Orelhas sensíveis em crianças pequenas

Ouvidos sensíveis em crianças pequenas

Última atualização em 31 de outubro de 2018

A hiperacusia, ou extrema sensibilidade auditiva, pode ser difícil de diagnosticar, principalmente porque os sintomas são mais comportamentais do que físicos. Não é de admirar que um entendimento sobre os sinais e sintomas dessa condição possa mantê-lo em boa posição. Analise nossos pontos e seja um pai informado.

O som de um aspirador de pó, buzina de carro ou o barulho de panelas está deixando seu filho tizzy? A menos que seu filho tenha uma inata sensação de antipatia por sons altos, o comportamento pode sugerir hiperacusia ou sensibilidade auditiva. Como essa condição tem mais dicas comportamentais do que físicas, ajudaremos a detalhá-la.

Orelhas sensíveis em crianças e como ler os sinais

  • O que é sensibilidade auditiva em crianças pequenas?

    A hiperacusia, também chamada de sensibilidade auditiva, é uma condição em que se desenvolve uma maior sensibilidade a uma gama de sons que, de outra forma, parecem normais para a maioria das pessoas. Isso leva à dor e desconforto. A condição é frequentemente vista em crianças que sofrem de autismo, paralisia cerebral ou asperger. Outras maneiras pelas quais uma criança pode desenvolver essa condição são lesões na cabeça, infecções graves no ouvido, vírus e reações adversas a medicamentos.

  • Qual é o diagnóstico para orelhas sensíveis em crianças?

    Caso você ache que algo está errado sobre como seu filho lida com o som, procure uma avaliação de um otorrinolaringologista. O médico fará um teste audiológico completo e anotará o histórico médico do seu filho para chegar a uma conclusão. Além disso, o médico também fará uma avaliação médica. Além disso, um simples teste auditivo também pode determinar a condição.

  • Sintomas comportamentais

    O seu bebê de 12 meses tem ouvidos sensíveis. Você pode dizer sim se seu filho, que ainda não consegue se expressar com palavras, se torna violento, chora ou grita em locais barulhentos. Esses locais e sons altos podem fazer a criança fugir e até se sentir deprimida. Essas crianças também podem achar difícil se concentrar na escola.

  • Sintomas físicos

    O primeiro sintoma físico de hiperacusia em crianças pequenas é o tipo de reflexo que a criança exibe ao ouvir algo alto. Ele está segurando os ouvidos, parece perplexo, faz sons repetitivos ou fica bravo e joga coisas? Se seu filho exibir algum desse comportamento não tão normal, ele precisará ser avaliado.

  • Qual é o tratamento para orelhas sensíveis em crianças?

    A sensibilidade auditiva não possui intervenção cirúrgica ou medicinal corretiva. No entanto, a terapia do som é uma opção. Essa terapia ajuda a treinar novamente o centro de processamento auditivo do cérebro para manipular e aceitar sons normais do dia a dia. Isso exigirá que a criança use um dispositivo de geração de ruído na (s) orelha (s) afetada (s). O dispositivo reproduz uma série de sons suaves contínuos que a criança se acostuma a ouvir. Depois de usar o dispositivo por três meses a dois anos, ele pode se tornar menos sensível a sons normais.

A audição sensível em crianças pequenas pode causar problemas se não for detectada por muito tempo. Como pai, você deve prestar muita atenção aos sinais de alerta. Incentive-os a bater palmas ou tocar com instrumentos musicais para que aprendam a se ajustar com os sons.

Artigo anteriorLidar com disartria em crianças

Artigo seguinteComo as rimas de berçário ajudam no desenvolvimento da linguagem oral em crianças