contador gratuito Skip to content

Doenças inflamatórias pélvicas (DIP): causas, sintomas e tratamento

DOEN√áA INFLAMAT√ďRIA P√ČLVICA

√ďrg√£os reprodutivos femininos, como ov√°rios, trompas de fal√≥pio, √ļtero, colo do √ļtero, vagina e vulva, s√£o suscet√≠veis a certos dist√ļrbios que podem levar √† infertilidade. Infec√ß√Ķes, danos f√≠sicos ou flutua√ß√Ķes hormonais podem causar o aparecimento de certas condi√ß√Ķes. Obter um diagn√≥stico precoce e procurar tratamento pode ser de grande ajuda e evitar consequ√™ncias a longo prazo. Um desses problemas √© a doen√ßa inflamat√≥ria p√©lvica (DIP).

Qual é o PID?

A IDP √© uma infec√ß√£o que ocorre no √ļtero, ov√°rios e trompas de fal√≥pio. Se a infec√ß√£o n√£o for tratada por um longo per√≠odo, poder√° causar um bloqueio na √°rea afetada. Tamb√©m conhecido como ader√™ncias, esses bloqueios podem ocorrer nas trompas de fal√≥pio e causar infertilidade. A PID pode ser causada por v√°rias bact√©rias diferentes.

Causas da doença inflamatória pélvica

Uma infec√ß√£o sexualmente transmiss√≠vel (IST) √© geralmente a causa de IDP. A infec√ß√£o tende a viajar atrav√©s do colo do √ļtero para o √ļtero, trompas de fal√≥pio e ov√°rios. Isso pode levar semanas ou meses antes de voc√™ come√ßar a se sentir doente ou sentir sintomas. Portanto, o IDP pode se desenvolver muito tempo depois de fazer sexo com um parceiro afetado. Clam√≠dia e gonorr√©ia s√£o algumas das IST comuns que podem levar √† DIP. Em alguns casos, o PID n√£o √© causado por um ITS. Pode ser uma bact√©ria completamente diferente que parece inofensiva e pode causar PID. Isso acontece ap√≥s o parto ou procedimentos como a inser√ß√£o de uma bobina contraceptiva.

Quem tem maior probabilidade de obter PID?

Essa √© uma condi√ß√£o bastante comum, mas aqueles que t√™m clam√≠dia ou gonorr√©ia t√™m maior probabilidade de desenvolver DIP ao longo do tempo. Mas os ITSs n√£o s√£o a √ļnica maneira de ocorrer um PID. As chances de obter PID s√£o maiores se voc√™ tiver um ou mais desses fatores de risco:

  • N√£o use camisinha ao fazer sexo.
  • Ter menos de 25 anos de idade, uma vez que a clam√≠dia √© mais observada em jovens
  • Ter sido sexualmente ativo desde tenra idade
  • Ter m√ļltiplos parceiros sexuais
  • Um hist√≥rico de ISTs ou seu parceiro tem um hist√≥rico desses
  • Instale um dispositivo contraceptivo intra-uterino ou tenha feito uma investiga√ß√£o intra-uterina
  • Um aborto inseguro
  • Depois da entrega
  • Douches
  • Uma hist√≥ria de PID

Quais s√£o os sinais e sintomas da IDP?

As bactérias que causam a infecção podem estar presentes em seu corpo por um longo tempo antes que os sinais ou sintomas apareçam.

  • Dor no est√īmago ou na regi√£o da pelve.
  • Febre e calafrios
  • Presen√ßa de l√≠quido vaginal com odor, textura ou cor incomum.
  • Sangramento ap√≥s a rela√ß√£o sexual
  • Estar cansado ou cansado
  • Mic√ß√£o freq√ľente
  • Falta de apetite
  • Per√≠odo perdido
  • Nausea e vomito
  • Sangramento vaginal anormal que pode ocorrer durante per√≠odos ou entre per√≠odos

Se não for tratada, pode levar a problemas sérios, como dificuldade em engravidar e sinais de choque, como desmaio. Esses sintomas também podem significar uma gravidez ectópica ou apendicite.

Como você faz o diagnóstico?

Se voc√™ tiver algum dos sintomas de IDP ou se houver outros motivos que o levem a suspeitar que possa ter IDP, relate suas preocupa√ß√Ķes ao seu m√©dico e marque uma consulta. Se os sintomas forem leves, pode demorar mais tempo para diagnosticar PID. O seguinte pode ajudar seu m√©dico a alcan√ßar um diagn√≥stico definitivo:

  • Um teste de gravidez pode ser feito primeiro para descartar a possibilidade de uma gravidez ect√≥pica.
  • Um cotonete pode ser retirado do colo do √ļtero e da uretra para verificar se h√° bact√©rias.
  • Provavelmente, tamb√©m ser√£o prescritos exames de sangue e urina para procurar sinais de infec√ß√Ķes bacterianas.
  • Se esses resultados n√£o oferecerem evid√™ncias para um diagn√≥stico confirmado de IDP, o seu m√©dico poder√° recomendar um ultrassom, pois isso pode ajudar a detectar a inflama√ß√£o das trompas de fal√≥pio.
  • Caso o seu m√©dico precise examinar mais de perto sua cavidade abdominal, pode ser necess√°ria uma laparoscopia.

Analisando Danos

Quando o diagnóstico de PID for alcançado, seu médico poderá recomendar novos exames para determinar a extensão dos danos na sua área pélvica. As trompas de falópio são propensas a cicatrizes, enquanto seus outros órgãos reprodutivos podem ter danos permanentes. Um ultra-som pélvico, biópsia endometrial e laparoscopia são alguns dos testes e procedimentos adicionais que podem ser realizados.

Tratamento PID para mulheres

Antibi√≥ticos s√£o o tratamento usual para a IDP, principalmente porque √© uma op√ß√£o segura, mesmo quando um diagn√≥stico claro n√£o foi alcan√ßado. √Č prov√°vel que uma combina√ß√£o de antibi√≥ticos seja prescrita para garantir que todas as infec√ß√Ķes bacterianas que causam PID sejam direcionadas. Analg√©sicos tamb√©m podem ser tomados simultaneamente. O seu m√©dico sugerir√° que voc√™ evite qualquer tipo de rela√ß√£o sexual para impedir que a infec√ß√£o se repita at√© que o tratamento com os medicamentos esteja completo. Podem ser necess√°rias visitas de acompanhamento ao m√©dico para determinar se a infec√ß√£o foi completamente resolvida.

Certifique-se de terminar o medicamento, mesmo que comece a se sentir melhor no meio do curso recomendado. Em alguns casos, o tratamento com IDP pode envolver cirurgia. Isso se torna necessário apenas quando um abscesso na região pélvica se rompe ou o seu médico tem motivos para acreditar que um abscesso pode estar prestes a se romper. Nesse caso, você pode precisar ficar no hospital por um curto período de tempo.

Como o PID pode ser evitado?

A √ļnica maneira de evitar completamente o PID √© atrav√©s da abstin√™ncia, mas √© mais f√°cil falar do que fazer. Como a rela√ß√£o sexual pode transmitir infec√ß√Ķes, tomar as devidas precau√ß√Ķes pode atenuar o risco at√© certo ponto. Usar um preservativo √© uma maneira de faz√™-lo, enquanto limitar o n√ļmero de parceiros sexuais tamb√©m √© muito eficaz. Certifique-se de fazer o teste para DSTs regularmente, especialmente se voc√™ tiver v√°rios parceiros sexuais. Evite duchas e n√£o limpe de tr√°s para a frente depois de usar o banheiro.

Poss√≠veis complica√ß√Ķes que podem ocorrer na DIP

N√£o h√° complica√ß√Ķes se a PID for detectada precocemente e o tratamento continuar imediatamente. Nos casos graves de DIP ou n√£o tratados, s√£o poss√≠veis as seguintes complica√ß√Ķes:

  • Dificuldade em engravidar como resultado de cicatrizes ou outros danos nas trompas de fal√≥pio causados ‚Äč‚Äčpor PID. Para aquelas que engravidam ap√≥s o tratamento de DIP, as chances de uma gravidez ect√≥pica s√£o t√£o altas quanto 1 em cada 10.
  • Aumento do risco de gravidez ect√≥pica, novamente devido a danos nas trompas de fal√≥pio.
  • Maior probabilidade de complica√ß√Ķes na gravidez, como aborto espont√Ęneo, parto prematuro e natimorto.
  • Dor persistente e tamb√©m dor durante a rela√ß√£o sexual.
  • Mais possibilidades de contrair a s√≠ndrome de Reiter que causa artrite e inflama√ß√£o ocular.
  • Um abscesso pr√≥ximo ao √ļtero em casos graves de DIP.

INFECÇÃO VAGINAL "width =" 1160 "height =" 793 "srcset =" https://dinerados.com/wp-content/uploads/2020/05/1589375370_982_Enfermedades-inflamatoria-pelvicas-PID-causas-sintomas-y-tra treatment. jpg 300w, https://cdn.cdnparenting.com /articles/2018/01/556874716-H-768x525.jpg 768w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/01/556874716-H.jpg 1024w , https://cdn.cdnparenting.com/articles /2018/01/556874716-H-218x150.jpg 218w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/01/556874716-H-696x476.jpg 696w , https://cdn.cdnparenting.com/articles /2018/01/556874716-H-614x420.jpg 614w "tamanhos =" (largura máxima: 1160px) 100vw, 1160px "src =" https://dinerados.com/ wp-content / uploads / 2020/05 / 1589375370_982_Doenças inflamatórias pélvicas-PID-causas-sintomas-e-tratamento.jpg

Quando entrar em contato com um profissional médico?

A dor pode ser leve a moderada e, se a infecção se espalhar para a corrente sanguínea ou outras partes do corpo, pode se tornar uma situação com risco de vida muito rapidamente. Ao detectar sintomas graves, chame seu médico imediatamente ou vá ao pronto-socorro do hospital mais próximo. Você também deve ir a um médico para um check-up se sentir que contraiu uma DST ou se o tratamento que está recebendo para uma DST parecer ineficaz.

Seu parceiro precisa ser tratado?

Sim, todos os seus parceiros nos √ļltimos seis meses com quem voc√™ teve rela√ß√Ķes sexuais ter√£o que ser testados quanto √† infec√ß√£o e tratados. O tratamento com antibi√≥ticos √© recomendado para o seu parceiro, mesmo que seu teste de infec√ß√£o seja negativo. Isso ocorre porque a clam√≠dia √© a causa da IDP na maioria dos casos e √© transmitida durante a rela√ß√£o sexual. Al√©m disso, os homens n√£o apresentam sintomas de clam√≠dia, mas podem transmitir a infec√ß√£o. Como o teste de clam√≠dia n√£o √© 100% exato, um curso de antibi√≥ticos pode ser direcionado a qualquer infec√ß√£o perdida nos testes. Por √ļltimo, mas n√£o menos importante, se o seu parceiro sexual tiver a infec√ß√£o, voc√™ poder√° espalh√°-la novamente depois de receber tratamento.

Isso pode acontecer de novo?

Foi visto que cerca de uma em cada cinco mulheres contraem PID novamente dentro de dois anos a partir da primeira. Existem algumas raz√Ķes pelas quais isso pode acontecer, incluindo a incapacidade de tratar seu parceiro, a incapacidade de praticar sexo seguro atrav√©s do uso de preservativos, sua incapacidade de concluir o curso da medica√ß√£o que causou a infec√ß√£o no seu corpo. e causar um surto. Acima. O dano por PID pode tornar algumas mulheres mais vulner√°veis ‚Äč‚Äč√† reinfec√ß√£o.

A IDP √© uma condi√ß√£o comum em muitas mulheres que a experimentaram e quase todas se recuperam completamente. Tamb√©m √© fato que cerca de 10% a 15% das mulheres com DIP podem ter dificuldade em engravidar, enquanto outras podem ter gravidezes ect√≥picas e desenvolver dor p√©lvica cr√īnica como resultado dessa infec√ß√£o. Mas deixar a infec√ß√£o n√£o tratada pode se tornar perigosa e at√© fatal, se se espalhar para o sangue.

Aviso Legal:

Esta informação é apenas um guia e não substitui o aconselhamento médico de um profissional qualificado.

Leia também: Tubos de Falópio bloqueados: uma das principais causas de infertilidade feminina