contador gratuito Saltar al contenido

DHA para bebês e crianças

DHA para bebês

Última atualização em 11 de janeiro de 2019

DHA é um ácido graxo ômega-3. É usado para melhorar a saúde das crianças. Naturalmente encontrada em muitas fontes, a futura mãe é a principal fornecedora desse ácido quando está grávida. O período pré-natal é uma janela quando o cérebro do bebê se desenvolve com a ajuda de uma nutrição adequada fornecida pela placenta. O DHA influencia o desenvolvimento do cérebro, olhos e outras funções neurológicas primárias. Tem uma influência profunda durante os dois primeiros anos de vida e os estágios iniciais da infância. Desde o nascimento até os cinco anos de idade, o cérebro aumenta 3,5 vezes sua massa total e é de vital importância que o DHA seja consumido em quantidades adequadas para apoiar o rápido crescimento cerebral.

Uma dieta saudável que fornece cerca de 600 mg de DHA por dia tem um impacto significativo nas funções cognitivas da criança e melhora o desenvolvimento do cérebro e dos olhos. A carne de órgãos e os peixes gordurosos são fontes ricas de DHA que ocorre naturalmente e, infelizmente, esses alimentos não são comumente consumidos por crianças, pois são exigentes e propensos a alergias às vezes. No entanto, a crescente conscientização de sua importância levou à inclusão de leite, fórmulas e outros alimentos fortificados, facilitando o acesso de pessoas de todas as faixas etárias, inclusive crianças, aos benefícios desse importante nutriente.

O que é DHA?

O ácido docosahexaenóico (DHA), uma parte da família dos ácidos graxos ômega-3, é um ácido graxo poliinsaturado de cadeia longa, geralmente chamado de "gorduras saudáveis". Ele tem uma grande influência em nosso corpo, pois nos mantém saudáveis ​​e é crucial para o crescimento ideal do cérebro e dos olhos ao longo de nossas vidas. De fato, o nutriente toma o centro do palco quando os tecidos neurais, incluindo a visão, são formados no útero. O DHA apóia nossas faculdades cognitivas, visuais e mentais à medida que envelhecemos.

Quais são os benefícios do DHA para bebês e crianças?

Um bebê feliz e saudável "width =" 1024 "height =" 700 "srcset =" https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/07/437902681-H.jpg 1024w, https: //cdn.cdnparenting. com / articles / 2018/07/437902681-H-768x525.jpg 768w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/07/437902681-H-218x150.jpg 218w, https: //cdn.cdnparenting. com / articles / 2018/07/437902681-H-696x476.jpg 696w, https://cdn.cdnparenting.com/articles/2018/07/437902681-H-614x420.jpg 614w "tamanhos =" (largura máxima: 1024px ) 100vw, 1024px "src =" https://dinerados.com/wp-content/uploads/2020/05/1589019938_427_DHA-para-bebes-y-ninos.jpg

Sem dúvida, o DHA ganhou muita atenção e está surgindo em todos os lugares, desde ovos, comida de bebê até leite. Por que alguém deveria se importar tanto com esse nutriente? Bem, a resposta é que é uma gordura benéfica. O papel do DHA é acentuado durante a primeira infância.

Para bebês

O DHA desempenha um papel fundamental no componente estrutural do cérebro, olhos e sistema nervoso. O leite materno é rico em DHA e os bebês amamentados têm grande acuidade visual e mental.

Para crianças

Durante os primeiros anos da infância até os cinco anos de idade, o cérebro se desenvolve rapidamente e aumenta aproximadamente 4 vezes sua massa total. A ingestão adequada de DHA durante esses anos cruciais é importante para o desenvolvimento ideal e a melhoria das funções cognitivas. As crianças que têm uma boa ingestão de DHA até os cinco anos de idade foram pesquisadas e demonstraram ter melhores escores de QI, memória tremenda, boas habilidades de leitura e visão sólida.

A deficiência de DHA pode ser comum em crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). Em suma, o DHA é essencial para o desenvolvimento neurológico e visual.

Dose recomendada

Embora não haja diretrizes para uma dose diária de DHA para crianças, existem certas recomendações para a ingestão de DHA mais ácido eicosapentaenóico ou EPA.

Para bebês

Os bebês que estão amamentando receberão a maior parte da ingestão de DHA do leite. Sabe-se que o leite materno é rico em DHA. É aconselhável que as mães aumentem a ingestão de alimentos ricos em DHA durante a amamentação. Uma mãe que amamenta deve procurar consumir pelo menos 600 a 800 miligramas de DHA por dia através de fontes ou suplementos naturais.

Para crianças

De 1,5 a 5 anos, o requisito de DHA para crianças é recomendado como 600 miligramas de DHA combinado mais EPA por dia para uma criança com 20 kg.

Alimentos ricos em DHA para bebês e crianças

Existem certos alimentos ricos em DHA que você pode incluir na dieta do seu filho. Aqui estão alguns alimentos ricos em DHA para crianças de diferentes idades.

1. DHA para bebês amamentados

A melhor fonte de DHA para bebês amamentados é o leite materno. A quantidade de DHA varia de acordo com a dieta da mãe e a quantidade de ômega-3 e DHA que ela está recebendo. É aconselhável que as mães que amamentam incluam peixe, ovos, iogurtes e nozes secas em sua dieta para ajudar os bebês a receber DHA para o desenvolvimento saudável da retina cerebral e ocular. Os bebês alimentados com fórmula recebem sua ingestão de DHA somente se a fórmula for enriquecida com ela, por isso é importante ler os rótulos.

2. Alimentos DHA para bebês e crianças

Existem muitas variedades naturais de alimentos DHA para bebês e crianças. Alguns alimentos que podem aparecer na dieta regular do seu filho são:

  • Salmão – Contém o maior conteúdo de DHA entre as variedades de peixes e oferece uma proporção saudável de boas gorduras ômega-3.
  • Os ovos contêm pequenas quantidades de DHA naturalmente, mas você também pode optar por ovos fortificados com DHA de galinhas alimentadas com uma dieta suplementada
  • Os iogurtes enriquecidos com DHA são alimentos básicos nas prateleiras dos supermercados e podem ser oferecidos às crianças como café da manhã ou lanche leve
  • A geléia rica em açúcar pode substituir a manteiga de amendoim como um brinde infantil.
  • Sirva ao seu filho um punhado de nozes como um lanche delicioso ou saudável.
  • O leite em pó agora vem com DHA fortificado, pois os fabricantes perceberam a importância do DHA. Existem alguns produtos especialmente projetados para crianças a partir de um ano e você pode comprá-los após verificar cuidadosamente o rótulo.

Os suplementos de DHA são seguros para bebês e crianças?

Numerosos estudos abordaram os efeitos dos suplementos de DHA no desenvolvimento infantil. Algumas pesquisas demonstraram que os suplementos afetam o comportamento e as habilidades cognitivas da criança. Os suplementos de DHA dados a crianças com dificuldades de aprendizagem os ajudaram a desenvolver suas habilidades mentais até certo ponto. No entanto, devido à falta de pesquisas, os suplementos de DHA não são recomendados como tratamento para qualquer condição em crianças. Você pode obter a ingestão necessária comendo peixe, nozes e ovos gordurosos em sua dieta. Converse com seu pediatra sobre dar suplementos de DHA a seus filhos e siga os conselhos deles sobre o melhor suplemento de DHA para crianças pequenas.

Precauções a tomar ao dar suplementos de DHA ao seu filho

Os níveis prevalentes de mercúrio no marisco, quando consumidos em excesso, podem ter um efeito adverso no desenvolvimento cognitivo da criança. É quando os pais recorrem aos suplementos de ômega 3 DHA para crianças. Suplementos contendo óleo de peixe são purificados e isentos de metais ou minerais contaminantes. No entanto, pequenas quantidades de toxinas ainda podem estar presentes. Para bebês que amamentam, os pais podem comprar gotas de DHA para bebês na Índia. Mas, um excesso de óleo de peixe pode causar sangramento em crianças. Portanto, é obrigatório que você consulte seu pediatra antes de administrar suplementos de DHA para determinar a dose segura e eficaz.

O DHA é um nutriente importante que impulsiona o desenvolvimento ideal do seu bebê. Um nível de DHA bem equilibrado tem sido associado à boa saúde da retina e capacidade cognitiva. A melhor maneira de incluir o DHA na dieta do seu filho é fazer com que cada mordida conte, evitando calorias vazias e escolhendo superalimentos que dão ao bebê a nutrição necessária.

Leia também:

Vantagem da proteína para crianças O Protein Powder é seguro para crianças? Vitamina necessária para bebês