As irm√£s est√£o entre os principais volunt√°rios jovens de Michigan

As irm√£s est√£o entre os principais volunt√°rios jovens de Michigan

As irm√£s est√£o entre os principais volunt√°rios jovens de Michigan

A história de Abigail e Lilly Diuble começa com um desastre, um desastre natural, para ser específico. Em 23 de junho de 2015, um tornado atingiu sua casa em Manchester. Agora, dos escombros, as irmãs adolescentes emergiram como duas das principais voluntárias jovens de Michigan.

O evento foi especialmente traum√°tico para Lilly, 15, que nasceu com defici√™ncia auditiva e visual. “Esse foi provavelmente o momento mais assustador da minha vida”, diz ela.

Como Lilly n√£o dorme com seu aparelho auditivo, acord√°-la naquela noite em meio ao caos foi um desafio para a m√£e deles, Angela. “Realmente percebemos naquele tempo, segundos contados literalmente”, diz Abigail, 13 anos.

Isso a inspirou a criar a Diuble Family Vision, sem fins lucrativos. Seu objetivo? Fornecer sistemas de alarme KA300 da marca Krown a outras pessoas com problemas auditivos. Esses dispositivos para sacudir a cama, que detectam monóxido de carbono, fumaça e fogo, despertam as pessoas durante emergências. Até agora, eles distribuíram três para crianças de Manchester, sem nenhum custo para suas famílias.

A Lilly também tem uma causa forte. Desde 2010, ela levantou mais de US $ 150.000 para a Fundação Fighting Blindness. O dinheiro é destinado a pesquisas para restauração da visão, prevenção e tratamento da cegueira.

Por seus esfor√ßos, as irm√£s estavam entre as sete crian√ßas de Michigan homenageadas no 2017 Governor’s Service Awards. Foram 49 vencedores no total.

Abigail, que também gosta de voleibol e canoagem, espera expandir seu projeto e tem como objetivo ser dermatologista ou veterinária. Lilly, que toca flauta e participa de um corpo de bandeira, tem como objetivo estudar direito.

Para outras crian√ßas que querem se envolver, diz Lilly, comece pequeno. “Encontre uma maneira de ajudar e apenas role com ela.” E, acrescenta Abigail, acredite. “Qualquer um e todos podem fazer a diferen√ßa no mundo.”