A diferença entre ética e moral e a aplicação no ambiente de negócios

ética

Ética no ambiente de negócios. Conheça as principais características

Os termos "ética" e "moral" podem ser facilmente confundidos, mas no artigo de hoje vamos mostrar que eles não têm o mesmo significado. Ambos são baseados em princípios, crenças e valores que levam aos comportamentos aplicados em todas as situações de uma sociedade e, portanto, da empresa que está inserida nela. Continue lendo o texto para saber mais!

A importância da cultura organizacional

A formação da idéia do que é ético e moral dentro de uma empresa começa com o que a sociedade em que está inserida considera ética e moral. Portanto, uma corporação fundada no Brasil e outra na Turquia terão diferentes reflexões sobre muitos princípios. O objetivo aqui não é dizer quem está certo ou errado, mas mostrar que as organizações se comportam de maneira diferente por causa do ambiente ao seu redor.

Para dar segurança às decisões e procedimentos dos colaboradores, a organização deve criar um documento muito importante chamado Código de conduta, em que terá pontos muito importantes, como o que é ético e o que é moral na visão da empresa e da comunidade; quais são o código de vestimenta básico; quais comportamentos não são aceitos; e outros tópicos.

É essencial lembrar que esse conjunto de regras, regulamentos, rotinas e controles também se baseia nos objetivos da empresa. Uma agência de publicidade pode não exigir um tipo específico de código, mas a indústria farmacêutica exige. Da mesma forma que essas duas empresas podem exigir que todos os funcionários respeitem as escolhas sexuais um do outro.

O Código de Conduta ajuda a construir a cultura organizacional da corporação, portanto não deve ficar estagnado. Como regra geral, é obrigatório que as áreas responsáveis ​​analisem. No final, como disse o filósofo grego Heráclito de Éfeso: "Ninguém pode entrar no mesmo rio duas vezes, porque quando alguém entra novamente, as mesmas águas não são encontradas e o ser já foi modificado.

Promover uma cultura organizacional baseada nos princípios defendidos pela empresa é a maneira mais eficaz de estabelecer um padrão de comportamento ideal, que deve ser adotado por todos os que fazem parte da organização.

É essencial que o colaborador tenha conhecimento dos valores e princípios da empresa, a partir do momento de sua aprovação no processo de seleção. Você deve declarar, por meio de um contrato, que possui conhecimento, concorda e se compromete a direcionar suas diretrizes de conduta nessas diretrizes.

Este documento também deve ser assinado por parceiros, fornecedores, acionistas e todas as partes relacionadas à empresa e influenciar os resultados de alguma forma. Com tudo partes interessadas alinham, evitam possíveis conflitos e, principalmente, alinham procedimentos, acelerando a consecução dos objetivos organizacionais.

O que é ético e moral no Código de Conduta

A moral está relacionada à obediência às regras do Código de Conduta de uma empresa, enquanto a ética, no contexto organizacional, refere-se ao profissional que exerce suas atividades de acordo com os princípios estipulados pelo empregador. É importante destacar que a ética pode variar de acordo com a profissão e a área de atuação, embora existam fatores universais aplicáveis ​​em situações gerais, como responsabilidade, comprometimento, honestidade, entre outros.

Todos os membros de uma empresa desempenham um papel importante, independentemente de seu nível hierárquico, e seus poderes têm um impacto direto nos resultados da organização. Portanto, as decisões e atitudes que o colaborador toma devem se basear na ética e na moral compartilhadas, para que suas ações estejam de acordo com o esperado.

Nunca esqueça que você é a representação da sua empresa. Assim, suas atitudes devem ser as mesmas que a empresa adotaria. É uma questão de consciência e responsabilidade, juntamente com os valores e objetivos da empresa. Fique atento a seus comportamentos dentro e fora da empresa, especialmente quando você estiver representando.

Coaching como um processo transformador

a Treinamento está mudando vidas em todo o mundo de uma maneira positiva. Para se ter uma idéia, o método movimenta US $ 2,3 bilhões pelo planeta Terra. Incrível, não é? E, claro, não está à vista! O coaching é uma ferramenta poderosa capaz de trazer à tona o que há de melhor em você. Assim, você pode ser sua versão mais poderosa na vida pessoal e profissional.

No Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), existem excelentes treinamentos que podem elevar você ao seu nível máximo. Isso se aplica a todos os tipos de profissionais, incluindo aqueles que estão no processo de construção do Código de Conduta da empresa em que trabalham. O curso de Consultor de Análise Comportamental é uma ótima maneira de procurar entender como os funcionários se comportam, como a corporação deseja que eles sejam e como conectar todos esses pontos de maneira saudável.

Com uma carga rápida e ao mesmo tempo profunda, o conteúdo do treinamento é baseado em pesquisas e estudos comportamentais que estudam o perfil cultural do brasileiro. São aulas teórico-práticas nas quais você terá domínio completo da Teoria dos Perfis de Comportamento e ainda utilizará um método testado e aprovado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Fumsoft e Finep.

Como se não bastasse, você terá uma oportunidade real de desenvolver seu processo de gerenciamento; potencialize seus processos de coaching; aprender a promover melhorias nas relações interpessoais dos funcionários, contribuindo para um bom clima organizacional; aprender a implementar a cultura organizacional da empresa; exercer autoconhecimento, autodesenvolvimento e inteligência emocional; é muito mais

Tudo isso contribuirá fortemente no planejamento do Código de Conduta e também nos argumentos para defendê-lo. Além disso, após esse treinamento, você será um consultor de análise comportamental capaz de usar todas as ferramentas de treinamento para contratar novos trabalhadores. Seu novo conhecimento será essencial para otimizar os processos de recrutamento e seleção para obter resultados assertivos; proporcionar mais produtividade e agilidade ao setor; desenvolver e otimizar os resultados das áreas de treinamento e desenvolvimento; e entender melhor como candidatos e colaboradores criam seus objetivos e regras pessoais. Incrível como treinar, como maximizar não apenas a pessoa que passa pelas sessões, mas todos ao seu redor, certo?

Sem mencionar que você será um funcionário com mais capacidade de entender melhor você e seu vizinho. Com certeza, seu desempenho profissional será aperfeiçoado e sua conduta pessoal mais admirada. Não entre em pânico se começar a ver mudanças rapidamente, pois elas ocorrerão a curto, médio e longo prazo.

Agora é sua vez! Que tal começar a mudar suas atitudes e dar a oportunidade de continuar sua educação? Pense em como isso mudará profissional e pessoalmente e como reverterá para situações positivas nesses dois universos para você e para quem está ao seu redor.

Diga a ele o que encontrou do vídeo e do artigo nos comentários! Aproveite para compartilhar o texto em suas redes sociais.

Direitos autorais: 697660129 – https://www.shutterstock.com/en/g/kritchanut