contador gratuito Saltar al contenido

Dispraxia em crianças pequenas: 5 causas, 12 sintomas e 3 tratamentos para conhecer

Dispraxia em crianças pequenas

Imagem: Shutterstock

NESTE ARTIGO

É difícil para o seu filho subir e descer as escadas constantemente? É difícil para o seu pequeno filho realizar atividades normais para a idade dele, como vestir e escrever alfabetos? Se você concordou, seu filho poderia estar sofrendo de dispraxia. Leia nosso post para aprender sobre as causas, sintomas e tratamentos da dispraxia em crianças pequenas.

O que é dispraxia em crianças pequenas?

A dispraxia é um distúrbio da coordenação do desenvolvimento (DCD) em crianças pequenas. As crianças pequenas geralmente desenvolvem a capacidade de realizar atividades simples, como sentar, andar e conversar à medida que envelhecem. No entanto, crianças pequenas com DCD não têm coordenação entre a mente e o corpo para realizar a atividade pretendida. Por exemplo, mesmo que a criança pense em levantar-se e caminhar, o cérebro não pode enviar as instruções adequadas ao seu corpo para realizar as ações necessárias.

Embora as crianças com DCD tenham inteligência normal, elas podem parecer desajeitadas. Portanto, o DCD também é popular como Síndrome do Garoto Desajeitado. O DCD pode ser embaraçoso e frustrante, levando ao isolamento e ao estigma social (1).

(Ler: Síndrome de Down em crianças pequenas )

Causas da dispraxia em crianças pequenas:

A causa da dispraxia ainda não está clara. No entanto, os pesquisadores médicos acreditam que o DCD ocorre devido a problemas de desenvolvimento no sistema de processamento de informações do cérebro. Os seguintes fatores aumentam o risco do distúrbio em crianças pequenas:

  1. Um parto prematuro
  1. Baixo peso de nascimento
  1. Abuso de álcool ou drogas gestacionais
  1. Uma história familiar de DCD
  1. Lesão cerebral (2)

A dispraxia pode ocorrer em conjunto com outros distúrbios, como déficit de atenção ou retardo mental (3).

(Ler: Sinais de dislexia em crianças pequenas )

Sintomas de dispraxia em crianças pequenas:

Crianças pequenas com dispraxia podem começar a realizar atividades normais tarde e lentamente, como virar, engatinhar, sentar, andar e conversar. Aqui estão os sintomas comuns da dispraxia em crianças pequenas.

  1. Dificuldade para andar
  1. Propenso a quedas e acidentes.
  1. Dificuldade de treinamento para ir ao banheiro.
  1. Incapacidade de vestir, segurar objetos, escrever, andar de bicicleta e usar talheres
  1. Dificuldade em realizar atividades que exijam equilíbrio e coordenação motora, como subir degraus, chutar a bola etc.
  1. Memória de curto prazo e dificuldade de organizar as coisas e seguir as instruções
  1. Dificuldade em falar, ouvir e brincar com a imaginação.
  1. Fraco desenvolvimento de habilidades sociais.
  1. Sobre a sensibilidade à luz, ruído, toque, etc.
  1. Tendência de conhecer outras crianças.
  1. Propenso a tropeçar em seus próprios pés
  1. Dificuldade de aprendizagem associada ao transtorno do espectro do autismo, transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) ou dislexia (4)

(Ler: Sintomas de epilepsia em crianças pequenas )

Diagnóstico de dispraxia em crianças pequenas:

Se você suspeitar que seu filho tenha dispraxia, procure um pediatra imediatamente. Você pode usar os seguintes métodos para diagnosticar o distúrbio:

  • Ele ou ela pode pedir detalhes do histórico médico de seus filhos e família.
  • Ele pode usar o método Motor ABC para avaliar as habilidades motoras brutas e finas de seus filhos pequenos. Você pode comparar os resultados com a pontuação normal para sua faixa etária.
  • Pode exigir uma avaliação padrão da capacidade mental de crianças pequenas por um psicólogo para descartar outras condições (5).

Tratamento da dispraxia em crianças pequenas:

Não há cura para a dispraxia. No entanto, algumas coisas podem melhorar a qualidade de vida do seu filho. Com base nos resultados do seu diagnóstico, seu médico pode recomendar os seguintes planos de tratamento para seu filho pequeno.

1. Educação Física:

A educação física pode ajudar as crianças a desenvolver bom equilíbrio, coordenação e comunicação eficaz entre o cérebro e o corpo. Ensinar esportes, como andar de bicicleta e nadar, para o seu filho pode ajudá-lo a melhorar suas habilidades motoras. Praticar esportes em equipe pode ajudá-lo a desenvolver habilidades sociais. Além disso, exercícios diários podem minimizar o risco de obesidade (6).

2. Abordagem orientada a tarefas:

Ajude seu filho a realizar atividades regulares com facilidade. Os terapeutas ocupacionais podem ensinar ao seu filho muitas técnicas para executar tarefas simples e difíceis, monitorar seu aprimoramento e oferecer orientação para levar uma vida independente.

3. Abordagem orientada a processos:

Envolve atividades regulares que visam melhorar as habilidades motoras de crianças pequenas. Você pode perceber uma grande melhora em seu bebê, pois em breve ela realizará várias tarefas difíceis para ela antes (7).

Seu filho também pode precisar de terapia da fala e treinamento individual.

(Ler: Atraso na fala em crianças pequenas )

Lembre-se de que um ambiente de apoio em casa e na escola pode ajudar seu filho a superar os desafios que acompanham a dispraxia e levam uma vida normal.

Seu filho sofria de dispraxia? Que tratamento o médico aconselhou? Compartilhe sua experiência com outras mães aqui.

Artigos recomendados:

Os comentários são moderados pela equipe editorial da MomJunction para remover qualquer comentário pessoal, abusivo, promocional, provocador ou irrelevante. Também podemos remover hiperlinks nos comentários.

As próximas duas guias alteram o conteúdo abaixo. Momjunction Momjunction FaceBook Pinterest Twitter Porca <img style = "display: none;" expr: src = "https://dinerados.com/wp-content/uploads/2019/11/1573259404_750_Dispraxia-en-ninos-pequenos-5-causas-12-sintomas-y-3.jpg” alt=”foto principal”/>