contador gratuito Skip to content

Como criar um plano de segurança para suicídios

Como criar um plano de segurança para suicídios

Um plano de segurança contra suicĂ­dio Ă© um conjunto escrito de instruçÔes que vocĂȘ cria como plano de contingĂȘncia, caso comece a ter pensamentos sobre se machucar. Ele conterĂĄ uma sĂ©rie de etapas progressivas que vocĂȘ seguirĂĄ, progredindo de uma etapa para outra atĂ© ter certeza.

Se vocĂȘ tem depressĂŁo, independentemente de ter sido diagnosticado ou nĂŁo por um profissional de saĂșde, existe um risco muito real de que, em algum momento do curso da doença, vocĂȘ possa ter pensamentos suicidas. Embora a dor emocional que causou esses pensamentos possa parecer esmagadora, isso nĂŁo significa que vocĂȘ perderĂĄ o controle ou agirĂĄ sobre seus pensamentos.

De fato, ter um plano de segurança contra suicĂ­dios Ă© um mĂ©todo que vocĂȘ pode usar para lidar com seus maus sentimentos atĂ© que as circunstĂąncias mudem.

Dicas para criar um plano de segurança contra suicídios

VocĂȘ deve trabalhar em conjunto com alguĂ©m de sua confiança, como seu melhor amigo, parente prĂłximo ou seu mĂ©dico ou terapeuta, para desenvolver seu plano de segurança contra suicĂ­dios. É melhor envolver essas pessoas, pois vocĂȘ provavelmente precisarĂĄ chamĂĄ-las se decidir executar seu plano.

Tente criar o plano enquanto se sente bem e capaz de pensar com clareza, em vez de esperar atĂ© que vocĂȘ seja ativamente suicida. Coloque seu plano de segurança contra suicĂ­dio por escrito e mantenha-o em um local onde possa encontrĂĄ-lo facilmente, se necessĂĄrio.

InformaçÔes a serem incluídas em um plano de segurança contra suicídios.

Seu plano de segurança contra suicĂ­dios deve incluir vĂĄrias etapas e deve ser escrito na ordem apresentada abaixo. Um exemplo de cada etapa Ă© fornecido para ajudĂĄ-lo a pensar sobre o que essa etapa significa para vocĂȘ.

Esclarecer quando o plano deve ser usado

O primeiro passo na criação do seu plano de segurança suicida Ă© familiarizar-se com os tipos de situaçÔes, imagens, pensamentos, sentimentos e comportamentos que podem preceder ou acompanhar seus impulsos suicidas. Liste esses sinais de aviso para consultĂĄ-los quando decidir se deseja ativar seu plano. TambĂ©m Ă© Ăștil familiarizar-se com alguns dos fatores de risco para o suicĂ­dio, para reconhecer esses sinais de alerta, se estiverem presentes.

Exemplos: “Quando me sinto suicida, costumo me isolar e nĂŁo cuidar da minha saĂșde”. Ou: “Pensamentos suicidas sĂŁo frequentemente desencadeados quando me lembro dos meus abusos na infĂąncia”.

O que vocĂȘ pode fazer para se acalmar / se consolar se se sentir suicida?

Crie uma lista de atividades que podem ser tranquilizadoras quando vocĂȘ estiver com raiva. Se vocĂȘ nĂŁo consegue pensar em exemplos de imediato, convĂ©m pensar e experimentar alguns dos mĂ©todos mente-corpo que ajudaram outras pessoas. Ou dĂȘ uma olhada em diferentes maneiras de reduzir o estresse e verificar se algum desses mĂ©todos pode ser Ăștil.

Exemplos: Tome um banho quente, ouça mĂșsica, exercite-se.

Quais são as suas razÔes para viver?

Crie uma lista dos seus motivos de vida. Quando vocĂȘ se sente suicida, Ă© muito fĂĄcil se envolver com a dor que sente e esquecer os aspectos positivos de sua vida. Sua lista ajudarĂĄ vocĂȘ a concentrar sua atenção em razĂ”es para continuar atĂ© que seus pensamentos e sentimentos suicidas passem.

Algumas pessoas com ou sem depressĂŁo acham Ăștil manter um diĂĄrio de gratidĂŁo. Se vocĂȘ se suicida, olhar o que escreveu pode ajudĂĄ-lo a se concentrar nos aspectos positivos de sua vida atĂ© que os sentimentos passem.

Exemplos: Meus filhos, minha esposa, meu cachorro, minha fé em Deus.

Mantenha uma lista de contatos com os quais vocĂȘ pode conversar se nĂŁo puder se distrair com as medidas de auto-ajuda. Faça uma lista de nomes, nĂșmeros de telefone ou outras informaçÔes de contato e verifique se possui backups, caso sua primeira ou duas opçÔes nĂŁo estejam disponĂ­veis.

Exemplos: Seu parceiro, amigos, parentes, pastor.

Com quem vocĂȘ pode conversar se precisar de assistĂȘncia profissional?

Crie uma lista de todos os recursos profissionais disponĂ­veis, juntamente com seus nĂșmeros de telefone, endereços de email e outras informaçÔes de contato relevantes. Este tambĂ©m Ă© um bom lugar para manter um nĂșmero para uma linha direta de crise.

Se vocĂȘ ainda nĂŁo viu um profissional de saĂșde mental, reserve um momento para aprender sobre os diferentes tipos de terapeutas que cuidam de pessoas com depressĂŁo e marque uma consulta hoje.

Guia de DiscussĂŁo sobre DepressĂŁo

Obtenha nosso guia para impressão para ajudå-lo a fazer as perguntas certas na sua próxima consulta médica.

Exemplos: Seu psiquiatra, seu terapeuta, uma linha direta de crise.

Como vocĂȘ pode tornar seu ambiente seguro?

Planeje quais etapas vocĂȘ pode executar para ter certeza. Isso pode envolver a remoção ou a proteção de qualquer item que vocĂȘ possa usar para se machucar ou ir para outro local atĂ© que as emergĂȘncias tenham passado. TambĂ©m pode envolver a participação de outra pessoa para ajudĂĄ-lo.

Exemplos: “Quando me sentir suicida, pedirei ao meu irmĂŁo que guarde minhas armas em casa.” Ou: “Quando sentir vontade de me machucar, irei a um local pĂșblico, como um shopping, um restaurante ou uma biblioteca para me distrair”.

O que vocĂȘ pode fazer se ainda nĂŁo se sentir seguro?

Se todas as outras etapas nĂŁo permitirem que vocĂȘ se sinta seguro, vĂĄ ao pronto-socorro do hospital mais prĂłximo e peça assistĂȘncia. Salve o nome, endereço e instruçÔes no hospital em seu plano para facilitar o acesso ou salve-o no seu GPS.

Se vocĂȘ acha que nĂŁo pode chegar ao hospital com segurança por conta prĂłpria, ligue para o 911 ou o nĂșmero de contato de emergĂȘncia do local onde mora e peça para ser transferido para o hospital.

O que fazer se um amigo for suicida

Muitas pessoas com depressĂŁo tĂȘm amigos que enfrentam desafios semelhantes. Pode ser um amigo que vocĂȘ conheceu em um grupo de apoio Ă  depressĂŁo ou apenas um amigo ou membro da famĂ­lia que vocĂȘ conhece hĂĄ muito tempo. Afinal, a depressĂŁo Ă© muito comum.

Depois de concluir seu prĂłprio plano de segurança, incentive outras pessoas que estĂŁo lidando com a depressĂŁo a criar um plano tambĂ©m. Se vocĂȘ tem um amigo que Ă© suicida, confira estas dicas das principais organizaçÔes de prevenção de suicĂ­dio sobre o que fazer quando um amigo Ă© suicida.

Como usar seu plano de segurança contra suicídios

Se vocĂȘ começar a sentir algum dos sinais de aviso de suicĂ­dio listados em seu plano de segurança, siga as etapas descritas uma a uma atĂ© sentir-se seguro novamente. Uma exceção seria se vocĂȘ se sentir fora de controle e estiver pensando fortemente em suicĂ­dio. Nesse caso, Ă© melhor ligar para um amigo de confiança que possa estar com vocĂȘ imediatamente ou pelo telefone 911.

Embora vocĂȘ provavelmente tenha seu plano de segurança suicida em sua casa, agora existem aplicativos de plano de segurança para smartphones que vocĂȘ pode levar para qualquer lugar. Esses aplicativos podem ser particularmente Ășteis para pessoas mais jovens e aquelas em regiĂ”es onde faltam opçÔes de apoio ao suicĂ­dio. No momento, no entanto, faltam informaçÔes sobre a utilidade desses aplicativos e alguns aplicativos contĂȘm conteĂșdo potencialmente perigoso.

Planos como “Safety-Net” parecem ser mais abrangentes, mas Ă© importante conversar com seu profissional de saĂșde mental para saber se eles recomendam uma dessas aplicaçÔes e, em caso afirmativo, qual vocĂȘ acha melhor.