Óleos essenciais na gravidez: quais óleos essenciais são seguros de usar?

11 coisas que você jurou que não faria durante a gravidez (mas faça assim mesmo)

Sentindo-se um pouco cansado, letárgico ou simplesmente velho meh ultimamente? Por que não aproveitar o olfato da Superwoman e aproveitar os benefícios de saúde e bem-estar associados ao uso de óleos essenciais?

Os óleos essenciais são seguros na gravidez?

Grande questão: quando consumidos em um vaporizador, os óleos essenciais são perfeitamente seguros e uma ótima maneira de sentir-se alto e energizado durante a gravidez.

Somente quando aplicadas diretamente na pele, algumas advertências se aplicam. Os óleos essenciais são extratos de plantas extremamente poderosos, altamente potentes e, embora altamente concentrados, podem ter um impacto significativo em seu corpo.

Por esse motivo, sugerimos conversar com um profissional qualificado antes de aplicar os óleos essenciais diretamente (e não diluídos) na pele.

Benefícios do uso de óleos essenciais durante a gravidez

Os benefícios associados ao uso de óleos essenciais são abundantes, especialmente se usados ​​durante a gravidez. Existem muitos relatos de óleos essenciais que ajudam a aliviar problemas relacionados à gravidez, como náusea, tornozelos inchados e dores.

Os óleos essenciais também podem ajudá-lo a se sentir relaxado, calmo e equilibrado. Como alternativa, se você precisar de um aumento de energia, há uma variedade de óleos para ajudar a aumentar sua vitalidade e a se sentir energizado e otimista.

Os óleos essenciais também podem limpar sua mente, ajudá-lo a se concentrar e até ajudá-lo a tomar decisões!

Óleos essenciais para a gravidez

Laranja: Diz-se que este óleo essencial faz você se sentir feliz, calmo e otimista.

Lavanda – Seguro para usar após 12 semanas, a lavanda é um ótimo óleo para se sentir sereno, relaxado e equilibrado. Também alivia a dor e o desconforto da gravidez e reduz a retenção de líquidos.

Ylang ylang: Este excelente polivalente é uma obrigação durante a gravidez. Ele não apenas atua como um afrodisíaco, mas também diminui a pressão sanguínea e consome pessoas que se sentem tensas ou estressadas.

Neroli – Para aqueles que sofrem de ansiedade ou nervosismo durante a gravidez, diz-se que Neroli ajuda você a se sentir relaxado e calmo. Também aumenta a regeneração das células da pele, para que você também tenha uma ótima aparência.

Eucalipto: Este óleo é ótimo se você se sentir um pouco abafado, pois atua como um anti-inflamatório, anti-séptico e antiviral para aliviar os sintomas de congestão respiratória.

Óleo da árvore do chá – Para ser usado apenas durante a gravidez e não durante o parto, o óleo da árvore do chá é um óleo antifúngico e antiviral que ajuda a aliviar os sintomas da infecção por fungos durante a gravidez.

Cypress: Cypress é seguro de usar após cinco meses e ajuda a aliviar varizes, aliviar os tornozelos inchados e aliviar hemorróidas.

Sândalo: se você estiver com problemas para dormir ou se sentir relaxado, invista em um pouco de óleo de sândalo. O sândalo é um sedativo e antidepressivo natural e também alivia a cistite durante a gravidez.

Patchouli: Precisa tomar uma decisão, mas tem dificuldade em controlar seus pensamentos de carreira? Pegue um pouco de patchouli e sinta-se limpo e no controle novamente. Para aliviar a apatia, indecisão e confusão, o patchouli é considerado um ótimo óleo para guardar em seu armário durante aqueles dias no cérebro do bebê.

Gerânio – Ideal para aumentar a energia e promover a circulação, o Gerânio é seguro de usar após os três primeiros meses de gravidez. Também alivia as pernas doloridas e ajuda você a se sentir revigorado.

Óleos essenciais a evitar na gravidez

Durante a gravidez, existem alguns óleos essenciais que você deve evitar. Alguns desses óleos são tóxicos ou têm ação emmenagoga, o que significa que promovem a menstruação.

Os óleos esotéricos recomendam que os seguintes óleos sejam evitados durante a gravidez:

  • Amêndoa amarga
  • Manjericão
  • Pimenta preta
  • Madeira de cedro
  • Camomila
  • Canela
  • Unha
  • Funcho
  • Raiz-forte
  • Jasmim
  • Limão
  • Capim-limão
  • Mostarda
  • Mirra
  • Noz-moscada
  • Orégano
  • hortelã
  • Pinheiro
  • rosa
  • Alecrim
  • Sensato
  • Urtiga
  • Tomilho

Para obter uma lista completa de óleos essenciais a serem evitados durante a gravidez, visite o site dos óleos esotéricos.

E se você estiver procurando maneiras divertidas de usar óleos essenciais, ou apenas quiser saber como escolher a marca certa de óleo, consulte nosso artigo sobre aromaterapia.

Observação: se você tem histórico de aborto espontâneo, epilepsia, problemas cardíacos, diabetes, fígado, doenças da tireóide ou rim ou problemas de coagulação do sangue, sugerimos que você pule os óleos essenciais durante a gravidez. Se você tiver alguma dúvida ou preocupação, não deixe de falar com seu médico ou parteira.

GRAVIDEZ e em MELBOURNE? Cadastre-se no BellyBelly Birth & Early Parenting Immersion. MAXIMIZE suas chances de ter o parto desejado MINIMIZE suas chances de ter uma experiência traumática decepcionante ou traumática. Aprenda com alguns dos melhores educadores da Austrália que você se sentirá mais seguro ao nascer.RESERVE AGORA!