O TLC Show ‘A Baby Story’ F * cking mentiu para mim (e me preparou para decep√ß√£o)

O TLC Show 'A Baby Story' F * cking mentiu para mim (e me preparou para decepção)

MariyaL / iStock

No início dos anos 2000, eu estava sofrendo muito com a raiva do bebê. Meu marido e eu começamos a conversar sobre ter um bebê, mas reconhecidamente, eu estava um pouco nervoso. Quero dizer, eu tinha medo de pegar um cachorro por medo de esquecer de alimentá-lo e passear com ele, sem falar em ser responsável por um humano vivo real. Lamentava aos meus amigos que não achava que tinha o que era preciso para ser mãe. Li livros para pais e fiz um milhão de perguntas aos meus amigos com crianças.

E eu assisti quantidades absurdas de TLCs Uma história de bebê. Você sabe, para pesquisa.

Voc√™ acha que eu teria aprendido minha li√ß√£o com Uma hist√≥ria de casamento (s√©rio, o casamento foi um trabalho √°rduo ap√≥s o t√©rmino da recep√ß√£o do casamento), mas assim que ouvi a familiar m√ļsica suave de piano nos cr√©ditos iniciais de Uma hist√≥ria de beb√™, Eu n√£o pude resistir aos seus encantos. Combine a m√ļsica bonita com as filmagens de abertura da barriga sem marcas de estiramento, segurada pelas m√£os de uma m√£e perfeitamente cuidada, e eu era um ot√°rio em cada epis√≥dio.

Uma história de bebê fez a maternidade parecer maravilhosa! Mal podia esperar.

Muito na mesma linha de Uma hist√≥ria de casamento, Uma hist√≥ria de beb√™ seguiu um casal pela jornada da concep√ß√£o para nascer, todos com duas interrup√ß√Ķes comerciais. Geralmente, o casal tinha uma hist√≥ria interessante de como eles se conheceram ou de empregos incomuns, e as c√Ęmeras rodavam enquanto contavam a hist√≥ria no quarto de crian√ßas √† espera, com maquiagem completa e cabelos perfeitamente penteados.

A futura mãe era geralmente animada e super empolgada com a iminente maternidade, e a futura mãe estava envolvida, atenta e prática. O programa filmou o trabalho das mães e, com exceção de um pequeno drama, elas tiveram um pacote perfeito de alegria antes dos créditos finais. O show terminou com uma entrevista de acompanhamento com os pais, mostrando-os enamorados de seu novo milagre sem ter uma bagunça ou garrafa fora do lugar.

Então você pode imaginar minha surpresa quando chegou a hora do topoop pela primeira vez após uma cesariana, certo? Naquele momento em que vi Deus e todos os seus anjos se ajoelharem diante de mim como um grito em um travesseiro, na esperança de desalojar o pedaço de carvão petrificado que estava trancado naquela junta por nove dias, estava surpreendentemente ausente Uma história de bebê.

WTF, Uma história de bebê? Você mentiu!

Os produtores n√£o achavam que as futuras mam√£es, como eu, precisavam saber como seriam os seios quando o leite chegasse? Eles n√£o acharam as informa√ß√Ķes pertinentes para mostrar que voc√™ tem momentos em que se senta no ch√£o e chora porque seu beb√™ est√° chorando e voc√™ n√£o consegue descobrir o que diabos eles precisam?

Onde estava o programa que mostrava cenas da nova m√£e tentando trocar um macac√£o no meio da noite, apenas para ter aquele feixe de alegria projetando v√īmito nela?

N√£o vi um √ļnico epis√≥dio em que a m√£e chorasse em seu arm√°rio porque seus sapatos n√£o cabiam mais, suas cal√ßas de maternidade que ela ainda podia arrastar sobre a barriga estavam rasgadas nas costuras, e seu rosto parecia um campo minado de acne.

Onde foi o epis√≥dio que mostrou os pais brigando entre si e usando palavr√Ķes quando tentaram colocar o rec√©m-nascido na cadeirinha de beb√™ no caminho para fora do hospital?

Acho que esses clipes est√£o no ch√£o da sala de corte em algum lugar porque eu n√£o vi uma √ļnica foto de uma m√£e perdendo a cabe√ßa porque ela n√£o dormia h√° quatro dias.

Claro, nada o prepara para o fato de que voc√™ nunca mais vai fazer xixi sozinho, mas n√£o h√° como eu saber o quanto o p√Ęnico est√° envolvido quando um beb√™ √© arrancado do seu abd√īmen por assistir a esses tipos de shows. Ao descer para o inferno da depress√£o p√≥s-parto, sempre me perguntava por que estava t√£o despreparado para os rigores da maternidade. Chorei l√°grimas de frustra√ß√£o quando percebi que n√£o estava t√£o animada com a maternidade quanto as m√£es Uma hist√≥ria de beb√™, e me culpei por n√£o sentir uma alegria avassaladora pela chegada dos meus filhos tamb√©m, por minha falta de maquiagem e cabelo rec√©m-penteado.

O retrato higienizado e perfeito da maternidade em Uma hist√≥ria de beb√™ me preparou para expectativas irreais. Quero dizer, s√©rio, levaram meses para me lembrar que eu realmente possu√≠a batom ou cal√ßa, e pensei nisso. E eu n√£o tinha uma equipe de filmagem editando meus erros de grava√ß√£o e meus momentos “n√£o seguros para um p√ļblico familiar” e me apresentando um rolo dos momentos felizes do meu dia. Em vez disso, eu tinha uma no√ß√£o completa da realidade, que ningu√©m em s√£ consci√™ncia jamais assistiria.

Ao encontrar minha posi√ß√£o de m√£e, fiquei agradecido quando conheci m√£es que falaram a verdade. Que admitiram abertamente que havia dias em que √†s vezes n√£o gostavam de seus filhos. As mulheres que foram sinceras comigo e me disseram que meus m√ļsculos abdominais nunca pareceriam iguais em um biqu√≠ni se tornaram minhas melhores amigas. Agarrei-me aos amigos que atendiam ao telefone quando eu ligava chorando do meu arm√°rio. A honestidade e o apoio deles foram a minha salva√ß√£o.

E por causa de minhas experiências, sempre contei à verdadeira mãe toda a verdade, e nada além do ventre da verdade da maternidade, porque a maternidade o pegará com as calças abaixadas e a matará, se você não preparado. Por mais que eu gostasse de assistir Uma história de bebê Naquele dia, eu estaria muito mais inclinado a ter um bate-papo honesto e franco com uma futura mãe.

E quando o bebê chegar, eu aparecerei com vinho, uma grande bandeja de lasanha e lhe darei um abraço gigante, ao perceber que seus livros estavam errados.