contador gratuito Skip to content

Quando os bebês começam a falar?

Quando os bebês começam a falar?

Imagem: Shutterstock

Os bebês começam com arrulhar adorável e borbulhar. À medida que envelhecem, começam a falar consoantes simples e, eventualmente, palavras como mãe e pai. A próxima conquista é uma sequência de palavras que formam frases básicas. Então, quando exatamente essa próxima conquista acontece? O MomJunction fornece uma visão detalhada de como os bebês falam, como melhorar suas habilidades de fala e, em caso de atrasos, como tratá-los e tratá-los. Continue lendo!

Como os bebês aprendem a falar?

Os beb√™s aprendem a falar em etapas e, surpreendentemente, o primeiro passo ocorre no √ļtero. Os pesquisadores observaram a atividade cerebral nos centros de linguagem do c√©rebro do feto, j√° no s√©timo m√™s de gesta√ß√£o (1). H√° um aumento na atividade cerebral fetal cada vez que a m√£e fala em tom mais alto ou quando enfatiza as vogais ao pronunciar uma palavra. Os especialistas sugerem que o bico √© como se o beb√™ estivesse tendo sua primeira aula de linguagem da fala ouvindo a voz da m√£e.

No final da gravidez, o feto é adepto de ouvir palavras. Durante o parto, os bebês nascem com conhecimento limitado, mas significativo, incluindo a capacidade de distinguir entre línguas nativas e estrangeiras. No entanto, a progressão em direção à fala significativa ocorre passo a passo.

voltar

Quando os bebês começam a falar?

Os bebês emitem seus primeiros sons de arrulhar e borbulhar aos dois meses de idade (2). Esses sons são a base para um maior desenvolvimento da fala e a próxima conquista será uma tagarelice ao final de quatro meses (3). O desenvolvimento continua e aos 12 meses o bebê começa a falar algumas palavras básicas. As primeiras palavras significativas chegam aos 24 meses (dois anos) e as conversas começam no final do estágio infantil, que é de 36 meses (três anos) (4) (5). Como qualquer outro marco no desenvolvimento, o desenvolvimento da fala em bebês é um processo passo a passo que envolve várias etapas.

voltar

Est√°gios de desenvolvimento da linguagem de Babys

Aqui est√° uma linha do tempo do desenvolvimento da fala com v√°rias realiza√ß√Ķes e n√≠veis de progress√£o no desenvolvimento da fala e da linguagem (6) (7) (8).

EtapaMilestones
Estágio de um a três meses Produz um som estridente, borbulhante e pegajoso de tons diferentes.
Est√°gio dois at√© seis meses. Balbucia imitando sons, re√ļne vogais, diz consoantes simples como p, me
Est√°gio de tr√™s a 12 meses. Diz que as primeiras palavras como m√£e, lodo e pai podem exclamar express√Ķes oh e uh-oh
Estágio quatro até 18 meses. Fale pelo menos dez palavras, pode juntar algumas palavras para formar frases básicas, diz Não
Estágio de cinco a 24 meses. Diga frases de três a quatro palavras, pronuncie frases simples como mais, use palavras como olá, tchau e vá, você pode falar cerca de 50 palavras
Est√°gio de seis a 36 meses. Diz nomes de objetos do cotidiano, d√° nome, sexo e idade, pode usar pronomes como eu, ele e ela, pode ter conversas simples

Cada est√°gio apresenta seu conjunto de marcos e conquistas. √Č isso que alguns desses sons significam.

Estágio de um a três meses:

  • Coos e twitter: Estes s√£o os primeiros sons de vocaliza√ß√£o. O beb√™ experimenta as cordas vocais enquanto usa sons como uma maneira de chamar a aten√ß√£o dos cuidadores.
  • Sons b√°sicos de conforto: Muitas vezes, voc√™ pode ouvir um rec√©m-nascido quebrando mm ou ah. Esses sons ajudam a confortar e acalmar o beb√™.

Est√°gio de dois a seis meses:

  • Balbuciar e imita√ß√Ķes: Balbuciar √© falar aleatoriamente palavras ou consoantes, imitando principalmente o que o beb√™ ouve. Imitar tamb√©m √© uma maneira de os beb√™s aprenderem novas palavras.
  • Vogais e consoantes simples: As vogais s√£o f√°ceis de pronunciar, pois n√£o envolvem movimentos complicados da l√≠ngua. Certas consoantes como p e b implicam um movimento para a frente mais confort√°vel da l√≠ngua. Tais consoantes est√£o entre as primeiras letras que o beb√™ fala (9).

Estágio três até 12 meses:

  • Primeiras palavras: Aos 12 meses, o beb√™ falar√° as primeiras palavras com consoantes f√°ceis de pronunciar. Ent√£o voc√™ ouve muito m√£e, pai, lodo e yaya. O beb√™ inicialmente falar√° essas palavras sem associar um significado a elas. Pouco a pouco, eles fazem o que √© certo e v√£o ao pai certo com uma m√£e ou pai.
  • Exclama√ß√Ķes Uh-Oh, torna-se comum quando o beb√™ cai ou deixa cair um brinquedo. As frases de exclama√ß√£o fazem parte do vocabul√°rio padr√£o e um beb√™ aprender√° a us√°-las por 12 meses.

Estágio quatro até 18 meses:

  • Falando algumas palavras b√°sicas: As primeiras palavras ser√£o os nomes de itens do cotidiano, como brinquedos, mamadeiras, sapatos, etc. Um beb√™ diz essas palavras quando pretende us√°-las, como uma mamadeira quando est√° com fome.
  • Diz n√£o: Um beb√™ assente de um lado para o outro e exclama n√£o. A capacidade de usar palavras simples como n√£o significa uma melhor correla√ß√£o entre habilidades de linguagem e cogni√ß√£o.

Etapa cinco aos 24 meses:

  • Copie palavras: Aos dois anos de idade, a crian√ßa imitaria as palavras e conversas em que voc√™ ouvir√° pessoas falando ao seu redor. Anteriormente, eles simplesmente imitavam e tagarelavam, mas agora se esfor√ßam para obter a pron√ļncia correta.
  • Falando at√© 50 palavras: Isso inclui sauda√ß√Ķes como ol√° e palavras como adeus e voila. Mais palavras levam √† forma√ß√£o de algumas frases significativas de quatro a seis palavras.

Est√°gio seis aos 36 meses:

  • Usando pronomes: A crian√ßa refere-se a si e aos outros com pronomes como eu e ele / ela. Isso significa que eles est√£o aprendendo as regras da primeira e da terceira pessoa.
  • Tenha conversas Parab√©ns! Agora voc√™ pode finalmente ter algumas conversas significativas com seu beb√™. Eles podem manter um di√°logo muito bem e seu desenvolvimento da fala at√© que a crian√ßa esteja completa.

O desenvolvimento da fala ocorre melhor quando o bebê recebe estímulo adequado dos pais.

Como os pais podem ajudar o bebê a aprender a falar?

As etapas a seguir podem ajudar seu bebê a desenvolver melhores habilidades de fala e idioma.

  1. Comece a falar cedo: A conversa do beb√™ √© uma maneira infantil de enquadrar palavras e frases para torn√°-las mais atraentes para o beb√™. Comece a falar cedo, como nos tr√™s primeiros meses, para entender os fragmentos de idioma. Pesquisas mostram que os beb√™s, que se envolvem em conversas sobre beb√™s mais cedo na vida, t√™m um vocabul√°rio mais amplo sobre a inf√Ęncia (10).
  1. Leia e cante: Isso desperta o interesse dos pequenos por palavras e frases. Reserve um tempo adequado de leitura e canto para estimular o desenvolvimento da linguagem.
  1. Incentive a imita√ß√£o: Deixe o beb√™ copiar suas palavras e balbuciar em voz alta. Pode parecer bobagem, mas quando o beb√™ entrar no cap√ī, sua c√≥pia se tornar√° mais precisa e lan√ßar√° as bases para a forma√ß√£o de frases significativas.
  1. Descreva pessoas e objetos: Aponte para os objetos e diga o nome do bebê e apresente as pessoas com seus nomes ou parentes. O uso de substantivos fortalece a associação objeto-substantivo e melhora significativamente o vocabulário do bebê.
  1. Faça perguntas e converse: Quando seu bebê é criança, faça perguntas quando ele quiser alguma coisa ou chegar até você com um problema. As perguntas funcionam como estimulantes para o bebê pensar em uma resposta. Aos três anos, você pode ter algumas conversas longas que aprimoram ainda mais suas habilidades.
  1. Use um idioma com o qual voc√™ se sinta mais confort√°vel: A Associa√ß√£o Americana de Fala, Linguagem e Audi√ß√£o (ASLHA) recomenda que os pais falem com o beb√™ em um idioma que seja conveniente para ele, como o idioma nativo (11). Ajuda a reduzir o dist√ļrbio de linguagem do beb√™, permitindo que os pais avaliem o progresso do beb√™.

Essas medidas garantirão que seu bebê desenvolva habilidades de linguagem facilmente. Mas você deve remover todos os obstáculos ao longo do caminho.

voltar

Coisas a fazer para o desenvolvimento adequado da linguagem do bebê

Lembre-se dos seguintes pontos quando seu bebê está aprimorando as habilidades linguísticas:

  1. Deixe o bebê experimentar: Permita que o bebê tire um tempo para aprender e tente as novas palavras que acabou de aprender. Deixe-os experimentar com os sons consoantes, combinando-os para melhorar suas habilidades.
  1. Desative o ru√≠do de fundo: Ao ler e cantar para um beb√™, reduza o ru√≠do de fundo do r√°dio ou da televis√£o. Ajuda o beb√™ a manter o foco na atividade e a evitar distra√ß√Ķes.
  1. Limitar o tempo da tela: A Academia Americana de Pediatria (AAP) desencoraja o uso de telas digitais por crianças com menos de 18 meses, exceto algumas conversas de vídeo de tempos em tempos (12). Pesquisas extensivas mostram que bebês que passam muito tempo com telas (TVs, smartphones e tablets) atrasaram o desenvolvimento da linguagem (13). O tempo que o bebê ou a criança passa na tela pode ser mais bem gasto na interação verbal com os pais.

Pode haver situa√ß√Ķes em que um beb√™ n√£o parece estar no caminho certo com o desenvolvimento da linguagem. Mas voc√™ pode trabalhar para melhor√°-lo.

voltar

E se o bebê não falar?

Às vezes, os bebês não parecem acompanhar o desenvolvimento da linguagem.

Mas um certo atraso não é alarmante. O atraso na fala nem sempre é um indicador de um problema. Algumas crianças pequenas demoram mais que outras. Você deve ser paciente e incentivar o pequeno (14).

No entanto, em alguns casos:

  • Beb√™s prematuros podem falar mais tarde: Eles podem n√£o come√ßar a falar na mesma idade que um beb√™ a termo. Lembre-se de que beb√™s prematuros demoram um pouco mais do que o normal para aprender habilidades de linguagem, mas com o tempo eles o fazem. (quinze).
  • Problemas maternos e de rec√©m-nascidos podem atrasar a fala: Complica√ß√Ķes como infec√ß√Ķes maternas durante a gravidez, infec√ß√Ķes neonatais, efeitos colaterais de medicamentos e at√© problemas de sa√ļde e peso ao nascer podem atrasar o desenvolvimento da fala (16). Esses beb√™s t√™m uma taxa mais lenta de progress√£o quando se trata de habilidades gerais de linguagem.

Se você duvida de atraso excessivo na fala, procure sinais de atraso na fala e no desenvolvimento da linguagem em bebês.

Desenvolvimento de bandeiras vermelhas:

Um bebê com atraso no desenvolvimento da fala e da linguagem exibirá os seguintes sinais (17) (18):

  • Aos 12 meses: N√£o arrulhar e gorgolejar, n√£o diz mam√£e e papai
  • Aos 18 meses: Prefere os gestos √† comunica√ß√£o verbal, n√£o vocaliza para se comunicar, mal conhece mais de quatro palavras
  • Aos 24 meses: N√£o pode imitar palavras, mesmo quando o cuidador as repete v√°rias vezes, d√° express√£o em branco quando perguntas b√°sicas
  • Aos 36 meses: Ele n√£o pode dizer o nome dos objetos ou parentes pr√≥ximos, ele n√£o conversa, ele fala em um tom estranho, ele sempre repete algumas palavras sem aumentar o vocabul√°rio.

AAP afirma que uma em cada cinco crianças pequenas apresenta algum atraso na fala. Mas, na maioria dos casos, o atraso é temporário e a criança o supera à medida que envelhece. No entanto, se houver um atraso real, a próxima seção poderá ajudá-lo a entender o que os causa.

voltar

O que pode causar um atraso na fala e na linguagem do bebê?

Os seguintes problemas podem causar um efeito direto ou tangencial na fala, atrasando o progresso (19):

  1. Dist√ļrbios do espectro do autismo: Os beb√™s com esse dist√ļrbio podem ter vocabul√°rio limitado e problemas para entender palavras com m√ļltiplos significados. Uma crian√ßa autista n√£o ser√° capaz de manter uma conversa. No entanto, nem todos os casos de autismo levam a um atraso, e alguns com um n√≠vel mais baixo de autismo podem ter habilidades normais de fala (20).
  1. Defici√™ncia auditiva: Como a linguagem verbal √© aprendida atrav√©s da escuta, qualquer problema com a capacidade de escutar tem impacto no desenvolvimento da fala. Os problemas auditivos podem variar de defeitos cong√™nitos do ouvido a les√Ķes que afetam a capacidade de ouvir (21).
  1. Problemas neurol√≥gicos: Uma infinidade de problemas neurol√≥gicos, paralisia cerebral, incapacidade intelectual inata e dist√ļrbios do processamento auditivo podem causar atraso na fala. A maioria dessas condi√ß√Ķes tamb√©m afeta a capacidade de ouvir. Em dist√ļrbios como a apraxia da fala, o c√©rebro est√° em estado normal com um problema nos neur√īnios motores que controlam o movimento da mand√≠bula (22).
  1. Problemas comportamentais: Algumas crian√ßas pequenas exibem fala restrita apenas em um ambiente espec√≠fico, como na escola ou creche. √Č chamado mutismo seletivo. Caso contr√°rio, o beb√™ / crian√ßa seria saud√°vel e exigiria apenas aconselhamento e constru√ß√£o de autoconfian√ßa para poder falar normalmente. A condi√ß√£o √© muito rara e afeta menos de 1% das pessoas com problemas de sa√ļde mental (23).

Se você suspeitar de um atraso, leve o bebê ao médico imediatamente para uma avaliação.

voltar

Como são detectados atrasos na fala em bebês?

Se um pediatra suspeitar de problemas de fala, o beb√™ √© encaminhado para um fonoaudi√≥logo, especialista em detectar atrasos na fala em beb√™s. Uma s√©rie de testes ajuda a determinar qualquer atraso de fala e idioma. Aqui est√£o alguns par√Ęmetros avaliados em tais testes.

  • Habilidades auditivas: A incapacidade de ouvir adequadamente pode interferir na capacidade de aprender um idioma com efici√™ncia. Portanto, √© o primeiro teste realizado pelo especialista.
  • Deformidades f√≠sicas: Um palato ou l√°bio deformado pode dificultar a fala. O beb√™ √© verificado quanto a deformidades na cavidade oral que podem causar atraso na fala.
  • Linguagem receptiva: √Č sobre o qu√£o bem seu beb√™ pode entender e interpretar a comunica√ß√£o verbal.
  • Linguagem expressiva: √Č sobre o quanto um beb√™ pode falar e quantas palavras ele conhece. A clareza do discurso tamb√©m √© avaliada.
  • Uso de gestos: O beb√™ sempre prefere gestos √† comunica√ß√£o verbal? Pode ser um sinal de desenvolvimento problem√°tico da fala, e os patologistas procuram esse sintoma.

Após um teste completo e análise dos resultados, o especialista fará um diagnóstico. Se o bebê for detectado com um problema, ele será seguido com o tratamento.

voltar

Como a fala tardia em bebês é tratada?

Os m√©dicos usam terapia de fala especialmente projetada para tratar das limita√ß√Ķes espec√≠ficas de um beb√™. As etapas da terapia podem variar dependendo do problema fundamental. A seguir, s√£o apresentadas algumas etapas comuns usadas para corrigir o atraso na fala de um beb√™ (24):

  • Cirurgia para deformidade auditiva ou oral: Uma opera√ß√£o pode ser realizada se o beb√™ tiver problemas auditivos ou deformidades da boca. Se um beb√™ precisar de um aparelho auditivo, ele ser√° dado. O tratamento dessas causas do atraso na fala garantiria o sucesso das etapas subseq√ľentes.
  • Treinamento de idiomas: O beb√™ √© treinado atrav√©s do uso de m√ļsicas, m√ļsicas, conversas e livros. As habilidades lingu√≠sticas relevantes para a idade do beb√™ s√£o ensinadas por meio de uma s√©rie de sess√Ķes cl√≠nicas especializadas em idiomas. A pron√ļncia √© polida pelo uso de conversas repetidas.
  • Condicionamento oral e fortalecimento: Os exerc√≠cios da mand√≠bula s√£o ensinados a melhorar a fun√ß√£o da boca que ajuda a corrigir a fala. O terapeuta pode usar exerc√≠cios junto com a comida para ajudar o beb√™ a fazer esses exerc√≠cios corretamente.

A duração do tratamento e suas etapas específicas dependerão do problema exato da fala que o bebê está enfrentando. Os pais também podem desempenhar um papel e ajudar o bebê a se recuperar de atrasos na fala.

voltar

Como os pais podem ajudar um bebê com atraso na fala?

A ASLHA recomenda as seguintes dicas para ajudar um bebê a superar o atraso na fala (25):

  • Converse e finja ter uma conversa: Os beb√™s pequenos n√£o entendem as palavras, mas ouvem e respondem aos sons. Comece a conversar com o beb√™ cedo e converse toda vez que se comunicar com ele. Pode n√£o parecer muito, mas isso estabelece as bases para uma fala ativa mais tarde.
  • Contar n√ļmeros; nomear objetos: Ao contar o n√ļmero de blocos empilhados, diga os n√ļmeros em voz alta para que o beb√™ possa ouvir. Aponte para os objetos e diga como eles s√£o chamados. Endere√ßo membros da fam√≠lia e outras pessoas por nome ou parente.
  • Fazer perguntas: Os beb√™s mais velhos entendem as perguntas, ent√£o pergunte o que eles querem. Se ela chora ou faz birra, pergunte o motivo por tr√°s disso. As perguntas ajudam a estimular o beb√™ a usar a fala como um meio de express√£o sobre gestos simples.
  • Leia para o seu beb√™: A AAP recomenda a leitura, especialmente livros de hist√≥rias, para beb√™s (26). Use livros ricos em imagens e aponte para as ilustra√ß√Ķes para nome√°-los. √Ä medida que seu beb√™ cresce, deixe-o tomar a iniciativa de escolher um livro para ler.
  • Cantar m√ļsicas infantis √© f√°cil e divertido: N√£o subestime o poder das m√ļsicas infantis. Eles podem parecer bobagens, mas s√£o uma excelente ferramenta para estimular as habilidades de aprendizado de idiomas do beb√™. Cante can√ß√Ķes de ninar e can√ß√Ķes de ninar e pe√ßa ao beb√™ que cante. Beb√™s mais jovens emitem sons simples, enquanto beb√™s mais velhos tentam pronunciar as palavras. De qualquer maneira, esses h√°bitos nutrem a fala do beb√™.

Como pais, você pode ter muitas perguntas em mente. E, abordamos alguns itens comuns na próxima seção.

voltar

Perguntas frequentes:

1. Em quanto tempo os bebês podem falar?

O mais cedo que um beb√™ pode balbuciar algumas palavras √© com sete meses de idade. No entanto, as pron√ļncias mais significativas ocorrem somente ap√≥s o beb√™ entrar no sino da crian√ßa aos 12 meses (27).

2. O desenvolvimento da fala e da linguagem é diferente?

A fala √© a capacidade de se comunicar atrav√©s da articula√ß√£o verbal. A linguagem abrange todas as formas de comunica√ß√£o, incluindo verbal, n√£o verbal e escrita. Como os beb√™s n√£o sabem escrever, a comunica√ß√£o n√£o-verbal √© usada principalmente pelos rec√©m-nascidos. Isso significa que a linguagem ou a fala verbal √© a √ļnica forma de comunica√ß√£o que mostra progress√£o gradual como outros marcos do desenvolvimento na vida de um beb√™.

3. Quando os bebês começam a falar fluentemente?

Habilidades de fala adequadas se desenvolvem entre quatro e cinco anos e, no quinto aniversário, a criança falava fluentemente (28) (29).

4. Como os atrasos na fala s√£o avaliados?

Atrasos no desenvolvimento da fala são diagnosticados e avaliados usando testes que avaliam a resposta do bebê / criança a perguntas e palavras. Esses testes são geralmente administrados por um fonoaudiólogo, que pode determinar o motivo exato dos problemas de fala do bebê.

5. O atraso na fala pode ser curado?

Depende completamente da causa subjacente. Algumas condi√ß√Ķes como o autismo n√£o t√™m cura, mas podem ser gerenciadas com sucesso por meio de interven√ß√Ķes no estilo de vida. Problemas como apraxia da fala podem ser curados com alguma fisioterapia. De qualquer forma, a detec√ß√£o precoce e a interven√ß√£o oportuna podem ajudar o beb√™ a ter uma fala normal com poucos obst√°culos.

Os bebês sintonizam instintivamente o aprendizado da fala, e especialistas dizem que são geneticamente predispostos a falar, independentemente do estímulo usado (30). No entanto, fornecer o tipo certo de estímulo pode ajudá-los a fazer melhor. Preste atenção nos atrasos e deixe o bebê falar. Todos esses esforços permitem que seu bebê cresça e se torne o tagarela que as crianças pequenas são conhecidas por se tornar!

voltar

Você tem mais dicas para melhorar e estimular a fala em bebês? Diga-nos na seção de comentários abaixo.

Os comentários são moderados pela equipe editorial da MomJunction para remover qualquer comentário pessoal, abusivo, promocional, provocador ou irrelevante. Também podemos remover hiperlinks nos comentários.