contador gratuito Skip to content

Gravidez após a morte fetal: o que esperar

Gravidez após a morte fetal: o que esperar

A gravidez traz muita esperan√ßa em sua vida. Voc√™ n√£o pode esperar para receber seu pequeno pacote de alegria neste mundo. Mas todas essas esperan√ßas podem acabar em v√£o se o seu beb√™ nascer morto. A morte fetal √© quando um beb√™ morre antes ou ap√≥s o nascimento. Observa-se que aproximadamente 1 em 100 gesta√ß√Ķes terminam em um natimorto. Obviamente, √© dif√≠cil para qualquer mulher se recuperar da perda de seu filho, mas n√£o √© o fim. Voc√™ pode tentar engravidar novamente. Mas h√° certas coisas que voc√™ deve saber sobre natimortos e gravidez.

O que causa a morte fetal?

A morte fetal é uma experiência devastadora para a mãe, não apenas física, mas também emocional. Você pode se perguntar o que fez de errado que isso aconteceu. Bem, a seguir estão as causas comuns de natimorto:

1. Defeitos congênitos

Defeitos de nascimento estão entre as causas mais comuns de natimortos. Observa-se que um em cada quatro natimortos, a causa ainda é defeitos congênitos. Esses defeitos podem não aparecer ou tornar-se proeminentes até o nascimento da criança e, em alguns casos, podem aparecer durante uma autópsia.

2. Condi√ß√Ķes de sa√ļde da m√£e ou estilo de vida

√Äs vezes, um problema de sa√ļde na m√£e tamb√©m pode levar a natimortos. Essas condi√ß√Ķes podem incluir press√£o alta, pr√©-ecl√Ęmpsia, diabetes ou outras condi√ß√Ķes m√©dicas semelhantes. Al√©m da sa√ļde, algumas vezes certas escolhas de estilo de vida, como fumar, beber √°lcool ou usar drogas ilegais, podem causar aborto.

Uma mulher que bebe veio "width =" 1024 "height =" 700 "srcset =" https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/07/457584100-H.jpg 1024w, https: //cdn.cdnparenting. com /articles/2018/07/457584100-H-768x525.jpg 768w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/07/457584100-H-218x150.jpg 218w, https: //cdn.cdnparenting. com /articles/2018/07/457584100-H-696x476.jpg 696w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/07/457584100-H-614x420.jpg 614w "tamanhos =" (largura m√°xima: 1024px) 100vw, 1024px "src =" https://dinerados.com/wp-content/uploads/2020/05/1589393903_76_Embarazo-despues-de-la-muerte-fetal-que-esperar.jpg

3. Complica√ß√Ķes relacionadas √† placenta ou cord√£o umbilical

Quando o beb√™ est√° no √ļtero, seu sistema b√°sico de suporte √† vida √© a placenta e o cord√£o umbilical. No entanto, algumas vezes um ou ambos os √≥rg√£os podem n√£o funcionar adequadamente e podem n√£o fornecer nutrientes ao seu feto em crescimento, o que pode causar um nascimento de natimorto.

Quanto tempo você deve esperar para engravidar novamente após um natimorto?

N√£o existe uma regra estrita que explique quanto tempo voc√™ deve esperar para engravidar depois de um natimorto. √Č estritamente uma escolha pessoal quando se trata de tentar ter outro beb√™ depois de um natimorto. Segundo alguns estudos, observou-se que, se a data de vencimento de uma mulher gr√°vida estiver pr√≥xima do anivers√°rio da morte fetal, pode aumentar as chances de ansiedade e n√≠veis de estresse nela. Por outro lado, alguns estudos revelaram que as mulheres poderiam superar os principais efeitos psicol√≥gicos dentro de um ano ap√≥s a morte fetal. Ao concluir esses dois estudos, muitos especialistas acreditam que √© bom esperar 6 meses a um ano antes de tentar engravidar novamente ap√≥s a morte fetal.

Como se preparar para uma gravidez após um natimorto

Uma mulher deve se preparar para uma gravidez, tanto f√≠sica quanto mentalmente. √Č importante que voc√™ se recupere totalmente do parto anterior, pois perde o peso da gravidez e deve tomar as vitaminas pr√©-natais. Ent√£o, para se preparar para a gravidez novamente, voc√™ deve estar com um peso ideal. Al√©m disso, se voc√™ est√° planejando uma gravidez ap√≥s a morte fetal e teve uma cesariana, pode ser necess√°rio esperar um pouco mais at√© que seu corpo se cure completamente. Quando se trata de prepara√ß√£o emocional para a gravidez, √© importante acabar com a dor e a tristeza de perder o beb√™ antes de planejar outro.

Quais são os prós e os contras de esperar para tentar conceber?

Você pode esperar antes de tentar engravidar novamente, e é uma escolha pessoal. No entanto, existem alguns prós e contras na espera antes de perceber:

Prós:

  • D√° ao corpo da mulher mais tempo para recuperar for√ßas e nutrientes perdidos e se preparar para a pr√≥xima gravidez.
  • D√° aos pais tempo suficiente para lamentar o beb√™ perdido.
  • Voc√™ est√° melhor preparado para ter outra gravidez, tanto f√≠sica quanto mentalmente.

Contras:

  • Voc√™ pode sofrer por um longo per√≠odo, e isso pode mant√™-lo estressado e ansioso.
  • Caso voc√™ seja mais velho, suas chances de fertilidade tamb√©m ser√£o afetadas.

Quais são os prós e os contras de tentar conceber rapidamente?

Alguns pais podem tentar engravidar logo após a morte fetal, e a escolha é deles. No entanto, será uma boa idéia saber quais são os vários prós e contras de tomar essa decisão:

Prós:

  • Caso seu rel√≥gio biol√≥gico esteja correndo, ser√° uma boa op√ß√£o tentar a gravidez novamente em breve.
  • Voc√™ pode mudar seu foco da dor para dar as boas-vindas ao seu beb√™ neste mundo.

Contras:

  • As not√≠cias da gravidez podem surpreender sua fam√≠lia e amigos; isso tamb√©m pode confundi-los.
  • Inconscientemente, voc√™ pode estar tentando suprimir sua dor engravidando novamente.
  • Voc√™ pode n√£o ser fisicamente forte para suportar outra gravidez e isso pode aumentar suas chances de sofrer outra perda.

Como gerenciar a ansiedade na gravidez após um parto sem vida

Uma mulher que perdeu recentemente o beb√™ pode estar sentindo muita ansiedade e estresse, o que tamb√©m pode prejudic√°-lo emocional e fisicamente. No entanto, √© importante que voc√™ gerencie sua ansiedade para evitar complica√ß√Ķes durante a gravidez. Aqui est√£o algumas maneiras de lidar com a ansiedade ap√≥s um nascimento morto:

1. durma bem

Ansiedade e estresse podem afetar seu sono e fazer voc√™ se sentir estressado. Portanto, voc√™ deve tentar dormir bem. Antes de dormir, voc√™ pode ouvir m√ļsica relaxante. Voc√™ tamb√©m pode praticar ioga leve ou medita√ß√£o antes de dormir. A falta de sono a deixa mais ansiosa, por isso √© importante que descanse bem.

2. Expresse seus medos

N√£o h√° problema em ficar com medo ao tentar outra gravidez ap√≥s um parto morto, mas o que n√£o est√° bem √© n√£o falar sobre elas. Certifique-se de falar sobre seus medos com seu parceiro, fam√≠lia ou amigos. Voc√™ tamb√©m pode falar com um ginecologista se estiver preocupado com alguma coisa. Expresse suas preocupa√ß√Ķes, ela pode ajudar.

Um médico oferece aconselhamento médico a um casal "width =" 1024 "height =" 700 "srcset =" https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/07/110115233-H.jpg 1024w, https: // cdn .cdnparenting.com / articles / 2018/07/110115233-H-768x525.jpg 768w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/07/110115233-H-218x150.jpg 218w, https: // cdn .cdnparenting.com / articles / 2018/07/110115233-H-696x476.jpg 696w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/07/110115233-H-614x420.jpg 614w "tamanhos =" (máx. . -width: 1024px) 100vw, 1024px "src =" https://dinerados.com/wp-content/uploads/2020/05/1589393904_727_Embarazo-despues-de-la-muerte-fetal-que-esperar.jpg

3. Prepare-se para ter conversas estranhas

As pessoas podem fazer todos os tipos de perguntas estranhas que podem causar tristeza em você. Prepare-se mentalmente para lidar com perguntas intrigantes. E ignore certas perguntas, se forem demais para você.

4. Tome cada dia como se trata

Experiências de entrega anteriores podem assombrá-lo e, à medida que sua data de entrega se aproxima, você pensa sobre isso com mais frequência. Mas tente distrair você. Pense positivo e tome todos os dias como ele vem. Além disso, evite pensar apenas na entrega.

5. Obtenha apoio de familiares e amigos

Os entes queridos e pr√≥ximos fornecem o suporte ideal em tempos dif√≠ceis. Em vez de fech√°-los, deixe-os ajud√°-lo. Passe um tempo com eles, fale sobre seus medos e voc√™ nunca saber√° que eles podem lhe dar sugest√Ķes √ļteis. Buscar o apoio de amigos e familiares apenas o ajudar√°, portanto, n√£o os afaste de sua vida.

6. Tudo bem estar ansioso

N√£o entre em p√Ęnico ou se preocupe com sua ansiedade, √© normal se sentir assim. S√≥ n√£o deixe que essa ansiedade o controle. Converse com seu parceiro sobre isso, ele vai entender e talvez fazer voc√™ se sentir melhor.

7. Obtenha ajuda profissional

Caso não consiga controlar sua ansiedade, procure ajuda médica imediata de um profissional.

O que aumenta o risco de ter outra morte fetal

Se você teve um natimorto, corre o risco de ter outro natimorto, mas na maioria dos casos a segunda gravidez será boa, portanto não há necessidade de se preocupar. Além disso, não há evidências suficientes para explicar o que aumenta o risco de uma mulher nascer morta pela segunda vez.

Quais são as chances de uma gravidez bem sucedida após a morte fetal?

As chances de uma gravidez saudável após o parto são boas se você não tiver uma gravidez de alto risco. No entanto, as chances de sucesso podem depender de vários fatores. Será uma boa idéia entrar em contato com seu médico ou conselheiro genético para estabelecer a taxa de sucesso de sua gravidez após o nascimento de um bebê morto.

Dicas para evitar outra morte fetal

Aqui estão algumas dicas a serem lembradas se você quiser evitar as chances de outro natimorto:

  • Maior ingest√£o de √°cido f√≥lico.
  • Fa√ßa escolhas de estilo de vida saud√°vel.
  • Fa√ßa um ultrassom precoce.
  • N√£o pule as visitas pr√©-natais.
  • Mantenha seu peso sob controle.
  • Fa√ßa um teste de triagem para defeitos ou anormalidades fetais.
  • Controle seu diabetes e hipertens√£o (se voc√™ tiver).
  • Monitore os movimentos do seu beb√™ desde o in√≠cio do segundo trimestre.
  • Siga uma dieta saud√°vel.
  • Opte por uma cesariana planejada, caso o beb√™ esteja na posi√ß√£o da culatra.

Se você planeja engravidar novamente após um parto prematuro, será uma boa idéia entrar em contato com seu médico e aprender como gerenciar efetivamente sua gravidez e ter uma gravidez e parto saudáveis.

Leia também: Como engravidar com óvulos doadores: taxa de sucesso, prós e contras