FinlĂąndia adota polĂ­tica de licença parental neutra em termos de gĂȘnero

FinlĂąndia adota polĂ­tica de licença parental neutra em termos de gĂȘnero

FinlĂąndia adota polĂ­tica de licença parental neutra em termos de gĂȘnero

As pessoas na FinlĂąndia terĂŁo mais tempo de folga depois de ter um bebĂȘ, e as mĂŁes e os pais receberĂŁo o mesmo valor a partir do outono de 2021, depois que o paĂ­s adotou uma nova polĂ­tica de licença parental neutra em termos de gĂȘnero.

A nova polĂ­tica fornecerĂĄ 164 dias de fĂ©rias remuneradas por mĂŁe, por um total combinado de 14 meses de folga, informa a BBC News. As mudanças sĂŁo um esforço para promover o bem-estar e a igualdade de gĂȘnero e parte de uma reforma radical dos benefĂ­cios familiares, disseram autoridades do paĂ­s, segundo o artigo.

A polĂ­tica anterior da FinlĂąndia permitia 4,2 meses para as mĂŁes e 2,2 meses para o tempo dos pais, que poderiam ser adotados a qualquer momento atĂ© a criança completar 2 anos de idade e fornecer seis meses adicionais de licença parental que poderiam ser compartilhados. A nova polĂ­tica, voltada Ă  igualdade de gĂȘnero, fala apenas de licença parental e nĂŁo distingue mais entre mĂŁes e pais, relata a BBC.

Licença paterna: Finlùndia x Estados Unidos

Muitas naçÔes europĂ©ias sĂŁo conhecidas pelas generosas polĂ­ticas de licença parental depois que as famĂ­lias recebem um novo bebĂȘ. A SuĂ©cia, que a NPR observa que possui a polĂ­tica de licenças mais generosa da Europa, oferece 240 dias de licença por mĂŁe.

Enquanto isso, no vizinho CanadĂĄ, as mĂŁes tĂȘm direito a atĂ© 15 semanas de licença apĂłs o parto, e a licença parental paga fica disponĂ­vel por atĂ© 35 semanas para uma mĂŁe ou pai que cuida de um novo bebĂȘ.

Os Estados Unidos, no entanto, sĂŁo o Ășnico paĂ­s entre 41 paĂ­ses que nĂŁo exige licença remunerada ou novos pais, relata a Pew Research. Embora alguns empregadores ofereçam licença parental paga, a Lei de Licença MĂ©dica e Familiar dos EUA concede a certos funcionĂĄrios elegĂ­veis licença nĂŁo remunerada e protegida por emprego por atĂ© 12 semanas em um perĂ­odo de 12 meses.

Alguns trabalhadores dos EUA podem ter direito a férias remuneradas no futuro, no entanto, à medida que o Senado aprovou uma legislação em dezembro que daria aos trabalhadores federais 12 semanas de folga após o nascimento, adoção ou criação de uma criança, informa a CNBC. Leia mais detalhes aqui.