contador gratuito Skip to content

Lembrando Amy Bleuel na comunidade de sa√ļde mental

Tr√™s anos atr√°s, em 24 de mar√ßo., Em 2017, a comunidade de sa√ļde mental perdeu um maravilhoso defensor e inspirador que criou e iniciou o Projeto Semicolon. O projeto conectou pessoas da comunidade de sa√ļde mental em que a organiza√ß√£o incentivou outras pessoas a lembrar que voc√™ tem o poder de continuar sua hist√≥ria, mesmo quando pensa que acabou, como em uma frase.

Fui inspirado pelo projeto de Amys, como muitos outros, para fazer uma tatuagem de ponto e vírgula para lembrar que, independentemente das dificuldades que a vida me apresenta, tenho a oportunidade de inspirar e ajudar os outros, continuando minha própria história. de vida. O legado de Amys continua enquanto as pessoas ainda usam o símbolo de ponto e vírgula em sua arte, tatuagens e conversas sobre doenças mentais.

Foi um momento doloroso e confuso para a comunidade de sa√ļde mental quando Amy morreu de suic√≠dio. Amy era algu√©m que falava abertamente sobre doen√ßas mentais, desafiava o estigma e defendia a conscientiza√ß√£o e a mudan√ßa. Seu pai morreu de suic√≠dio e Amy vive com ansiedade e depress√£o desde os 8 anos de idade. Amy n√£o permitiu que o estigma por tr√°s dos problemas de sa√ļde mental a impedisse de falar sobre suas experi√™ncias com idea√ß√£o suicida e tentativas anteriores de suic√≠dio. Muitas pessoas admiravam Amy como um exemplo de poder. Ela era a ess√™ncia da sobreviv√™ncia √† doen√ßa mental e inspirou muitos que lutavam todos os dias para resistir.

Quando as not√≠cias da morte de Amy chegaram, houve muita confus√£o e ansiedade entre as pessoas que viram Amy e seu projeto como uma representa√ß√£o de for√ßa, esperan√ßa e coragem. Algumas pessoas que come√ßaram a duvidar de si mesmas e da mensagem que ouviram sobre suas pr√≥prias habilidades e for√ßas para superar a idea√ß√£o suicida e outros problemas de sa√ļde mental. Com a confus√£o e os sentimentos de desespero, houve recursos online que aumentaram para ajudar a normalizar os sentimentos em torno das not√≠cias devastadoras da morte de Amy. O Mental Health on the Mighty criou um di√°logo aberto para as pessoas compartilharem seus sentimentos nas m√≠dias sociais e tamb√©m obter apoio durante essa complexa situa√ß√£o. Logo depois, outros meios de comunica√ß√£o social constru√≠ram uma base para reconfirmar os objetivos do projeto Amys e continuaram a compartilhar o trabalho que ela fez.

No site do projeto Amys, ela escreveu:

Apesar das feridas de um passado sombrio, consegui me levantar das cinzas, mostrando que o melhor ainda est√° por vir. Quando minha vida estava cheia de dores de rejei√ß√£o, intimida√ß√£o, suic√≠dio, auto-mutila√ß√£o, v√≠cio, abuso e at√© estupro, continuei lutando. Eu n√£o tinha muitas pessoas no meu canto, mas as que me mantinham de p√©. Nos meus 20 anos de luta pessoal com a sa√ļde mental, experimentei muitos estigmas associados a ela. Atrav√©s da dor veio a inspira√ß√£o e um amor mais profundo pelos outros. Deus quer que nos amemos, apesar da etiqueta que usamos. Oro para que minha hist√≥ria inspire outras pessoas. Lembre-se de que h√° esperan√ßa para um amanh√£ melhor.

Atrav√©s da dor e da confus√£o, essa situa√ß√£o era um lembrete de quanto trabalho ainda faltava ser feito na preven√ß√£o do suic√≠dio. Tamb√©m se tornou um momento de reflex√£o para os advogados de sa√ļde mental reconhecerem que as coisas podem mudar constantemente para algu√©m que vive com doen√ßa mental.

A morte de Amy n√£o terminou seu plano de normalizar a doen√ßa mental e criar espa√ßos seguros para compartilhar e ser aberto sobre a sa√ļde mental. Mesmo tendo sa√≠do, seu legado continua. A vida de Amy era um testemunho de que uma pessoa pode realmente fazer a diferen√ßa, disse uma declara√ß√£o da Funda√ß√£o Americana para Preven√ß√£o do Suic√≠dio. Ainda se fala muito de Amy nas comunidades de sa√ļde mental como algu√©m que superou enormes obst√°culos, dor e foi capaz de transformar essa dor em ajudar os outros. Muitas pessoas que queriam acabar com suas vidas e optaram por ficar por causa do trabalho de Amys e da vontade de compartilhar sua hist√≥ria.

UMAminha vontade sempre estar√° aqui em esp√≠rito. N√£o vejo a hist√≥ria dela terminando s√≥ porque ela se foi. Sua hist√≥ria continuou em conversas sobre como podemos melhorar nos campos da sa√ļde mental, como ele continua a inspirar outras pessoas quando as pessoas pesquisam no Google seu nome, seu projeto ou cita√ß√Ķes e para todos que usam o ponto-e-v√≠rgula. para significar superar sua mentalidade. Barreiras √† sa√ļde. Amy sempre ser√° uma luz orientadora para muitos; A hist√≥ria dele continuar√°.

Posts Relacionados

. (tagsToTranslate) amy bleuel (t) sa√ļde mental estigma (t) ponto-e-v√≠rgula projeto (t) suic√≠dio