contador gratuito Skip to content

Como lidar quando seu agressor foge

Uma das p√≠lulas mais amargas para engolir √© quando a pessoa que abusou de voc√™, agrediu voc√™, cometeu um crime contra voc√™, ou machucou voc√™, √© libertada e liberada, aparentemente sem ter que enfrentar nenhuma consequ√™ncia pelo que ela fez voc√™ De fato, em alguns casos, o agressor parece ganhar e voc√™ sente que perde. Isso geralmente acontece em processos judiciais, div√≥rcios, batalhas de cust√≥dia e situa√ß√Ķes de ass√©dio ou discrimina√ß√£o no local de trabalho.

A questão que gostaria de abordar hoje é como lidamos com a falta de justiça. Como a vítima de um crime é curada quando o autor não é responsável?

Antes de tudo, deixe-me enfatizar que seus sentimentos de indignação e traição são normais. Já é suficientemente ruim que o agressor perverso o machuque, mas o que é igualmente doloroso é quando o sistema legal (ou outro sistema de ajuda), o bom, não castiga o agressor. Este é um despertar muito rude para uma vítima.

Rea√ß√Ķes comuns:

  • Choque e descren√ßa. Voc√™ pode dizer para si mesmo: como isso aconteceu? Isso √© irreal! Isso n√£o pode estar acontecendo!
  • Desregula√ß√£o emocional. Voc√™ notar√° uma variedade de emo√ß√Ķes, de choque a raiva e tristeza, e tudo mais.
  • Falta de confian√ßa. Voc√™ pode se sentir inseguro e acreditar que os outros n√£o s√£o confi√°veis. Voc√™ pode at√© sentir que n√£o pode confiar em si mesmo ou em seu pr√≥prio pensamento.
  • Queixas f√≠sicas Voc√™ pode ter dores de cabe√ßa, tens√£o muscular, dor de est√īmago, dificuldade em comer e / ou dormir e outros sintomas f√≠sicos.
  • Auto duvida. Voc√™ pode se perguntar: Isso realmente aconteceu comigo? Talvez eu tenha descoberto. Talvez n√£o fosse t√£o ruim assim.
  • Pensando demais em vingan√ßa. Isso transforma sua mente em um pretzel tentando criar estrat√©gias para expor o agressor, fazer os outros verem seus maus caminhos, de alguma forma fazer justi√ßa. Voc√™ pode at√© passar anos da sua vida tentando corrigir o sentimento de injusti√ßa que experimentou.

Permita-se passar pelo processo de luto pela perda da justiça pessoal. Permita-se sentir seus sentimentos de raiva, tristeza, dor, traição, etc. Mas, não pise na lama emocional. Sinceramente, conheço o clichê dele, mas a vingança final é viver bem sua vida. Aprender a deixar o passado para trás e o resultado injusto é a coisa mais saudável que você pode fazer a longo prazo. Uma vez que seus sentimentos tenham sido expressos por um determinado período de tempo, você deve aprender a deixar passar.

Como lidar com a injustiça:

  • Sinta seus sentimentos. Sinta todos eles. Expresse-os conversando, registrando em di√°rio, buscando terapia. Fa√ßa o que fizer, expresse seus sentimentos de trai√ß√£o, raiva, frustra√ß√£o, decep√ß√£o, indigna√ß√£o e qualquer outra emo√ß√£o atrav√©s de alguma forma de express√£o.
  • Observe que sua recupera√ß√£o n√£o depende da outra pessoa. Se o autor do crime contra voc√™ ou nunca recebe justi√ßa, isso n√£o tem nada a ver com a sua capacidade de curar o mal que eles fizeram com voc√™. Sua cura √© independente do que acontece com a outra pessoa.
  • Aceite o que √©. Pegue os peda√ßos como eles v√™m. Sim √© dif√≠cil. Sim, n√£o √© justo. Sim, eles escaparam machucando voc√™. Sim, outros podem nem acreditar em voc√™ e ficar do lado dele. Depois de enfrentar essas verdades feias, voc√™ perceber√° que pode aceitar a realidade de tudo. Depois de aceitar a verdade, voc√™ pode iniciar o processo de deixar ir outras expectativas em rela√ß√£o √† situa√ß√£o.
  • Cerque-se de amigos e familiares que amam e apoiam voc√™. Comunique-se com aqueles em sua vida que valorizam voc√™ e voc√™ pode sentir isso. Conex√Ķes saud√°veis ‚Äč‚Äčcom os outros ajudar√£o a atender √†s necessidades que voc√™ tanto deseja em seus relacionamentos. Isso interromper√° a necessidade de mudar outras pessoas (principalmente aquelas por quem voc√™ se sente tra√≠do) para ter sucesso.
  • Concentre-se em si mesmo. Concentre-se no que voc√™ precisa fazer para viver bem sua vida, independentemente do que o autor se deu bem. Concentre-se em sua pr√≥pria cura interior que precisa acontecer. Voc√™ provavelmente n√£o apenas ter√° que se curar da les√£o original, mas tamb√©m a les√£o imposta pela comunidade que n√£o responsabilizou seu agressor.
  • Se voc√™ seguir uma f√© religiosa, ore, medite, procure conforto l√°. Encontre conforto nas palavras do seu Deus.
  • Complete sua dor. Isso significa que voc√™ precisa processar todos os seus pensamentos e sentimentos em rela√ß√£o a todo o desastre. Permita-se expressar suas expectativas n√£o atendidas e perda de esperan√ßa / confian√ßa em si mesmo, em outras pessoas, no sistema. Depois de processar todas as perdas, voc√™ finalmente chegar√° ao lugar em que n√£o se importaria menos com o que acontece ao seu agressor ou com o que ele ou ela se deu bem. Voc√™ perceber√° que apenas ser essa pessoa √© castigo suficiente.

Crescimento pós-traumático

Enquanto todos nós já ouvimos falar Estresse pós-traumáticomuitos não ouviram falar crescimento pós-traumático. O crescimento pós-traumático é o crescimento pessoal que as pessoas experimentam na superação de experiências traumáticas.

Sim, essa experi√™ncia foi negativa em sua vida, mas n√£o deixe de ver como ela cresceu pessoalmente devido √†s m√°s experi√™ncias que superou. Uma maneira saud√°vel de aumentar a resili√™ncia e a for√ßa necess√°rias para prosperar ap√≥s o abuso √© procurar as li√ß√Ķes que voc√™ aprendeu e como desenvolveu pessoalmente. Veja como, apesar do que voc√™ passou, voc√™ se tornou mais forte, mais confiante e mais agradecido pelo que tem na vida. Fique do lado positivo.

Nota: Se você estiver interessado em receber meu boletim mensal gratuito em a psicologia do abuso. Envie seu endereço de e-mail para: (email protegido)

. (tagsToTranslate) estresse pós-traumático (t) crescimento pós-traumático (t) revestimento de prata (t) superação da traição (t) adultério (t) infidelidade (t) violência doméstica (t) vítima de crime (t) sistema legal (t) traição