Quando o bebê começa a engatinhar: o bebê prova sua casa e muito mais

Quando o bebê começa a engatinhar: o bebê prova sua casa e muito mais

Quando o bebê começa a engatinhar: o bebê prova sua casa e muito mais

O rastreamento √© mais do que apenas a capacidade dos beb√™s de explorar seus arredores. √Č um marco que ajuda a desenvolver os m√ļsculos e o controle que s√£o importantes mais tarde na vida. √Č tamb√©m um momento perfeito para os pais garantirem que o ambiente do beb√™ seja seguro para essa nova liberdade. √Č isso mesmo: √© hora de proteger o beb√™ de sua casa.

Hora da barriga

Stefani Hines, pediatra de comportamento comportamental da Beaumont Health, no Condado de Oakland, diz que existe um período amplo em que os bebês começam a engatinhar. A maioria começa entre 8 ou 9 meses, mas pode demorar 6 meses ou 1 ano.

A maior razão pela qual os bebês rastejam mais tarde: falta de tempo em suas barrigas.

“Muitas dessas crian√ßas n√£o gostam de estar de barriga”, diz Hines. “Quando isso acontece, eles tendem a n√£o fazer tudo o que pensamos das crian√ßas fazendo de barriga”. Ela recomenda mais tempo em barrigas para beb√™s enquanto est√£o acordados. Mas Hines lembra aos pais para n√£o colocarem os filhos de barriga para dormir.

O período inicial da barriga estabelece as bases para o desenvolvimento da força da extremidade superior.

Ajudando o bebê

Para promover o desenvolvimento da for√ßa e do rastreamento da parte superior do corpo, permita que os beb√™s passem o tempo na barriga, explorando seu espa√ßo e brincando. Produtos infantis, como jumpers e andadores, n√£o promovem mobilidade nos quadris ou na for√ßa da parte superior do corpo, diz Hines. Embora possam ser usados ‚Äč‚Äčem pequenos incrementos, eles devem ser limitados e n√£o devem substituir o tempo da barriga.

Hines acrescenta que algumas crianças preferem patinar ou rolar. Mesmo que as crianças não pareçam interessadas em engatinhar, elas devem ter a oportunidade, durante o período da barriga, de desenvolver a força e a coordenação da parte superior do corpo.

Os pediatras tamb√©m podem trabalhar com os pais para garantir que os beb√™s cumpram todos os marcos importantes, diz Hines, incluindo o rastreamento. Os pais n√£o devem se preocupar se o pediatra os indicar a um fisioterapeuta. Os terapeutas trabalhar√£o com os pais para promover bons padr√Ķes de movimento e ajudar o filho a se desenvolver.

Prova de bebê 101

Com a independência recém-descoberta de uma criança, vem a capacidade de ela entrar em mais. O rastreamento é um bom momento para os pais se certificarem de que sua casa está pronta.

‚ÄúO melhor momento para come√ßar a proteger a sua casa de crian√ßas seria antes que ele comece a engatinhar. N√£o espere at√© que eles possam estar em perigo ‚ÄĚ, diz Kaycie Armstrong, que ajudou profissionalmente os novos pais na regi√£o sudeste de Michigan a se prepararem para seus beb√™s.

Os pais devem descer e engatinhar pela casa em busca de perigos ocultos, diz Armstrong. “√Ä medida que seu filho cresce e atinge novos marcos, novas provas de crian√ßas ser√£o necess√°rias”, observa ela. “√Č importante fazer a maior parte antes que seu filho se arraste e se desenvolva √† medida que cresce.”

Armstrong recomenda que os pais verifiquem certas √°reas da casa, incluindo:

  • Temperatura da √°gua: Verifique se a temperatura do aquecedor de √°gua est√° definida para 120 F. Isso elimina a chance de as crian√ßas se queimarem com √°gua quente.
  • Escadas: Estes s√£o um enorme risco √† seguran√ßa. Port√Ķes montados sob press√£o n√£o s√£o seguros para uso no topo da escada. Use um port√£o feito especificamente para o topo da escada e monte na parede.
  • Mob√≠lia: Fixar pe√ßas altas na parede. √Ä medida que as crian√ßas come√ßam a subir, o potencial delas tombar sobre uma pe√ßa de mobili√°rio aumenta.
  • Ber√ßo: Abaixe os ber√ßos para a posi√ß√£o mais baixa quando as crian√ßas come√ßarem a ficar de m√£os e joelhos. N√£o demorar√° muito para que eles parem ao lado do ber√ßo.

E não basta colocar itens perigosos fora do alcance do bebê.

‚ÄúAs crian√ßas s√£o inventivas e, muitas vezes, encontram maneiras de contornar as coisas. A melhor id√©ia √© colocar itens perigosos em arm√°rios com fechaduras nas portas dos arm√°rios ‚ÄĚ, diz Armstrong. “Passar por cada √°rea da sua casa, garagem e √°reas externas completamente, usando produtos de seguran√ßa adequados e eliminando todos os perigos ocultos e √≥bvios, levar√° a um ambiente seguro para o seu filho”.

Este post foi publicado originalmente em 2010 e é atualizado regularmente.