Levantando uma interpolação que segue seu coração

Levantando uma interpolação que segue seu coração

Levantando uma interpolação que segue seu coração

mediaphotos / iStock

Meu filho de 13 anos me olhou com expectativa do banco do passageiro do carro. Ei mãe? O que estamos fazendo próxima sexta noite?

Olhei para ele por um momento e observei seu rosto bronzeado, seus suspensórios brilhando ao sol enquanto sua boca se movia. Parecia que ontem eu estava olhando para ele em uma cadeirinha infantil pelo espelho retrovisor. Desde então, suas bochechas rechonchudas foram substituídas por maçãs do rosto esculpidas, e seu doce cheiro de bebê agora é o de uma adolescente não lavada.

Acho que não muito. Por que você tem algum lugar que gostaria de ir?

Ele olhou pela janela e depois para mim, respirou fundo. Bem, h√° essa garota. Eu meio que quero convid√°-la para sair.

E, com essas palavras, meu garotinho n√£o era mais t√£o pequeno.

Eu sabia que esse dia estava chegando. Eu sabia que algum dia meu coração de garotinho seria capturado e ele queria começar a passar um tempo com garotas além das amigas de suas irmãs. Chegaria o momento de jogar futebol com as garotas do bairro em comparação a sentar-se ao lado de uma jovem em um cinema escuro. Eu sabia que um dia eu seria confrontado com a tarefa de deixá-lo navegar pelas águas comoventes das adolescentes. namoro.

Parecia que esse tempo havia chegado. Ele estava pronto para seguir seu coração, pronto para dar um salto no amor de cachorrinho e, tanto quanto eu queria parar o tempo, percebi que essa era uma oportunidade para deixá-lo encontrar seu caminho com o amor. e apoio de seus pais. Namorar é difícil, e é ainda mais difícil quando você não sabe o que está fazendo. Seu pai namorou e me cortejou com uma doçura que eu queria ter certeza de que passássemos para o meu filho. No mínimo, eu teria certeza de que ele aparecesse com flores.

Embora eu ainda pudesse ver vislumbres do meu filho nos pés de seu pijama recém-banhados e segurando um Thomas the Train em suas mãos, eu disse que sim, ele poderia convidar a moça especial para a comemoração do dia dos namorados da escola. e um sorriso se espalhou por seu rosto, eu não pude deixar de estar um pouco melancólico por seu coração estar lentamente se afastando do meu.

Tentei não me ofender quando ele disse: Ah, e se tomarmos sorvete depois, você pode sentar em uma mesa diferente para que possamos conversar?

Quando a data se aproximava, discutíamos a etiqueta adequada para o namoro. Eu fiz questão de convidar a jovem pessoalmente, não por texto. Praticamos um aperto de mãos para que ele pudesse cumprimentar seu pai com um aperto firme e respeitoso. E discutimos ser educados com a mãe de sua amiga quando ele chegou para buscá-la. Com todo conselho, tentei transmitir a necessidade de respeito, bondade, cavalheirismo e boas maneiras.

Na noite do dia, esperava sentir tristeza e dor no cora√ß√£o porque meu filho estava, pela primeira vez, passandoSexta-feira noite com uma garota que n√£o era eu. Eu esperava encher de l√°grimas quando vi vislumbrar ele escovando o cabelo e cheirava o perfume da col√īnia que ele roubou da gaveta de seu pai. Enquanto eu ouvia sua irm√£ provoc√°-lo sobre beijos e m√£os dadas, embora eu esperasse sentir-se magoado, ao inv√©s disso me vi sorrindo silenciosamente para mim mesma.

Quando meu filho desceu as calças cáqui e a camisa de botão, meu coração parou. Eu não estava mais olhando para um bebê. Mas não chorei como pensava. Aceitei meu papel como pai de uma interpolação e tudo ficará bem. Ele vai perseguir seus sonhos e seguir seu coração, mas sempre haverá um pedaço de mim com ele como ele faz.

Quando lhe dei alguns dólares extras e ajeitei sua gola, ele me abraçou e disse: Obrigado por me deixar ir. Eu o abracei com força, e foi quando as lágrimas ameaçaram cair.

As lágrimas não vieram porque eu estava triste, mas porque senti alegria por meu filho ter encontrado alguém que o fez se sentir feliz e especial. Todo esse tempo, eu o levantei para deixá-lo ir, e eu estava pronto para fazer isso um pouco mais naquela noite.

E embora eu estivesse feliz por ele naquela noite, em seu primeiro encontro de verdade, ainda me reservo o direito de enlouquecer Mama Bear se e quando uma garota partir seu coração.

Ent√£o todas as apostas est√£o canceladas.