Comportamento

Hoje eu amo grandes palavras

ferramentas para a manhãEsforços mistos

Hoje eu amo grandes palavras como bailiwick e petrichor e biblioklept e octothorpe. Eu amo que tenho quase todas as janelas abertas no andar de baixo e o ar fresco da primavera estĂĄ flutuando por toda a casa com os efeitos sonoros de milhares de pĂĄssaros, gritando, gritando, assobiando e cantando. Eu amo que ontem fiz um pouco de trabalho no novo sub-piso e pretendo ir um pouco mais longe hoje. Eu amo que hoje vocĂȘ tambĂ©m possa assar e serĂĄ interessante experimentar o novo forno nesse sentido, porque garanto que o cozimento Ă© uma realidade totalmente diferente de assar, assar ou grelhar. Eu amo que minhas drogas loucas oscilam entre sentir frio e frio e sentir-se duro e resistente ao frio, a variedade Ă© o que torna a vida Ăłtima e eu aceito todos os tipos de variedade. Eu amo o fato de haver muitos quilĂŽmetros nas mudanças que estamos fazendo nesta casa e que a cada mudança, um novo aspecto de seu novo personagem Ă© revelado. Adoro ser o autor de muitas dessas mudanças e, portanto, de muitas dessas revelaçÔes, sĂŁo realizaçÔes divertidas, especialmente para um homem que estĂĄ trabalhando duro para suportar a pressĂŁo de problemas de saĂșde.

Hoje eu amo que as pessoas ao meu redor pareçam tĂŁo fortes e determinadas durante esses tempos difĂ­ceis e difĂ­ceis. Adoro conhecer bem a dor da perda e, portanto, posso ajudar os outros que estĂŁo passando por ela. TambĂ©m gosto de saber que o peso da perda Ă© o peso de pensar que boas emoçÔes estĂŁo sendo removidas, porque sei que essas emoçÔes permanecem e, em um momento, vocĂȘ percebe que ainda tem seus hobbies e seu amor. e seus apegos emocionais e suas memĂłrias, e sĂŁo elas que suportam o peso de sua perda. Eu amo que a perda de sentimentos significa que vocĂȘ tinha alguĂ©m em sua vida que importava de alguma maneira.

Hoje eu amo o sabor exótico das laranjas. Eu amo que mudei muitas coisas ontem e reorganizei o design em constante mudança de todas as ferramentas, materiais e utensílios domésticos em que estou trabalhando constantemente. Eu amo que o trabalho esteja indo para o norte pela casa em um ritmo letårgico, mas constante. Adoro fazer as coisas, mesmo que sejam feitas lentamente. Eu amo que meu coração parece continuar trabalhando, apesar das reservas dos médicos, deve ser todo amor, hein?

Hoje eu amo tomar uma boa xícara de café enquanto decido se vou trabalhar no subsolo esta manhã.

Kelly Babcock

Nasci na cidade de Toronto em 1959, mas me mudei quando estava no meu quarto ano de vida. Fui criado e educado em um ambiente rural, crescendo de uma maneira que gosto de chamar de campo livre. Eu moro em uma årea onde a história da minha família remonta a 6 ou mais geraçÔes. Fui diagnosticado com TDAH aos 50 anos e tenho lutado com a nova realidade e usando minhas descobertas para melhorar minha vida. Escrevo aqui dois blogs na Psych Central, um sobre o TDAH e outro que é uma afirmação positiva diåria que funciona como um exemplo de como encontrar o bem na maior parte da minha vida possível.

Saiba mais sobre mim no meu site: writeofway. Siga @ writeofwaydotcand email ADHD Man

ReferĂȘncia da APABabcock, K. (2020). Hoje eu amo Ăłtimas palavras. Psych CentralRecuperado em 2 de abril de 2020, em https://blogs.psychcentral.com/today-i-love/2020/04/today-i-love-great-words/

Back to top button

Bloco de anĂșncios detectado

VocĂȘ deve remover seu AD BLOCKER para continuar usando nosso site OBRIGADO