Pare de tomar conselhos da Internet e leve seu filho doente ao médico

Pare de tomar conselhos da Internet e leve seu filho doente ao médico

Rachel Garlinghouse / Getty

Meu filho vomitou a tarde toda. Ele não dormiu nem piscou a noite passada nem eu. Agora, a febre está alta e isso depois de uma dose de remédio para reduzir a febre. O que devo fazer?

N√£o, n√£o estou pedindo conselhos. Estou relatando uma postagem que li no grupo de uma m√£e nas m√≠dias sociais. Existem dezenassim dezenasde outras postagens que s√£o surpreendentemente semelhantes. Eles n√£o s√£o apenas ocasionais tamb√©m. Existem v√°rios desses posts do tipo “meu filho √© muito bonito” todos os dias. Alguns pais publicam v√≠deos da respira√ß√£o irregular de seus filhos, erup√ß√Ķes cut√Ęneas que est√£o se espalhando e ataques de tosse implac√°veis.

Como m√£e de quatro anos, estou aqui para lhe dar uma conversa de m√£e para m√£e. Se voc√™ est√° pensando em participar como uma das m√£es que tenta diagnosticar o problema de sa√ļde do seu filho pela Internet, n√£o. Em vez de atualizar milhares de estranhos na condi√ß√£o do seu filho, fa√ßa outra coisa. Algo que faz muito mais sentido.

Se seu filho estiver doente, leve-o ao m√©dico. √Č simples assim.

Entendo que uma caminhada no meio da noite até o pronto-socorro não é a mais agradável. Entendo que passar a manhã de sábado em atendimento de urgência, cercado por outras pessoas doentes, não é o ideal. Simpatizo com todos os pais que abraçam crianças febris na sala de espera dos pediatras, porque todos estão infelizes.

M√£os para baixo, ter um filho doente √© uma merda. N√£o √© apenas dif√≠cil para o filho doente, mas para os pais e toda a fam√≠lia. Voc√™ se preocupa que o que eles t√™m √© contagioso. Voc√™ deve higienizar todas as superf√≠cies ou sentar e abra√ßar seu filho? Como voc√™ pode ficar sem rem√©dios de venda livre e comida de conforto quando est√° colado ao lado do seu filho? Por que voc√™ n√£o pegou aquele mega pacote de tosse da √ļltima vez que esteve na loja?

Entendi. Eu preciso ser real com você, no entanto. Os estranhos no seu grupo de mamães on-line, mesmo que alguns deles sejam enfermeiros ou médicos, estão lá para examinar seu filho, fazer um diagnóstico preciso e dizer o que fazer depois para confortar e curar seu filho. Você poderia literalmente estar conversando com alguém sobre algo crítico: o bem-estar do seu filho.

Tenho quatro filhos e me considero uma mãe bastante experiente. Eu me arrepio toda vez que vejo outra foto de um bebê vomitando, além de uma linha do tempo de quantas vezes a criança vomitou em questão de apenas duas horas, e uma mãe perguntando: quanto sangue é demais?

A doen√ßa do seu filho pode ser algo perfeitamente normal para esta √©poca do ano. Muitas crian√ßas pegam o temido est√īmago, HFM ou resfriado. Is √Č a esta√ß√£o para compartilhar germes, certo? E espero que o que quer que seu filho esteja lutando n√£o seja um pouco de ginger ale, sopa de macarr√£o de galinha, len√ßos faciais, dez horas de Netflix e analg√©sico n√£o conserte.

Mas e se n√£o for? E se o seu filho brigar com algo muito mais s√©rio e urgente? E se a respira√ß√£o irregular de seus beb√™s for um sinal de VSR ou pneumonia? E se seus filhos adolescentes, letargia e sede, s√£o o in√≠cio do diabetes tipo 1? E se os seus pr√©-escolares, exantema e v√īmito estranhos forem estreptoc√≥cicos e precisarem de antibi√≥ticos? E se a febre de escalada de seus sete anos de idade for o come√ßo da gripe?

N√£o estou tentando te assustar. Mas vou lhe dizer que, sem d√ļvida, a pessoa mais qualificada para avaliar e tratar seu filho √© uma verdadeira doutrina dos pais que tamb√©m acordam √† meia-noite, a quem voc√™ nunca conheceu e nunca o far√°. V√° para a pessoa com um diploma m√©dico emoldurado na parede e a capacidade de escrever uma receita. N√£o ceda √† m√£e local que est√° fazendo o seu melhor para lhe vender √≥leos essenciais em seu momento de exaust√£o.

Toda vez que leio uma sequência de respostas aos pais desesperados de uma criança doente, começo a me perguntar se estou em algum tipo de outro universo. Muitos dos conselhos que os pais recebem são completamente ridículos, e rezo para que a mãe ou o pai sejam inteligentes o suficiente para não segui-los.

Uma crian√ßa que est√° coberta por uma erup√ß√£o misteriosa provavelmente n√£o deve estar sujeita a um banho de gelo como a av√≥ de tr√™s filhos sugere, porque √© assim que ela √© m√£e e seus filhos se sa√≠ram muito bem. Um garoto com febre 104 n√£o ser√° magicamente restaurado para uma sa√ļde ideal depois de beber um shake de verduras vendido pela Sra. MLM. A adolescente que teve uma enxaqueca intensa por tr√™s dias seguidos n√£o vai aparecer e voltar ao treino de basquete depois que voc√™ esfregar o leite materno de sua irm√£ na testa.

Sou a favor de uma alimentação saudável, ar fresco, probióticos, tratamento quiroprático e muito mais au natural planos de tratamento se e quando fizerem sentido. Mas como você pode tratar a doença sem um diagnóstico preciso?

Eu sei que parece surreal, certo? Mas quem est√° em grupos de mam√£e on-line sabe que n√£o estou brincando. Depois, h√° o resto de n√≥s, pais pr√°ticos, experientes e que n√£o brincam, que simplesmente respondem: “Leve seu filho ao m√©dico o mais r√°pido poss√≠vel”.

N√£o estou sugerindo que todo resfriado, erup√ß√£o cut√Ęnea, tosse ou diarr√©ia justifique uma visita ao pediatra. Claro que n√£o. Mas se o seu filho estiver com febre alta, n√£o puder manter nada baixo, for let√°rgico, estiver coberto de uma erup√ß√£o misteriosa, ou n√£o puder nem lev√°-lo com um cobertor e ir ao m√©dico. N√£o perca tempo tirando fotos ou v√≠deos e digitando uma legenda detalhada para postar no seu grupo de mam√£e favorito.

Gaste sua energia cuidando do seu filho. Seja um adulto responsável, levando decisivamente o seu filho a um profissional médico. Mais tarde, haverá tempo de sobra para o bate-papo em grupo da mamãe Рenquanto você se aconchega com seu filho doente, mas em recuperação, no sofá.