contador gratuito Skip to content

Como lidar com funcionários difíceis

Dicas para lidar com funcionários difíceis

Toda a organização comercial é formada por colaboradores que têm as mais diversas personalidades. Pessoas com as mais variadas perfis de comportamento eles fazem parte da rotina diária das empresas em todo o mundo. Portanto, será absolutamente normal encontrar pessoas com comportamento considerado mais difícil de tratar. Neste artigo, mostraremos como lidar com funcionários difíceis de maneira eficaz. Continue lendo e saiba mais!

O que faz com que um funcionário tenha um comportamento difícil de lidar?

Existem v√°rias raz√Ķes pelas quais esses colaboradores t√™m esse tipo de comportamento. Fatores como treinamento e educa√ß√£o recebidos ao longo da vida, cren√ßas limitantes, experi√™ncias profissionais do passado contribuem para a constru√ß√£o desse tipo de comportamento.

Extrema competitividade, dramas exagerados, atos furiosos, demora Frequentes e indisciplinados s√£o alguns dos muitos comportamentos que os funcion√°rios dif√≠ceis exibem no ambiente de trabalho. Tais comportamentos geram v√°rios dist√ļrbios e podem at√© comprometer o desempenho de outros colaboradores.

Cabe aos gerentes e líderes encontrar maneiras eficazes de lidar com esses funcionários difíceis. Mas como podemos enfrentar essa situação com segurança e eficácia?

7 dicas poderosas para lidar com funcionários difíceis

Para ajudar nessa tarefa, querida pessoa, preparei algumas dicas poderosas que contribuir√£o positivamente para esse processo. Vamos l√°?

1 – N√£o rotule colaboradores

Quando encontramos um funcionário difícil, caímos facilmente na armadilha da etiqueta. E digo que é uma armadilha porque, quando rotulamos o colaborador como alguém difícil, nervoso, estressado, entre outros adjetivos, dificilmente conseguimos identificar os avanços e mudanças comportamentais que esse colaborador pode ter. Outra desvantagem é que rotular os funcionários como difíceis dificulta o comportamento difícil de outros colaboradores. Portanto, veja o comportamento como prejudicial não apenas para a empresa, mas também para o parceiro em questão. Encare isso como uma pergunta que pode ser resolvida e curada.

2 – Cuidado com fofocas e rumores

Porque √© algo que envolve outros colaboradores, gerentes e l√≠deres precisam estar atentos a quem fala sobre comportamentos considerados dif√≠ceis. Situa√ß√Ķes como essas podem ser fruto de fofocas. Portanto, antes de tomar as devidas medidas, fa√ßa uma investiga√ß√£o detalhada e completa do comportamento. Voc√™ n√£o est√° lidando com o que n√£o sabe, pois isso pode causar grandes perturba√ß√Ķes no futuro.

3 РO comportamento inadequado não é um vilão

Antes de tomar qualquer iniciativa para resolver o problema relacionado ao comportamento inadequado, √© importante saber que voc√™ n√£o deve ser tratado como um vil√£o. Ele deve ser resolvido, n√£o combatido. Da√≠ a import√Ęncia de ter informa√ß√Ķes precisas sobre o comportamento. Muitas vezes, lidar com funcion√°rios dif√≠ceis significa lidar com pessoas que est√£o em uma fase delicada em n√≠vel pessoal (doen√ßa de entes queridos, crise nos relacionamentos, crise financeira). Pode at√© ser o resultado de desmotiva√ß√£o profissional ou problemas de relacionamento com outros colegas de trabalho (como piadas inapropriadas, coment√°rios preconcebidos, por exemplo). Portanto, mantenha o foco no comportamento e encontre solu√ß√Ķes para lidar com ele da melhor maneira poss√≠vel.

4 – Encontre solu√ß√Ķes com o funcion√°rio

Para que sejam solu√ß√Ķes verdadeiramente eficazes e corretas, √© essencial que o funcion√°rio dif√≠cil fa√ßa parte desse processo. D√™ a ele a oportunidade de pensar e encontrar solu√ß√Ķes para o comportamento em quest√£o. Isso far√° com que ele se comprometa ainda mais com a melhoria em si, garantindo assim a efic√°cia da resolu√ß√£o do problema.

5 – N√£o acredite em resultados imediatos

√Č essencial que voc√™ saiba que os comportamentos – adequados ou inadequados – n√£o surgem de um dia para o outro e tamb√©m n√£o ser√£o alterados t√£o rapidamente. Portanto, seja paciente para resolver o problema. Outra dica importante: n√£o tenha medo de lidar com funcion√°rios dif√≠ceis em outros momentos. Voc√™ pode ter outros colaboradores na mesma situa√ß√£o.

6 РReconheça quando não é sua responsabilidade lidar com a situação

Muitas vezes, o comportamento inadequado √© resultado de um dist√ļrbio de sa√ļde ou psicol√≥gico. Casos como esses precisam de apoio profissional e, portanto, qualquer iniciativa por parte da ger√™ncia ou da empresa pode ser meramente paliativa. Em certos casos, iniciativas para abordar o comportamento inadequado por parte de um funcion√°rio dif√≠cil podem se tornar gatilhos para a√ß√Ķes mais agressivas e perigosas. Nesse caso, o correto √© incentivar o colaborador a procurar ajuda de profissionais especializados.

7 – Reconhecer quando n√£o h√° mais o que fazer

T√£o importante quanto reconhecer o problema √© entender que nada mais pode ser feito. No final, o comportamento inadequado n√£o √© algo que depende exclusivamente de gerentes e l√≠deres a serem resolvidos. Depende do comprometimento do funcion√°rio e de v√°rios outros aspectos. Solu√ß√Ķes de comportamento podem causar algum impacto negativo no equipamento, por exemplo. Se n√£o houver progresso nas iniciativas e medidas de gerenciamento, e lidar com funcion√°rios dif√≠ceis se tornar um pouco insustent√°vel, verifique as pol√≠ticas de fechamento da empresa e inicie o fechamento de funcion√°rios.

Espero que essas dicas contribuam positivamente para sua capacidade de lidar com funcion√°rios dif√≠ceis. Diga-me, querida: como voc√™ lida com essas situa√ß√Ķes na sua empresa? Utilize o espa√ßo abaixo para nos contar sobre sua experi√™ncia e sua opini√£o sobre o assunto. Se esse conte√ļdo o ajudou de maneira positiva e voc√™ acha que ajudar√° outras pessoas, corte e compartilhe em suas redes sociais.

Direitos autorais: 397094602 – https://www.shutterstock.com/es/g/antonioguillem