contadores Saltar al contenido

Estratégias de auto-ajuda para viver com o TOC

Conheça os fatos sobre o TOC

Talvez a estratégia mais importante de auto-ajuda do TOC seja aprender o máximo possível sobre sua doença. O TOC é uma doença crônica que requer tratamento diário dos sintomas, em vez de se concentrar em uma cura definitiva.

Ter uma doença crônica requer que você se torne um especialista em sua condição e se informar é o primeiro passo.

Aprenda a lidar eficazmente com o estresse

Se você tem TOC, sabe que TOC e estresse andam juntos. Embora existam várias maneiras pelas quais as pessoas escolhem lidar com o estresse, nem todas as estratégias de enfrentamento são igualmente eficazes no gerenciamento do TOC e do estresse.

De fato, algumas estratégias de enfrentamento podem fazer mais mal do que bem. Uma ferramenta essencial de auto-ajuda do TOC é aprender boas estratégias de enfrentamento ao estresse, como dormir o suficiente, comer bem, exercitar-se, meditar e seguir seu plano de tratamento.

Controle-se da Preocupação

Como o estresse, o TOC e a preocupação excessiva geralmente andam de mãos dadas. Essa preocupação pode se concentrar no tema de suas obsessões, nas consequências de sua doença ou pode estar relacionada a assuntos cotidianos, como pagamento de contas ou bom desempenho no trabalho. Infelizmente, a preocupação pode consumir bastante energia e dificultar o relaxamento.

Aprender técnicas para lidar com as preocupações, como analisar a probabilidade do que você está realmente preocupado e decidir como lidar com o pior cenário possível, é uma estratégia valiosa de autoajuda.

Pratique técnicas de relaxamento

Dado que o estresse e a preocupação são os principais fatores desencadeantes dos sintomas do TOC, uma das melhores maneiras de aumentar suas habilidades de auto-ajuda é aprender e praticar várias técnicas de relaxamento.

A respiração profunda, a meditação da atenção plena e o relaxamento muscular progressivo podem ser adições muito eficazes a qualquer estratégia de auto-ajuda do TOC.

Mexa-se

A maioria de nós conhece os muitos benefícios físicos do exercício aeróbico, incluindo níveis reduzidos de colesterol e risco reduzido de doenças cardíacas e diabetes.

No entanto, existem evidências crescentes de que exercícios como corrida podem ser uma importante estratégia de auto-ajuda do TOC para reduzir a frequência e a intensidade dos sintomas do TOC.

Prática de estar atento

Originada nas tradições espirituais orientais, como o budismo, a atenção plena enfatiza uma consciência sem julgamento das sensações corporais, visões, sons, pensamentos e emoções. Existem algumas maneiras pelas quais a atenção plena pode ajudá-lo a lidar com o TOC.

Primeiro, estar atento a pensamentos angustiantes ou perturbadores pode atuar como uma forma de exposição a obsessões temidas, semelhante a uma pessoa que tem medo de que os cães passem algum tempo com ele para diminuir o medo.

A atenção plena pode ajudá-lo a se tornar menos investido em seus pensamentos e a perceber que um pensamento é apenas uma coleção de palavras ou imagens e não é nada a temer. Isso pode ajudar a reduzir a fusão da ação do pensamento, um processo psicológico que pode piorar os sintomas do TOC.

Explorar terapias alternativas

Medicamentos alternativos, como remédios de ervas, têm crescido em popularidade na Europa e na América do Norte. Muitas pessoas com transtornos de ansiedade, como o TOC, tentaram terapias alternativas uma vez ou outra.

Um dos remédios fitoterápicos mais populares para a ansiedade é o hipericão, embora a evidência seja mista sobre se é eficaz. Obviamente, consulte seu médico antes de iniciar qualquer tratamento com ervas.