Psicologia

Canetas para estudantes História de Jesus, maconha; O professor renuncia

Canetas para estudantes História de Jesus, maconha; O professor renuncia

OUm professor do Novo México descobriu da maneira mais difícil que, quando se trata de religião, as pessoas não mexem.

Quando Katrina Guarascio atribuiu à classe eletiva do ensino médio a tarefa de atualizar um conto de fadas ou lenda em outubro, ela provavelmente não achou que perderia o emprego por causa disso. Aparentemente, foi o que aconteceu com a professora de redação criativa, quando uma de suas alunas decidiu pegar uma figura religiosa proeminente e colocar um baseado na mão, informa o New York Daily News.

Foi isso que aconteceu. Todos nós ouvimos a história bíblica de Jesus, o pão e o peixe. Caso você não tenha, a história é a seguinte: Jesus precisa alimentar toneladas de gente faminta com apenas cinco pães e dois peixes. Como ele é Jesus, é claro que consegue e ninguém sai com fome.

Para a tarefa, um aluno da turma de Guarascio pegou essa história e mudou a fome de doente e a comida de maconha medicinal. O instrutor não se ofendeu (já que o objetivo da aula era que as crianças se expressassem). Uma vez que cumpriu os critérios do trabalho, uma nota deveria ter sido o seu final, certo?

Errado.

Outro aluno se ofendeu com a história e, mais tarde em casa, reclamou com mamãe e papai. Esses pais se viraram e levaram a reclamação para a escola Рe a escola de Rio Rancho colocou Guarascio em licença por três semanas para investigar.

No dia anterior ao Dia de A√ß√£o de Gra√ßas, Guarascio teria tido a op√ß√£o de mudar de comportamento ou demitir-se. Ela escolheu o √ļltimo em 3 de dezembro.

Embora n√£o esteja claro se foi o elemento Jesus, a maconha ou o Jesus com maconha da hist√≥ria em quest√£o, est√° claro que a maioria ou os usu√°rios an√īnimos da Internet est√£o apoiando Guarascio e citando a Primeira Emenda.

No KOAT Albuquerque, a esta√ß√£o de TV local da regi√£o, a 1stGenAmerican escreveu: ¬ęPor que esse professor foi colocado em licen√ßa administrativa? Ela n√£o fez nada de errado. O aluno que escreveu a hist√≥ria estava expressando sua liberdade de express√£o.

A escola, no entanto, enfatizou que a liberdade de expressão de ninguém foi violada e que Guarascio escolheu renunciar.

Voc√™ acha que o √ļnico “crime” desta professora estava permitindo que seus alunos se expressassem? Ou essa hist√≥ria foi inadequada?

Back to top button

Bloco de an√ļncios detectado

Você deve remover seu AD BLOCKER para continuar usando nosso site OBRIGADO