Ajudando seu adolescente deprimido
Sa√ļde

Ajudando seu adolescente deprimido

Ajudando seu adolescente deprimido

Os adolescentes deprimidos geralmente experimentam uma grande dor emocional e às vezes física, mas muitas vezes não têm idéia do que fazer para se sentir melhor. Os pais geralmente estão na melhor posição para se encarregarem de obter ajuda inicial para um adolescente deprimido. Aqui está como saber quando procurar ajuda profissional.

Quando procurar ajuda profissional para um adolescente deprimido

Identificar a depress√£o adolescente pode ser dif√≠cil porque n√£o se manifesta necessariamente em todos os aspectos da vida de um adolescente e pode ser epis√≥dico, aparentemente indo e vindo. Mas a depress√£o na adolesc√™ncia geralmente √© grave. √Č um erro esperar e esperar que a depress√£o melhore sozinha, como geralmente n√£o. A depress√£o n√£o tratada pode levar a outros problemas graves, como abuso de subst√Ęncias, problemas de comportamento e dificuldades em superar doen√ßas graves.

Ent√£o, quando √© o momento certo de procurar ajuda para uma poss√≠vel depress√£o em um adolescente? Um guia a ser usado √© o seguinte: se o adolescente tiver altera√ß√Ķes significativas de humor, comportamento ou personalidade que duram mais de algumas semanas, √© uma boa ideia procurar ajuda profissional para tentar determinar o motivo por tr√°s dessas altera√ß√Ķes.

Pode n√£o ser depress√£o, mas qualquer mudan√ßa a longo prazo no funcionamento do seu filho sugere um problema s√©rio que precisa ser identificado e tratado. √Č sempre melhor agir com cautela quando existe a possibilidade de depress√£o na adolesc√™ncia, pois ela pode piorar e at√© levar ao suic√≠dio.

Como avaliar seu filho adolescente

O primeiro passo para ajudar um adolescente com sintomas de depress√£o √© uma avalia√ß√£o completa por um profissional. Esta etapa crucial ajuda a fornecer informa√ß√Ķes valiosas sobre se seu filho est√° sofrendo de depress√£o, a gravidade do problema e as op√ß√Ķes de tratamento que provavelmente ser√£o as mais eficazes.

Dependendo dos recursos dispon√≠veis e do tempo necess√°rio para agendar uma consulta inicial, agende uma avalia√ß√£o para seu filho adolescente com seu m√©dico ou um profissional de sa√ļde mental especializado em ajudar adolescentes.

Op√ß√Ķes de avalia√ß√£o para seu filho adolescente

  • Um m√©dico pode solicitar exames de sangue, revisar hist√≥rico familiar, avaliar medicamentos atuais, padr√Ķes de sono e dieta, em um esfor√ßo para determinar se existe uma causa f√≠sica para a depress√£o.
  • Um terapeuta individual especializado no tratamento de adolescentes pode avaliar os sintomas com base na conversa com o adolescente e seus familiares. Essas informa√ß√Ķes ajudam a apontar como fazer recomenda√ß√Ķes espec√≠ficas para as pr√≥ximas etapas que provavelmente ser√£o ben√©ficas para seu filho.
  • Uma avalia√ß√£o psicol√≥gica ou teste psicol√≥gico, conclu√≠da por um psic√≥logo durante v√°rias sess√Ķes, fornece informa√ß√Ķes abrangentes sobre a gravidade e natureza dos sintomas, fatores contribuintes e poss√≠vel presen√ßa de idea√ß√£o suicida. Essa op√ß√£o √© mais adequada para casos em que o diagn√≥stico n√£o √© claro.

As informa√ß√Ķes reveladas sobre os sintomas do seu adolescente na avalia√ß√£o, al√©m das recomenda√ß√Ķes do profissional que o administra, facilitar√£o a determina√ß√£o dos pr√≥ximos passos a serem seguidos.

Tratamentos para depress√£o adolescente

A depress√£o na adolesc√™ncia pode ser tratada com rem√©dios, psicoterapia ou uma combina√ß√£o de ambos. Seu profissional de sa√ļde mental ajudar√° voc√™ e seu filho adolescente a decidir sobre um plano de tratamento individual. Se seu filho √© suicida, ele pode precisar ser hospitalizado.

Como você pode ajudar

Se o seu filho adolescente é diagnosticado com depressão, existem maneiras de ajudá-lo. Aprenda sobre depressão para ter uma idéia melhor do que seu filho está passando. Esteja disponível para ouvir e incentivar seu filho a conversar com você sobre qualquer coisa que possa estar incomodando-o. Apoie as rotinas diárias de seu filho, como tomar remédios e alimentação saudável, e verifique se sua casa é um lugar seguro e reconfortante.