contadores Saltar al contenido

Exercícios de respiração profunda para transtorno do pânico

Técnicas de relaxamento são estratégias usadas para auxiliar no gerenciamento de sintomas de pânico, reduzir o estresse e provocar uma sensação de calma. Tais técnicas, incluindo exercícios respiratórios, também foram mostradas para ajudar a gerenciar ataques de pânico.O que outras pessoas estão dizendoO que outras pessoas estão dizendo

A seguir, descreve a técnica de relaxamento da respiração profunda. Comece a praticar esta técnica hoje para começar a se sentir mais relaxado.

Benefícios

Respirar é uma função que todos fazemos naturalmente e com pouca consciência ou esforço consciente. A respiração profunda, também chamada respiração diafragmática, envolve focar a pessoa no processo respiratório.O que outras pessoas estão dizendoO que outras pessoas estão dizendo

Atenção e esforço são trazidos para cada respiração, permitindo que a barriga e as costelas se enchem completamente a cada inspiração, seguidas de exalações completas, deixando todo o ar sair.

Normalmente, os exercícios respiratórios são fáceis de aprender e podem rapidamente ajudar a diminuir o nervosismo. Os exercícios também podem fornecer um efeito de limpeza, fazendo você se sentir mais relaxado, revigorado e energizado.

A respiração profunda também costuma ser a base de muitas outras técnicas de relaxamento, como relaxamento muscular progressivo (PMR), meditação e visualização.O que outras pessoas estão dizendoO que outras pessoas estão dizendo

Sua respiração desempenha um papel importante no controle dos sintomas do transtorno do pânico. Embora você possa não estar consciente do seu processo respiratório, é provável que a respiração se acelere quando você estiver nervoso ou com medo.

A respiração torácica, que não permite respirações completas e completas, geralmente está associada ao aumento da sensação de ansiedade.O que outras pessoas estão dizendoDe fato, a hiperventilação (ou falta de ar) é um dos sintomas mais comuns dos ataques de pânico.

Respirar mais profundamente permite que você se sinta mais calmo e sob controle quando confrontado com pânico e ansiedade. Os exercícios respiratórios podem funcionar para ajudá-lo a lidar com a falta de ar, juntamente com outros sintomas comuns relacionados à ansiedade e ao pânico, como diminuir a freqüência cardíaca acelerada e aliviar a tensão muscular.O que outras pessoas estão dizendoO que outras pessoas estão dizendo

Além disso, os exercícios de respiração diafragmática mudam o foco para o ritmo da respiração, limpando a mente de pensamentos ansiosos, medrosos e negativos.

Um exercício de respiração profunda

A respiração profunda requer apenas um ambiente silencioso e alguns minutos do seu tempo. A seguir estão as etapas para um exercício simples de respiração profunda:

  1. Comece em uma posição confortável com a coluna reta, como sentar-se em uma cadeira ou deitar-se de costas.
  2. Feche os olhos ou olhe para baixo para ajudar a refletir para dentro e focar.
  3. Comece a simplesmente notar sua respiração. Você está inspirando e expirando pelo seu peito? Você está respirando rápida ou lentamente?
  4. Mantendo os ombros relaxados e imóveis, comece a respirar com intenção. Inspire profundamente e lentamente pelo nariz, sentindo seu centro se expandir à medida que você enche seu corpo com a respiração. Expire gradualmente pela boca, deixando sair todo o ar viciado.
  5. Continue se concentrando na respiração, observando como o seu centro sobe e desce a cada respiração que você respira. Repita por mais cinco a 10 ciclos de respiração.
  6. Ao respirar profundamente, observe como você se sente por todo o corpo. Existem áreas que parecem mais tensas que outras? A cada expiração, imagine que seu corpo libere estresse e tensão.
  7. Antes de terminar o exercício, reserve alguns momentos para perceber como você se sente fisicamente, mentalmente e emocionalmente.

Dicas adicionais

Focar a respiração durante um ataque de pânico não é tão fácil quanto parece. Para tirar o máximo proveito da respiração profunda, é importante que você pratique regularmente e em momentos em que não se sinta excessivamente ansioso. Se praticado com freqüência, você também usará essa técnica quando ocorrerem ataques intensos de ansiedade ou pânico.

Se você estiver com problemas para se concentrar na expansão e contração do seu centro, pode ser útil colocar as mãos na barriga ou nas costelas. Ao praticar a respiração profunda, observe como o seu centro se alarga e quando você inspira e se contrai para dentro a cada expiração.

Ao praticar a respiração profunda, sempre esforce e concentre-se na passagem do peito para a respiração abdominal. Faça exercícios de respiração profunda devagar e pare se você se sentir pior.

É possível que o foco na respiração inicie um aumento da ansiedade.O que outras pessoas estão dizendoSe este exercício fizer você se sentir mais nervoso, tente respirar fundo algumas vezes e gradualmente suba mais.

Escolha um horário para praticar seus exercícios adequados ao seu estilo de vida, mas procure trabalhar na respiração por pelo menos cinco a 10 minutos por dia.O que outras pessoas estão dizendoPratique de manhã para começar o dia relaxado, à tarde para recarregar ou à noite para ter uma melhor noite de descanso. Para uma experiência ainda mais relaxante e redutora de ansiedade, exercícios respiratórios também podem ser usados ​​com a visualização.