contador gratuito Skip to content

Prevenção de coronavírus: é o que todo diabético deve saber sobre o COVID-19

coronavírus, covid-19, pandemia, distanciamento social, diabético, coronavírus e diabetes

O novo coronav√≠rus, ou COVID-19, abalou o mundo. Essa pandemia, at√© o momento (em 23 de mar√ßo), matou mais de 12.000 pessoas em todo o mundo, de acordo com os relat√≥rios da Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS). O coronav√≠rus infectou mais de 2,94,110 pessoas em todo o mundo em pouco mais de 3 meses. Somente na √ćndia, esse v√≠rus aparentemente impar√°vel afetou cerca de 400 pessoas e o n√ļmero de mortos √© 7. No entanto, tamb√©m existem casos de sucesso. O n√ļmero de casos curados na √ćndia est√° acima de 20, de acordo com o Minist√©rio da Sa√ļde e Bem-Estar. Eles superaram com sucesso essa infec√ß√£o e voltaram para casa do hospital. Leia tamb√©m – O papel da intelig√™ncia artificial na atual pandemia de COVID-19

Analisando as estat√≠sticas, os especialistas dizem que o novo coronav√≠rus pode ser mortal para pessoas idosas e para aqueles com problemas de sa√ļde subjacentes. Se voc√™ tem doen√ßa pulmonar, doen√ßa card√≠aca, hipertens√£o ou diabetes, pode desenvolver sintomas graves que podem, √†s vezes, ser fatais. Este √© um momento particularmente arriscado para diab√©ticos. Leia tamb√©m – Atualiza√ß√Ķes ao vivo do COVID-19: Casos na √ćndia aumentam para 2.16919 quando o n√ļmero de mortos chega a 6.075

FATOS DE DIABETES

Segundo a Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS), at√© 2030, o diabetes ser√° a s√©tima causa de morte. O que √© mais alarmante √© que os pr√≥ximos 10 anos testemunhar√£o 50% desse aumento. A √ćndia √© famosa como a capital mundial do diabetes. Segundo a International Diabetes Foundation, a taxa em que o n√ļmero de pacientes diab√©ticos est√° aumentando em nosso pa√≠s √© alarmante. Uma grande parte da nossa popula√ß√£o sofre do que √© conhecido como pr√©-diabetes ou diabetes lim√≠trofe. A boa not√≠cia √© que, com modifica√ß√Ķes adequadas no estilo de vida, nesta fase, muitos casos de diabetes podem ser evitados. Comer bem e permanecer ativo s√£o as pedras angulares do gerenciamento de a√ß√ļcar no sangue. Leia tamb√©m – Use m√°scara facial durante o sexo em meio √† pandemia de COVID-19: algumas outras dicas para se manter seguro

PRECAU√á√ÉO DE CORONAVIRUS PARA DIAB√ČTICOS

Se voc√™ tem diabetes, a imunidade do seu corpo est√° seriamente comprometida. Torna-se ainda mais dif√≠cil para voc√™ combater infec√ß√Ķes. Portanto, se voc√™ tem a√ß√ļcar elevado no sangue, deve tomar precau√ß√Ķes extras.

Tome seus medicamentos a tempo

Quer se trate de medica√ß√£o oral ou inje√ß√Ķes de insulina, √© necess√°rio obter a dose di√°ria de medicamentos recomendada pelo seu m√©dico. Fa√ßa recargas muito antes de ficar sem medicamentos. Voc√™ pode obter um suprimento de 2 meses para ser seguro. E n√£o se esque√ßa de tomar seus medicamentos a tempo e na dosagem correta. Isso ajudar√° a evitar complica√ß√Ķes, o que pode aumentar ainda mais o risco de infec√ß√£o por coronav√≠rus.

Manter um di√°rio de diabetes

Voc√™ precisa se esfor√ßar para manter seus n√≠veis de a√ß√ļcar, especialmente agora. Para isso, mantenha um registro das leituras de a√ß√ļcar no sangue. Tenha seu n√ļmero de telefone do m√©dico √† m√£o e entre em contato com sua equipe de atendimento ao diabetes. Al√©m disso, mantenha uma lista dos medicamentos prescritos e as doses especificadas pelo seu m√©dico. Anote tudo neste di√°rio.

Siga as diretrizes de precaução diligentemente

Al√©m de tomar as medidas acima mencionadas, voc√™ precisa seguir os procedimentos de precau√ß√£o que todos os outros tamb√©m est√£o seguindo. Lave as m√£os com √°gua e sab√£o por pelo menos 21 segundos. Fa√ßa isso com freq√ľ√™ncia e certifique-se de trabalhar uma espuma em suas m√£os. Se voc√™ n√£o tiver acesso a √°gua e sab√£o, use um desinfetante para as m√£os √† base de √°lcool. Use uma m√°scara protetora se for ao mercado ou visitar uma pessoa doente.

Clique aqui para obter as atualiza√ß√Ķes mais recentes sobre coronav√≠rus

Publicado: 23 de março de 2020 11h15 | Atualizado: 23 de março de 2020 11:23