Quando levar seu filho ao médico? 13 sinais para os pais…

Quando levar seu filho ao médico

Última atualização em 13 de dezembro de 2018

Os pais estão entre os mais carinhosos de todas as pessoas. Afinal, temos responsabilidade com outro ser humano e fazemos todo o possível para garantir sua saúde e bem-estar. As decisões que tomamos quando nosso filho está doente ou sofreu um acidente podem afetar todo o seu futuro. Então, você tem certeza de que está tomando as decisões corretas de saúde como pai ou mãe?

Na vida cotidiana, apesar de nossas melhores precauções, as crianças podem experimentar vários problemas de saúde, como acidentes, infecções e outras doenças. Eles devem ser avaliados pelo pediatra ou podem ser tratados em casa?

Tratar em casa ou ir ao hospital? Pesquisa revela que os pais não têm certeza

Recentemente, o Hospital Infantil CS Mott conduziu uma pesquisa com pais com pelo menos uma criança entre 0 e 5 anos. Eles receberam diferentes cenários e perguntaram se tinham certeza de que poderiam lidar com isso, caso isso acontecesse com o filho. Eles também foram questionados sobre quais ações tomariam na situação.

A pesquisa teve uma descoberta intrigante: muitos pais não sabem o que fazer e, portanto, colocam seus filhos inadvertidamente em risco à saúde!

Isso significa que muitos de nós julgam mal quando usar um remédio caseiro e quando levar a criança ao hospital. Na Índia, existe uma tendência comum de administrar remédios caseiros ou tratamentos ayurvédicos e evitar consultar um médico. No entanto, é crucial que saibamos quando se automedicar e quando escolher a ajuda de um especialista.

Gary Freed, co-diretor da pesquisa, diz:

“Quando as crianças pequenas experimentam situações médicas urgentes, os pais precisam tomar decisões sobre se devem administrar os primeiros socorros em casa, pedir conselhos ou procurar atendimento de emergência. Determinar o que é uma emergência, de fato, pode ser uma experiência confusa e estressante para os pais que desejam fazer a escolha certa. ”

VERIFICA: Guia rápido sobre quando ir para a sala de emergência do seu filho

Erros comuns de saúde que muitos pais cometem

Segundo a pesquisa, esses são alguns dos erros comuns e alarmantes que muitos pais cometem sem saber quando se trata da saúde de seus filhos:

  • Levar uma criança sufocada ao hospital sem prestar atenção médica imediata

Um grande número de pais (acima de 28%) disse que pediria ajuda médica no caso de seu filho engasgar. Isso pode ser perigoso, pois os médicos recomendam atendimento médico imediato a uma criança asfixiada com primeiros socorros. Atrasar isso devido a uma ida ao hospital pode ser muito arriscado.

  • Trazer uma criança envenenada para o hospital, mas esquecendo de trazer uma amostra da fonte

O envenenamento acidental é comum em crianças, pois são muito curiosas por natureza e podem engolir algo prejudicial. A pesquisa constatou que muitos pais levam seus filhos ao hospital em caso de envenenamento, mas esquecem de tirar uma amostra da substância que o causou. Isso leva a um atraso no diagnóstico e tratamento.

  • Não ser capaz de administrar primeiros socorros básicos

A pesquisa também descobriu que um grande número de pais não possui treinamento em primeiros socorros. Esses pais também se sentem menos seguros ao tomar decisões urgentes sobre a saúde de seus filhos.

Situações que podem ser tratadas em casa através de primeiros socorros

Como regra geral, as seguintes situações podem ser tratadas em casa através de primeiros socorros e remédios caseiros, sem a necessidade de visitar o médico:

  1. Picadas de insetos que não desencadeiam sintomas como tonturas, problemas respiratórios ou inflamação da língua.
  2. Pequenos cortes e arranhões
  3. Queda simples que não apresenta sintomas, como problemas respiratórios, alterações na cor da pele ou vômitos.

Consulte o nosso Guia de primeiros socorros para bebês para verificar os melhores métodos para tratar as condições acima.

Situações em que seu filho precisa de atenção médica especializada

Quando consultar o pediatra

Se o seu filho apresentar algum dos seguintes sintomas, é recomendável consultar o pediatra:

  1. Problemas de estômago, como diarréia
  2. Frio, tosse e dor de garganta
  3. Dores de ouvido ou infecções.
  4. Problemas de pele
  5. Lesões como golpes, entorses, etc.quando procurar pediatra "width =" 1024 "height =" 700 "srcset =" https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/10/29124650/when-to-see-the-pediatrician.jpg 1024w, https : //cdn.cdnparenting.com/articles/2018/10/29124650/when-to-see-the-pediatrician-768x525.jpg 768w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/10/29124650 / quando-ver-pediatra-218x150.jpg 218w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/10/29124650/when-to-see-the-pediatrician-696x476.jpg 696w, https: //cdn.cdnparenting.com/articles/2018/10/29124650/when-to-see-the-pediatrician-614x420.jpg 614w "tamanhos =" (largura máxima: 1024px) 100vw, 1024px

Quando ligar para atendimento de emergência

Segundo os médicos, os pais devem solicitar atendimento de emergência nas seguintes situações, sem demora:

  1. Asfixia
  2. Falta de ar grave
  3. Lesão na cabeça levando à perda de consciência.
  4. Lesão no pescoço ou coluna vertebral.
  5. Sangramento que não para
  6. Convulsões que duram mais de 5 minutos.
  7. Queimadura grave
  8. Reação alérgica grave levando a inchaço, vômito, mudança de comportamento, etc.

As crianças não têm imunidade forte ou capacidade de combater doenças como os adultos. É melhor estar atento e entender quando a criança precisa de ajuda especializada, para evitar circunstâncias imprevistas.

Se você tiver mais perguntas sobre quando consultar o médico do seu filho, faça-o nos comentários abaixo. Receberemos respostas de nossos especialistas internos.