Psoríase em bebês: sintomas, causas e tratamento para saber
Comportamento

Psoríase em bebês: sintomas, causas e tratamento para saber

Psoríase em bebês

Imagem: Shutterstock

Tabela de conte√ļdo:

Manchas vermelhas e escamosas na pele sens√≠vel do beb√™ podem causar pesadelos. Inicialmente, voc√™ pode tom√°-las como erup√ß√Ķes al√©rgicas, mas quando elas se espalham e persistem, voc√™ entende que a causa subjacente √© um pouco mais s√©ria e duradoura do que uma alergia. A condi√ß√£o √© chamada psor√≠ase do beb√™, que √© semelhante √† psor√≠ase em adultos. As manchas vermelhas co√ßam e frustram seu beb√™, pois ele n√£o pode comunicar o problema.

MomJunction informa as causas da psoríase em bebês e como você pode evitar o problema. Também explicamos a condição em detalhes com seus sintomas e tratamento.

Os bebês podem contrair psoríase?

Sim, os beb√™s podem ter psor√≠ase. A condi√ß√£o √© rara, mas pode afetar at√© rec√©m-nascidos. A psor√≠ase √© o ac√ļmulo de pele morta em v√°rios pontos do corpo, resultando em les√Ķes de pele vermelha / rosa que podem se tornar escamosas e com coceira. As camadas da pele humana se formam e se desprendem uma vez por m√™s, mas as pessoas com psor√≠ase aceleram o crescimento da pele, onde uma nova camada de pele se forma a cada tr√™s a quatro dias (1). Essa agrega√ß√£o da pele em v√°rios pontos de hipercrescimento causa inflama√ß√£o, causando irrita√ß√£o, dor e vermelhid√£o.

Existem vários tipos de psoríase, e aqueles que afetam os adultos também podem ocorrer em crianças. Deles, placa de carro e gutata Existem dois tipos de psoríase que são mais comuns em bebês.

  • Psor√≠ase em placas tamb√©m conhecida como psor√≠ase vulgar; 85-90% dos casos de psor√≠ase s√£o psor√≠ase em placas (2). Essa condi√ß√£o pode causar grandes manchas escamosas de formato irregular ou pequenas les√Ķes escamosas com crista branca ou prateada, com cada adesivo cercado por uma √°rea vermelha e inflamada. A crista branca cai quando √© raspada e o beb√™ faz muito quando co√ßa. Arranhar as escamas com muita frequ√™ncia causa sangramento pelas rachaduras deixadas por um floco de pele escamosa. Os flocos de psor√≠ase em placas ocorrem no parte inferior das costas, couro cabeludo, cotovelos e joelhos.
  • Psor√≠ase gutata Afeta beb√™s e adultos jovens mais que os adultos (3). A condi√ß√£o causa pequenas les√Ķes lacrimais ou em forma de ponto espalhadas em grandes n√ļmeros por todo o tronco, membros, couro cabeludo, orelhas E no caro. A psor√≠ase gutata geralmente ocorre ap√≥s um epis√≥dio de infec√ß√£o na garganta. No entanto, tamb√©m pode ocorrer independentemente.

Guardanapo de psor√≠ase √Č um tipo de placa gutata ou psor√≠ase que aparece apenas ao redor da √°rea da fralda. Muitas vezes √© confundida com assaduras (4).

(Ler: Alergias da pele do bebê )

Quais são os sintomas da psoríase?

A psoríase afeta todo o corpo ou qualquer parte dele. Se o bebê tiver a condição, ele mostrará os seguintes sintomas:

  1. Manchas vermelhas ou escamosas: As erup√ß√Ķes cut√Ęneas da psor√≠ase t√™m v√°rias camadas de pele morta, que s√£o brancas, amarelas ou prateadas no centro. A √°rea central da pele morta √© cercada por uma pele rosa ou vermelha brilhante, que geralmente √© inflamada. N√£o h√° forma definida dessas les√Ķes. S√£o irregulares no caso da psor√≠ase em placas, enquanto em forma de gota na psor√≠ase gutata.
  1. Coceira cr√īnica: O beb√™ esfrega a √°rea afetada com frequ√™ncia e pode chorar ou gemer enquanto o faz. Beb√™s mais velhos podem arranhar diretamente a erup√ß√£o com as unhas. Cada vez que a pele √© esfregada, apresenta escamas brancas, revelando um pouco de pele rosada no local de relaxamento. A pele das les√Ķes parecer√° rachada, seca e sens√≠vel ao calor.
  1. Inchaço e sensação de queimação: A região ao redor da ferida está inchada porque o bebê pode ter uma sensação de queimação.
  1. Sangramento de erup√ß√Ķes cut√Ęneas: A erup√ß√£o sangra depois que as escamas da pele morta caem do corpo devido a fric√ß√£o ou arranh√Ķes.
  1. Escalas nas unhas: A psoríase ungueal raramente ocorre por si só e geralmente acompanha a psoríase em placas (5). As unhas ficam espessadas devido ao crescimento anormal e mostram escamas brancas ou amareladas. Eles serão até sem caroço ou dobrados anormalmente. Em casos graves de psoríase, a unha pode se desprender da raiz depois de superar a ponta do dedo.
  1. Rigidez do membro: Se a lesão for grande e ocorrer no cotovelo ou no joelho, o bebê poderá ter problemas para mover os membros como se estivessem rígidos.

A psor√≠ase tem seus sinais reveladores, mas algumas condi√ß√Ķes podem ser visualmente semelhantes.

(Ler: Erup√ß√Ķes cut√Ęneas em beb√™s )

Condi√ß√Ķes visualmente semelhantes √† psor√≠ase

A seguir est√£o algumas condi√ß√Ķes da pele que podem parecer id√™nticas √† psor√≠ase, mas ocorrem por raz√Ķes totalmente diferentes:

  1. Eczema: O eczema, tamb√©m conhecido como dermatite, √© uma inflama√ß√£o al√©rgica da pele que causa feridas vermelhas ou erup√ß√Ķes cut√Ęneas em v√°rias partes do corpo. A condi√ß√£o pode diminuir quando um al√©rgeno √© removido do ambiente, o que n√£o ocorre na psor√≠ase, pois n√£o √© uma rea√ß√£o al√©rgica. Uma forma de eczema que √© vista apenas em beb√™s √© a tampa do ber√ßo (dermatite seborreica infantil), que torna a pele do couro cabeludo crocante (6). A pele escamosa aqui √© limitada apenas ao couro cabeludo com erup√ß√Ķes menos definidas do que aquelas vistas na psor√≠ase.
  1. Infec√ß√£o f√ļngica: Infec√ß√Ķes f√ļngicas, como as causadas pela micose (micose), s√£o frequentemente confundidas com psor√≠ase (7). As les√Ķes f√ļngicas geralmente formam um padr√£o definido, pois s√£o causadas por um pat√≥geno, diferentemente das les√Ķes de psor√≠ase que possuem padr√Ķes menos previs√≠veis.
  1. Urtic√°ria da pele: √Äs vezes, o que voc√™ v√™ s√£o apenas algumas colmeias na pele, o que √© um indicador de uma rea√ß√£o al√©rgica. Ao contr√°rio da psor√≠ase, as protuber√Ęncias da pele s√£o pequenas protuber√Ęncias que aparecem em grupos. Eles podem se formar em qualquer parte do corpo e geralmente s√£o acompanhados por outros sintomas de alergia.

Se voc√™ tem a menor d√ļvida sobre se seu beb√™ desenvolve psor√≠ase, visite um m√©dico para verificar o pequeno. Quanto mais cedo a condi√ß√£o √© diagnosticada, mais r√°pido ela pode ser resolvida.

(Ler: Infec√ß√£o f√ļngica da pele em beb√™s )

Como é diagnosticada a psoríase?

Um profissional m√©dico pode diagnosticar psor√≠ase observando as les√Ķes. Ele procurar√° a presen√ßa de feridas da psor√≠ase em locais espec√≠ficos do corpo para diferenci√°-lo de outros problemas de pele. Em um caso incomum, o m√©dico pode realizar uma bi√≥psia indolor raspando suavemente as escamas da les√£o e enviando-a para exames laboratoriais para determinar a presen√ßa de psor√≠ase. Embora os sintomas da psor√≠ase infantil sejam geralmente evidentes, as causas tendem a ser ilus√≥rias.

O que causa psoríase em bebês?

Os motivos exatos da psor√≠ase s√£o desconhecidos (8). No entanto, pesquisas modernas acumularam uma lista de prov√°veis ‚Äč‚Äčraz√Ķes que podem levar √† psor√≠ase:

1) Anormalidades gen√©ticas no sistema imunol√≥gico:Muta√ß√Ķes gen√©ticas s√£o consideradas a principal causa da psor√≠ase (9). Beb√™s cujos pais t√™m hist√≥rico familiar de psor√≠ase podem ter um risco aumentado de desenvolver a doen√ßa.

A psor√≠ase √© uma doen√ßa auto-imune, onde os linf√≥citos T, tamb√©m conhecidos como c√©lulas T assassinas, atacam c√©lulas saud√°veis ‚Äč‚Äčda pele porque as confundem com corpos estranhos. O ponto em que as c√©lulas da pele atacam engrossa, como em uma ferida, e forma uma placa, que √© vis√≠vel externamente como uma les√£o de psor√≠ase.

Tamb√©m √© observada uma constri√ß√£o dos vasos sangu√≠neos ao redor das les√Ķes, juntamente com um influxo substancial de outros tipos de linf√≥citos. O corpo se comporta como se estivesse curando uma infec√ß√£o dermatol√≥gica ou combatendo um pat√≥geno da pele, acumulando camadas de pele umas sobre as outras e sobrecarregando o local com linf√≥citos. √Č a pele e os linf√≥citos acumulados que formam a escama branca / amarelada / prateada na les√£o.

2) Fatores de risco que desencadeiam genes da psor√≠ase:A psor√≠ase pode ocorrer quando genes defeituosos s√£o ativados devido a outro fator externo (10). Essas n√£o s√£o causas diretas do problema, mas as condi√ß√Ķes ou eventos que desencadeiam muta√ß√Ķes gen√©ticas (no indiv√≠duo afetado) e podem levar √† psor√≠ase:

  • Infec√ß√Ķes causadas por bact√©rias estreptoc√≥cicas: As bact√©rias afetam a garganta e os dutos sinonasais. O sistema imunol√≥gico do corpo detecta e responde ao pat√≥geno, mas durante esse processo ele ativa o c√≥digo gen√©tico errado, que mobiliza as c√©lulas T assassinas para atacar as c√©lulas da pele saud√°veis.
  • Certos medicamentos: Medicamentos como esse para a mal√°ria podem enlouquecer o sistema imunol√≥gico, desencadeando genes defeituosos, eventualmente causando psor√≠ase.
  • Les√Ķes de pele: Les√Ķes na pele, como hematomas, cortes, queimaduras e queimaduras graves, podem influenciar o sistema imunol√≥gico a causar a doen√ßa da psor√≠ase.
  • Estresse: Quando um beb√™ desenvolve psor√≠ase aleatoriamente, o estresse pode ser a raz√£o por tr√°s disso. Um beb√™ pode ficar estressado devido a v√°rios motivos, como ambiente barulhento, ber√ßo desconfort√°vel, condi√ß√Ķes clim√°ticas extremas ou polui√ß√£o. O sistema imunol√≥gico subdesenvolvido de um beb√™ reage a esses fatores externos de uma maneira que pode consequentemente causar psor√≠ase.

Esses gatilhos são condicionais, pois o bebê ainda pode desenvolver psoríase se ele carrega os genes defeituosos que levam à condição.

A psoríase não é contagiosa, portanto você não precisa se preocupar com a disseminação da doença para as outras crianças da família.

(Ler: Dicas para uma pele saudável do bebê )

Como é tratada a psoríase?

O tratamento envolve uma s√©rie de procedimentos que visam atingir dois objetivos, a saber. reduzindo o crescimento desenfreado da pele em les√Ķes de psor√≠ase e curando a condi√ß√£o. O tratamento da psor√≠ase possui tr√™s componentes aplicados, administrados simultaneamente (11):

  1. Tratamento tópico
  2. Fototerapia
  3. Medicamentos injet√°veis ‚Äč‚Äče orais.

1. Tratamento tópico:

Envolve o uso de cremes e lo√ß√Ķes para beb√™s medicinais, que aliviam a forma√ß√£o de escamas, irrita√ß√£o, inflama√ß√£o e descama√ß√£o das les√Ķes. A seguir est√£o alguns dos medicamentos comuns e suas fun√ß√Ķes:

  • Corticoster√≥ides Reduz a inflama√ß√£o
  • Retin√≥ides Normaliza atividade gen√©tica defeituosa, reduz a inflama√ß√£o.
  • Vitamina D – Impede a escala√ß√£o
  • Anthralin Elimina escamas, suaviza a pele.
  • Inibidores da calcineurina Isso interrompe a atividade das c√©lulas T assassinas.
  • Alcatr√£o de carv√£o – Alivia a inflama√ß√£o, reduz a irrita√ß√£o da pele.
  • √Ācido salicilico – Estimula o desapego da pele morta, torna a pele mais suave

2. Fototerapia:

Luz artificial frequ√™ncia ultravioleta (UV) √Č usado para matar c√©lulas T no local da les√£o para controlar a inflama√ß√£o e a prolifera√ß√£o da pele morta. Os profissionais m√©dicos podem empregar um amplo espectro de luz ultravioleta artificial e at√© usar lasers, dependendo da extens√£o da psor√≠ase. A fototerapia ou o tratamento com fototerapia podem ter efeitos colaterais como vermelhid√£o, coceira e uma leve sensa√ß√£o de queima√ß√£o. Por esse motivo, o tratamento √© sempre acompanhado pelo uso de hidratantes medicinais t√≥picos que aliviam o desconforto.

Os raios UV naturais da luz solar também são eficazes no alívio da intensidade da condição. O médico pode pedir que você se sente ao sol durante um tempo prescrito pela manhã.

Muita luz ultravioleta pode exacerbar a psoríase, portanto nunca exponha seu bebê à luz solar além da duração ou hora do dia sugerida pelo médico. A psoríase em placas responde bem à fototerapia (12).

3. Medicamentos injet√°veis ‚Äč‚Äče orais:

Medicamentos orais e injetados podem fazer parte do medicamento quando a psoríase é grave e não responde a outras formas de tratamento. Os medicamentos injetados são administrados por via intravenosa (IV), enquanto os medicamentos orais podem ser prescritos com base na idade do bebê.

Este m√©todo de tratamento tem o risco de efeitos colaterais e √© administrado apenas por um curto per√≠odo. A seguir, est√£o alguns dos medicamentos usados ‚Äč‚Äčnos medicamentos injet√°veis ‚Äč‚Äče orais para a psor√≠ase, e seu objetivo:

  • Metotrexato – Diminui a produ√ß√£o de c√©lulas da pele, reduz a inflama√ß√£o.
  • Retin√≥ides Diminui a produ√ß√£o de c√©lulas da pele.
  • Ciclosporina Suprime o sistema imunol√≥gico.
  • Etanercept, infliximabe, adalimumabe – Conhecidos como biol√≥gicos, esses medicamentos manipulam o sistema imunol√≥gico hiperativo para suprimir suas fun√ß√Ķes.

O médico do seu bebê recomendará o curso de tratamento apropriado após determinar a intensidade da psoríase e considerar a idade do bebê. A psoríase infantil pode ser tratada com unguentos tópicos simples. No entanto, se a condição for grave, o médico poderá escolher outras formas de tratamento. Durante esse cenário, você discutirá os possíveis efeitos colaterais e avaliará os riscos em relação aos benefícios a longo prazo.

As feridas da psoríase podem ir e vir ciclicamente, geralmente regredindo por meses e depois recidivando por um dia (13). Portanto, você deve administrar os medicamentos prescritos ao bebê até que o ciclo de tratamento esteja completo, mesmo se você obtiver alívio no meio do procedimento.

(Ler: Impetigo em bebês )

A psor√≠ase em beb√™s pode levar a complica√ß√Ķes?

A psor√≠ase infantil pode levar a complica√ß√Ķes se a condi√ß√£o for extremamente grave ou n√£o for tratada por um longo tempo. Existem v√°rias complica√ß√Ķes da psor√≠ase em adultos, mas os beb√™s s√£o propensos ao seguinte:

  • Artrite psori√°sica: √Č a inflama√ß√£o dolorosa das articula√ß√Ķes, bastante semelhante √† artrite que afeta. Curiosamente, a artrite tamb√©m √© uma doen√ßa auto-imune n√£o contagiosa, assim como a psor√≠ase.
  • Uve√≠te Uve√≠te √© o incha√ßo doloroso da camada m√©dia do tecido do olho chamada √ļvea. A inflama√ß√£o geralmente ocorre em combina√ß√£o com a artrite psori√°tica, que √© causada pela psor√≠ase (14). Cerca de 7% dos pacientes com artrite psori√°tica desenvolvem a condi√ß√£o de uve√≠te (15).

Essas condi√ß√Ķes raramente se desenvolvem se a psor√≠ase for tratada imediatamente e os medicamentos forem administrados imediatamente.

Existem maneiras de prevenir a psoríase?

√Č dif√≠cil prevenir uma doen√ßa, que ocorre devido a defeitos gen√©ticos r√≠gidos. No entanto, pode atenuar os riscos que esses genes defeituosos podem desencadear. Aqui est√£o as pr√°ticas ideais de estilo de vida para o seu beb√™ para reduzir as chances de desenvolver psor√≠ase:

  • Mantenha uma dieta saud√°vel: Alimente seu beb√™ adequadamente, sob demanda, e se voc√™ puder comer alimentos s√≥lidos, verifique se ele est√° recebendo micronutrientes que aumentam a imunidade. Quanto menor a chance de infec√ß√£o, menor a probabilidade do sistema imunol√≥gico enlouquecer, causando psor√≠ase.
  • D√™ banhos di√°rios: Um banho lava a pele morta e mant√©m a pele livre de bact√©rias, como estreptococos, que podem se espalhar para a boca do beb√™ quando as m√£os s√£o trazidas √† boca.
  • Aplique hidratante: Os hidratantes evitam rachaduras na pele, especialmente durante o tempo frio. Manchas rachadas na pele s√£o vulner√°veis ‚Äč‚Äč√† psor√≠ase.
  • Deixe seu beb√™ mergulhar na luz do sol: Muitas m√£es evitam colocar seus beb√™s sob luz solar direta, por medo de que possam danificar sua pele sens√≠vel. Mas um pouco de luz solar √© bom para o beb√™, pois mata naturalmente germes na pele e a mant√©m saud√°vel. Voc√™ pode levar seu beb√™ para o exterior quando a luz do sol √© menos intensa, como de manh√£ ou √† noite. Mantenha o controle de quantas vezes seu beb√™ sai para que voc√™ n√£o o exponha demais aos raios UV.

Alguns esfor√ßos persistentes de preven√ß√£o devem manter seu beb√™ a quil√īmetros de dist√Ęncia do desenvolvimento de psor√≠ase. Vigie se algu√©m da fam√≠lia do beb√™ sofre de psor√≠ase. Cuidado e cautela s√£o a melhor maneira de prevenir a doen√ßa.

Você tem algo a compartilhar sobre o assunto? Deixe-nos um comentário abaixo.

Artigos recomendados:

Os comentários são moderados pela equipe editorial da MomJunction para remover qualquer comentário pessoal, abusivo, promocional, provocador ou irrelevante. Também podemos remover hiperlinks nos comentários.