Problemas com rela√ß√Ķes sexuais

Isso ocorre devido a v√°rios motivos, como:

  • Disfun√ß√£o er√©til – A ere√ß√£o n√£o √© mantida por um per√≠odo de tempo suficiente
  • Ejacula√ß√£o precoce – onde o orgasmo √© atingido antes da mistura de esperma e espermatoz√≥ides
  • Anomalias anat√īmicas – Onde as partes da anatomia n√£o s√£o como deveriam ser
  • Problemas fisiol√≥gicos ou de relacionamento que interferem no ato

11. Doença celíaca

√Č basicamente um dist√ļrbio digestivo devido √† sensibilidade ao gl√ļten. Um dos sintomas passa a ser a infertilidade. A ado√ß√£o de uma dieta sem gl√ļten pode reverter a condi√ß√£o.

12. Certos medicamentos

Alguns medicamentos podem interromper a produ√ß√£o de esperma e levar √† infertilidade. Alguns deles s√£o –

  • Terapia de reposi√ß√£o de testosterona
  • Uso prolongado de ester√≥ides anabolizantes
  • Medica√ß√£o contra o c√Ęncer
  • Certos medicamentos antif√ļngicos
  • Alguns medicamentos para √ļlcera

13. Cirurgias Prévias

A infertilidade pode ser um efeito colateral de cirurgias realizadas anteriormente pelo indivíduo. Estes sempre podem ser corrigidos através de outra cirurgia corretiva. Algumas das cirurgias que poderiam levar a esse efeito são:

  • Repara√ß√£o de h√©rnia inguinal
  • Cirurgia escrotal ou testicular
  • Cirurgias prostradas
  • Cirurgias de c√Ęncer testicular ou reto
  • Vasectomia

14. Infertilidade Idiop√°tica

Em termos comuns, isso se refere a uma condição em que o fator causal não pode ser apontado para uma característica específica ou um elemento ausente.

15. Anomalia genética

Devido a alguns fatores genéticos, os homens são esterilizados. O cromossomo é silenciado ou desaparece ou, em alguns casos, uma microdeleção no cromossomo Y faz com que o testículo produza espermatozóides anormais. Sendo este um defeito de nascença, não há cura ou tratamento.

Certos fatores ambientais tamb√©m podem causar infertilidade nos homens. Esses fatores influenciam os tra√ßos com uma for√ßa igual √† dos caracteres gen√©ticos. Alguns deles s√£o –

  • A exposi√ß√£o a produtos qu√≠micos industriais pode levar a uma baixa contagem de espermatoz√≥ides. por exemplo: benzeno, tolueno, etc.
  • Radia√ß√£o ou raios X causam danos ao DNA, levando a c√©lulas anormais que s√£o mortas dentro do corpo.
  • O aumento do temperamento pode matar os espermatoz√≥ides nos test√≠culos.
  • A exposi√ß√£o prolongada a fertilizantes, herbicidas e pesticidas, como o √≥xido n√≠trico, reduz a motilidade e a viabilidade do espermatoz√≥ide e prejudica a capacidade do espermatoz√≥ide penetrar no o√≥cito. O diclorodifeniltricloroetano (comumente chamado DDT) afeta a contagem de espermatoz√≥ides.
  • Os pl√°sticos de baixa qualidade podem entrar no corpo quando usados ‚Äč‚Äčpara armazenar alimentos, se misturar na corrente sangu√≠nea, atingir o sistema reprodutor masculino e afetar a contagem de esperma, a motilidade e a viabilidade.

Nas mulheres

O corpo de uma mulher precisa estar de boa sa√ļde para poder conceber, pois precisa passar por mudan√ßas f√≠sicas para nutrir um beb√™ saud√°vel e em crescimento. Assim, sua sa√ļde precisa ser verificada se voc√™ estiver tendo problemas para conceber. Alguns problemas que as mulheres enfrentam podem ter os seguintes motivos:

  • Problemas de ovula√ß√£o devido a desequil√≠brios hormonais, tumores ou cistos, dist√ļrbios alimentares, problemas nas gl√Ęndulas tire√≥ides, excesso de peso, estresse ou ciclos menstruais extremamente breves
  • Doen√ßas inflamat√≥rias p√©lvicas, endometriose ou miomas, tecido cicatricial ou ades√£o

  • Uma gravidez ect√≥pica anterior, defeitos cong√™nitos anteriores, etc.

Todos esses fatores afetam o funcionamento do corpo de uma mulher em direção a uma gravidez saudável. Os principais fatores que contribuem para as causas da infertilidade feminina são:

1. Ciclos menstruais disruptivos

Nesse caso, os ciclos s√£o muito longos (35 dias ou mais), muito curtos (menos de 21 dias), irregulares ou n√£o ocorrem. Sob tais condi√ß√Ķes, um √≥vulo maduro n√£o est√° sendo liberado para ocorrer a gravidez.

2. Dist√ļrbios da ovula√ß√£o

Isso est√° relacionado ao dist√ļrbio acima. Essa condi√ß√£o persiste devido a um dos fatores mencionados abaixo –

  • SOP (S√≠ndrome do Ov√°rio Polic√≠stico)

Devido a desequilíbrios hormonais, um óvulo não é liberado, mas persiste dentro dos ovários na forma de cistos cheios de líquido.

O horm√īnio fol√≠culo-estimulante (FSH) e o horm√īnio leutanizante (LH), produzidos no hipot√°lamo, s√£o respons√°veis ‚Äč‚Äčpor regular o crescimento, a matura√ß√£o e a libera√ß√£o de um ovo todos os meses. Se houver alguma interrup√ß√£o desses horm√īnios, o est√°gio proliferativo √© interrompido.

  • Insufici√™ncia Ovariana Prematura

Este √© um dist√ļrbio no qual os √≥vulos prematuros s√£o perdidos no ov√°rio sem nunca amadurecer devido a um dist√ļrbio autoimune, fatores gen√©ticos ou causas hormonais.

Uma alta quantidade de prolactina no organismo reduz a produ√ß√£o de estrog√™nio, respons√°vel pela matura√ß√£o e prolifera√ß√£o dos ovos. Isso pode ser causado devido a um medicamento ou uma anomalia na gl√Ęndula pituit√°ria.

3. Infertilidade tub√°ria

Esta condi√ß√£o refere-se a uma obstru√ß√£o f√≠sica ou dano √†s trompas de fal√≥pio que conectam os ov√°rios ao √ļtero. A fertiliza√ß√£o ocorre nesses tubos, ap√≥s os quais o zigoto viaja para o endom√©trio. Algumas das raz√Ķes para esse problema s√£o:

  • Doen√ßa inflamat√≥ria p√©lvica: A clam√≠dia, a gonorreia ou qualquer outra DST pode causar inflama√ß√£o dessas c√©lulas tubulares, levando a um bloqueio
  • Cirurgia pr√©via no abd√īmen ou na pelve
  • Tuberculose p√©lvica

Esta √© uma infec√ß√£o p√©lvica bacteriana. Uma vez que as bact√©rias infectam os pulm√Ķes, atingem a corrente sangu√≠nea e s√£o transportadas para v√°rias partes do corpo. As trompas de fal√≥pio formam a √°rea perfeita para a resid√™ncia dessas bact√©rias. Isso causa inflama√ß√£o e bloqueia esse segmento de tecido de v√°rias outras formas de resposta do corpo.

4. Endometriose

Esta √© uma condi√ß√£o em que o crescimento do tecido ocorre em locais diferentes daquele em que deveria crescer. Tende a superar a √°rea circundante. Ap√≥s a corre√ß√£o atrav√©s da cirurgia, o processo de cicatriza√ß√£o deixa cicatrizes. Essas cicatrizes, se nas trompas de fal√≥pio, tendem a bloque√°-las. Se no √ļtero, eles podem atrapalhar a implanta√ß√£o de um zigoto no endom√©trio.

5. Causas uterinas ou cervicais

V√°rios fatores podem atrapalhar o processo de implanta√ß√£o ou aumentar as chances de aborto espont√Ęneo.

  • Miomas ou tumores no √ļtero que podem bloquear as trompas de fal√≥pio
  • Cicatriza√ß√£o de endometriose
  • Anormalidades uterinas presentes desde o nascimento
  • Estenose cervical: onde o √ļtero √© estreito e n√£o suporta a gravidez
  • Incapacidade de produzir a quantidade ideal de muco que auxilia no deslocamento dos espermatoz√≥ides para as trompas de fal√≥pio

6. Ovos insuficientes

Uma mulher nasce com um n√ļmero espec√≠fico de √≥vulos nos ov√°rios. √Ä medida que ela envelhece, esses √≥vulos amadurecem todos os meses e s√£o reduzidos em n√ļmero. Se n√£o houver √≥vulos prematuros suficientes no corpo, as chances de gravidez diminuem drasticamente.

7. Doen√ßas m√©dicas cr√īnicas

Essas condi√ß√Ķes s√£o aquelas que persistem no corpo por um longo tempo e atrapalham o funcionamento dos outros sistemas org√Ęnicos do corpo.

  • As doen√ßas cr√īnicas do f√≠gado e dos rins afetam o funcionamento das gl√Ęndulas pituit√°rias, levando √† infertilidade.
  • A fibrose c√≠stica causa a produ√ß√£o de muco cervical mais espesso, dificultando a penetra√ß√£o dos espermatoz√≥ides no colo uterino e a entrada no √ļtero.

8. Dist√ļrbios da tire√≥ide

Problemas da tireóide podem causar perda de peso não intencional, sem ovulação.

9. Quimioterapia

Devido aos fatores químicos reverberados no corpo, os óvulos são afetados e são mortos nessa duração. As mulheres podem congelar seus óvulos antes de serem submetidos à quimioterapia, a fim de implantá-los após uma gravidez.

10. Estilo de vida

Diferentes fatores de seu estilo de vida influenciam muito sua fertilidade.

  • Era: Ap√≥s os 30 anos, a perda folicular aumenta, resultando em um n√ļmero menor de √≥vulos de boa qualidade.
  • Fumar: Isso danifica as trompas de fal√≥pio e o √ļtero. O risco de abortos e as chances de uma gravidez ect√≥pica tamb√©m aumentam.
  • Peso: Um IMC aumentado ou diminu√≠do influencia bastante a capacidade do seu corpo de suportar uma gravidez.
  • √Ālcool: Diminui a produ√ß√£o saud√°vel de ovos.

11. Diabetes Mellitus

Observou-se que mulheres com diabetes tipo 1 apresentam um risco aumentado de puberdade tardia, irregularidades menstruais, desequil√≠brios hormonais, SOP, baixo n√ļmero de nascidos vivos e menopausa precoce.

12. Doença celíaca

Este √© um dist√ļrbio auto-imune desencadeado pelo gl√ļten na dieta. Observa-se que os sintomas n√£o gastrointestinais desta doen√ßa s√£o puberdade tardia, irregularidades menstruais e maior risco de complica√ß√Ķes na gravidez.

13. Medicamentos / Medicamentos

Os medicamentos usados ‚Äč‚Äčpara tratar doen√ßas tamb√©m t√™m a capacidade de causar infertilidade. Alguns deles s√£o:

  • anti-inflamat√≥rios n√£o ester√≥ides
  • medicamentos neurol√©pticos (usados ‚Äč‚Äčpara tratar a psicose)
  • espironolactona (um medicamento tomado para reduzir a reten√ß√£o de l√≠quidos)

14. Estresse

Este é um fator que resulta principalmente em um desequilíbrio hormonal que leva a períodos irregulares.

15. Xenohorm√īnios

S√£o subst√Ęncias presentes no ambiente que s√£o absorvidas pelo corpo atrav√©s da pele. Uma vez absorvidos, eles diminuem o n√≠vel de progesterona, o que reduz a fertilidade. Essas subst√Ęncias est√£o presentes principalmente em escapamentos de autom√≥veis, pl√°sticos, pesticidas, emulsificantes em sab√Ķes e cosm√©ticos, etc.

16. Uso prolongado de pílulas anticoncepcionais

A pílula anticoncepcional (também prescrita para problemas de fertilidade, como SOP ou endometriose) tem sido associada a problemas de fertilidade em algumas mulheres.

17. Infertilidade inexplicada

Infertilidade inexplicável é onde a causa nunca é encontrada. Pode ser devido a vários fatores menores ou à culminação de fatores presentes nos dois indivíduos de um casal.

18. Fatores genéticos

√Č aqui que os genes codificam anatomia anormal, n√≠veis hormonais anormais etc., levando √† esterilidade de um indiv√≠duo.

Sa√ļde e outras causas de infertilidade

1. Abuso de Drogas

Observou-se que os ester√≥ides anabolizantes usados ‚Äč‚Äčpara aumentar a massa corporal diminuem os test√≠culos e diminuem a produ√ß√£o de espermatoz√≥ides

2. Uso de √Ālcool

O álcool reduz a produção de testosterona, que causa disfunção erétil e produção de esperma

3. Estresse emocional

O estresse dificulta o ciclo hormonal normal, que por sua vez afeta a produção de esperma

4. Vestindo roupas justas

Isso também tem sido associado a problemas de fertilidade devido à produção reduzida de esperma

Testes de fertilidade

Os testes de fertilidade ajudam a identificar os problemas que podem estar desencadeando problemas na concepção. Eles devem ser tomados pelo homem e pela mulher se a concepção estiver demorando. Aqui está uma lista dos testes que você precisa fazer se detectar algum sinal de que não pode engravidar.

1. Para Homens

Esses testes s√£o usados ‚Äč‚Äčpara imaginar a anatomia de um homem para deduzir a anomalia presente.

An√°lise de s√™men Testes para anormalidades esperm√°ticas, contagem de espermatoz√≥ides, n√ļmero de espermatoz√≥ides, mobilidade esperm√°tica
Testes hormonais Teste de testosterona, FSH, LH e prolactina
Urinálise Teste para presença de glóbulos brancos indicando infecção
Vasography Exame de raios-X para determinar bloqueio ou vazamento de tubos
Ultrassonografia Exame usado para detectar bloqueios no trato reprodutivo, ducto prostrado, vesículas seminais, ductos ejaculatórios
Teste genético Uma análise de DNA para determinar quaisquer genes que causam infertilidade

2. Para mulheres

Esses testes de infertilidade feminina s√£o usados ‚Äč‚Äčpara criar imagens da anatomia de uma mulher para deduzir a anomalia presente.

Teste de ovula√ß√£o Detecta o aumento de horm√īnios indutores de ovula√ß√£o para analisar um ciclo menstrual
Histerossalpingografia Detecta as anormalidades na cavidade uterina. Contraste de raios-X injetado e observado sob exposição de raios-X
Teste de reserva ovariana Detecta o n√ļmero de √≥vulos de boa qualidade presentes nos ov√°rios
Teste hormonal Horm√īnios relacionados √† ovula√ß√£o, hip√≥fise e tire√≥ide s√£o verificados
Laproscopia T√©cnica invasiva em que, usando uma incis√£o fina, um tubo √≥ptico √© inserido para visualizar claramente o √ļtero, o endom√©trio e as trompas de fal√≥pio
Ultrassom Anomalias das trompas uterinas e das trompas de falópio são deduzidas. Este teste pode ser realizado se a mulher estiver ovulando, mas não engravidando
Testes genéticos Uma análise de DNA para determinar quaisquer genes que causam infertilidade

Quanto tempo posso tentar conceber antes de consultar um médico?

A duração que você deve tentar conceber antes de consultar um médico depende da sua idade. Se a mãe tiver menos de 35 anos, o casal deve conversar com um médico após 1 ano de tentativas, mas se for mais velha, é aconselhável consultar um médico após 6 meses de tentativas.

Os avanços na ciência e na medicina aplicada resultaram na síntese de técnicas de tratamentos para resolver os problemas acima. Se você estiver enfrentando problemas para conceber, consulte seu médico para obter ajuda com esses remendos difíceis.

Leia também: Tratamento de fertilidade Рtecnologia de reprodução assistida