Para o bebê que estou carregando, não sinto nosso vínculo
Psicologia

Para o bebê que estou carregando, não sinto nosso vínculo

Para o bebê que estou carregando, não sinto nosso vínculo

Caro bebê,

Agora estou gr√°vida de 28 semanas e meia. O tempo passou r√°pido, e eu posso sentir voc√™ ficando mais forte no meu ventre. Na verdade, voc√™ est√° me chutando agora. √Č estranho para mim pensar que estou perto do fim de uma jornada que, na maior parte, foi f√°cil. Sem enj√īos matinais, sem sintomas adversos e muito pouco mau humor (pelo menos na minha opini√£o!). Foram apenas as √ļltimas duas semanas que estranhas come√ßaram a perguntar sobre voc√™, ent√£o mesmo que eu sinta que estou explodindo e meus amigos possam dizer como minha barriga cresceu, eu sei que isso n√£o foi t√£o ruim em compara√ß√£o com as experi√™ncias de algumas mulheres .

Então aqui está a coisa. Mesmo que eu esteja carregando você por tanto tempo, ainda não me sinto ligado a você. Embora eu te ame, reconheço que o amor que sinto por você não é diferente do tipo de amor compassivo que sinto quando vejo um estranho lutando na rua. O triste é que você não é um estranho. Eu posso prever seus movimentos. Eu sei que você vai chutar o monitor cardíaco e depois empurrá-lo o máximo que puder para se esconder dele. Eu sei que você estará ativo por volta das 23h e novamente quando eu for para o meu lado. Eu sei que você terá pelo menos uma sessão da manhã tentando misturar minhas entranhas em manteiga.

Quando penso nisso, sei que voc√™ n√£o √© um estranho, mas isso n√£o muda o fato de que ainda sinto que n√£o te conhe√ßo. Voc√™ √© minha filha, mas ainda precisa dar vida √† defini√ß√£o t√©cnica. Ao escrever isso, n√£o tenho d√ļvidas de que tudo mudar√° no minuto em que eu puder realmente v√™-lo e ouvir seus gritos. Eu n√£o acho que vou ter um problema ligado a voc√™. Quando paro e penso em como voc√™ pode parecer depois de nascer, sinto aquela onda de emo√ß√Ķes reservada apenas para as pessoas de quem mais me importo. Mas agora, sinto que voc√™ √© pouco mais do que passageiro em minha vida di√°ria (e pe√ßo desculpas por algumas das coisas estressantes pelas quais voc√™ passou um passageiro!).

N√£o me entenda mal, estou com medo de te perder. Eu nunca tive mais medo de uma pergunta do tipo se durante toda a minha vida, do que E se algo acontecer com o beb√™? Quando examino as emo√ß√Ķes subjacentes por tr√°s do meu medo, percebo que tenho mais medo de nunca ter a chance de conhec√™-lo. Essa √© outra raz√£o pela qual estou confiante de que essa fase ter√° um ponto final definido no dia do seu nascimento.

Então, por que, se eu já tenho tanta certeza de que me sentirei ligado a você, estou escrevendo esta carta para informar que não me sinto ligado a você agora? Porque, querida, é algo que as pessoas não me falaram.

No mundo das mídias sociais, há muita partilha sobre as alegrias de estar grávida. Também há muita partilha sobre as desvantagens de estar grávida. Eu sei porque pelo menos metade das mulheres próximas à minha idade no Facebook estava grávida em algum momento do ano passado. Nenhuma dessas gestantes compartilhou sobre não se sentir ligada ao filho. Por que eles? Isso não é a coisa normal para compartilhar. Não é a coisa esperada para compartilhar.

No entanto, √© algo que muitas mulheres enfrentam durante a gravidez. Voc√™ pode encontrar artigos de auto-ajuda com sugest√Ķes de maneiras extras de se relacionar com beb√™s por nascer com uma simples pesquisa no Google. Voc√™ tamb√©m pode encontrar hist√≥rias de outras mulheres que passaram pela mesma coisa, apenas para sentir essa conex√£o emocional quase imediatamente ap√≥s o nascimento. Esses pontos n√£o mudam o fato de que, para aqueles de n√≥s que n√£o se sentem especialmente ligados √†s crian√ßas em nosso ventre, causa preocupa√ß√£o e d√ļvida extra ver todas as mensagens das futuras m√£es. H√° algo de errado comigo? Por que eu n√£o amo meu beb√™ tanto assim? Eu deveria estar instantaneamente apaixonado no primeiro ultra-som? O que significa se eu n√£o sou?

Sinto que sou uma das √ļltimas m√£es que algu√©m suspeitaria de n√£o se sentir ligada ao filho que ainda n√£o nasceu, mas eu sou. Um dia, voc√™ pode estar na mesma posi√ß√£o. Se isso acontecer, quero ser uma das vozes que diz que est√° tudo bem. Isto √© tempor√°rio; voc√™ n√£o √© uma m√£e ruim.

Doce bebê, mal posso esperar pelo dia em que finalmente me sinto ligado a você.

Ame,

Mam√£e