Psicologia

7 mostra meu marido e eu binge-watch com nosso adolescente

7 mostra meu marido e eu binge-watch com nosso adolescente

O dia √© longo e cheio de coisas para fazer, coisas para fazer e menos tempo juntos do que passamos desde antes de minha filha ser um embri√£o pequenino, do tamanho de uma framboesa, no meu √ļtero. Parece que a cada momento que ela cresce, ela tamb√©m se afasta de n√≥s. Apesar de nossas lutas sobre guarda-roupa, escolhas alimentares, dever de casa e tarefas, adoramos o tempo que passamos com nossa filha adolescente e ficamos tristes com a maneira como um dia diminuir√° os telefonemas e as visitas de f√©rias.

Por enquanto, há um tempo antes de dormir, onde, terminado com os dias de folga, irmãozinho escondido em segurança na cama, nossa filha adolescente se junta a nós no sofá durante a hora da Netflix. Nosso tempo de assistir compulsivamente é uma zona livre de julgamento, onde nos conectamos, comemos sobremesa, conversamos sobre os shows e, ocasionalmente, quando ela nos permite, nos aconchegamos.

Um grande t√≥pico sobre resfriador de √°gua e linha de carona que surge com frequ√™ncia entre os pais √© o que seus filhos assistem? Eu costumo ficar quieto, pois √© um t√≥pico bastante subjetivo. Por exemplo, minha filha gosta A corrida maravilhosa mas odeia reality shows. Ela gosta de com√©dias divertidas e inteligentes, mas odeia programas sobre relacionamentos. Gra√ßas a Deus ela est√° al√©m dos dias dos shows da Disney e da Nickelodeon, que tratam de namoro, fam√≠lias sendo desagrad√°veis ‚Äč‚Äčumas com as outras, ou banalmente, exagerando nas tramas. Sinto muito se ofendi voc√™ com essa avalia√ß√£o, mas estou assumindo que se voc√™ tem idade suficiente para ler isso, voc√™ concorda comigo.

Aqui está a nossa fila, os programas que todos nós gostamos de meninas de 15 anos incluem:

1 Médico Quem

Sou um √°vido f√£ de fic√ß√£o cient√≠fica com um profundo e constante amor por tudo o que Douglas Adams e Steven Moffat. Enquanto minha filha n√£o ficou longe com Adams Guia do Mochileiro das Gal√°xias (ainda h√° tempo) e eu n√£o a apresentaria √† minha Brit-com favorita, Acoplamento, escrito por Moffat, ainda assim, n√≥s a envolvemos no programa em que eles eram os roteiristas principais em um ponto da s√©rie de longa dura√ß√£o. Ela ama a loucura estranha, o di√°logo divertido e √°gil, as refer√™ncias liter√°rias inteligentes e as quest√Ķes metaf√≠sicas do continuum espa√ßo-tempo. N√£o doeu que seu primeiro m√©dico fosse o ador√°vel David Tennant e que havia muito pouco, se √© que houve algum beijo. Marque um para a m√£e nerd.

2) Gilmore Girls

Um programa sobre uma dupla m√£e-filha de cidade pequena, de fala r√°pida, com um √≥timo relacionamento, foi uma vit√≥ria f√°cil para n√≥s. Eu juro que nossos di√°logos entre pais e filhos se tornaram mais din√Ęmicos e engra√ßados desde que come√ßamos a assistir o programa. Estavam apenas na segunda temporada, mas at√© agora nenhum de n√≥s pode imaginar se cansar da cidade onde, no fundo, todo mundo √© uma pessoa boa e gentil, at√© os criadores de problemas, e nada tamb√©m Parece ruim acontecer, mas ainda h√° tens√£o suficiente para manter o programa em andamento.

3) 30 Rock

Outro exemplo inventivo, com uma forte lideran√ßa feminina, 30 Rock tem um √≥timo elenco de atores, enredos inteligentes e personagens divertidos. √Č uma √≥tima escapada de meia hora, especialmente quando vista depois de uma cena particularmente assustadora Doutor quem epis√≥dio!

4) Como conheci sua m√£e

Fiquei surpreso que nossa filha tenha assistido a esse programa t√£o rapidamente, j√° que se tratava de vinte e poucos profissionais morando na cidade de Nova York, mas meus instintos de maridos estavam no mesmo lugar. Nossa filha foi atra√≠da pela escrita limpa, tramas intricadas e personagens bem desenhados. B√īnus: eu gosto de ter piadas internas com ela sobre a trompa azul, as obsess√Ķes do paintball e um abacaxi.

5) Teoria do Big Bang

Este pode surpreender muitos de vocês, mas nós o apoiamos. Eu sei, grande parte desse programa se concentra no sexo, mas a parte que não é tão inteligente e fala sobre ciência de uma maneira facilmente digerível. Meu lado nerd adora o fato de os personagens falarem sobre física, biologia e astronomia ao lado da cultura pop e dos quadrinhos, e eu também amo que ser desajeitado pode ser muito legal: uma ótima lição para um adolescente que entra no ensino médio para levar consigo.

6 Paternidade

Paternidade √© outro drama familiar. Gostamos do tratamento s√≥lido de v√°rias quest√Ķes como ra√ßa, autismo, ado√ß√£o, c√Ęncer e quest√Ķes de pais e filhos que parecem verdadeiras. Eles fornecem um excelente ponto de partida para discuss√Ķes sobre como as pessoas reagem em situa√ß√Ķes, como se tratam e o que cada um de n√≥s faria de maneira diferente nessas situa√ß√Ķes, sem o imediatismo de encontr√°-las na vida real. Embora tenha o potencial de ser um pouco pesado, realmente n√£o √©. E se estou sendo honesto aqui, √†s vezes, no meio de um dilema dos pais, sou conhecido por me perguntar: O que Adam Braverman faria?

7) Família moderna

Fam√≠lia moderna fornece uma vis√£o completamente diferente da din√Ęmica da fam√≠lia. Engra√ßado e inteligente, mas com personagens bem-arredondados e situa√ß√Ķes divertidas, na verdade assistimos a esse antes dos 8 anos de idade irem para a cama. Adoramos como trata casais do mesmo sexo, como todos os outros pais com problemas.

Men√ß√£o honrosa vai para Os vizinhos e Better Off Ted, dois shows inteligentes que terminaram cedo demais para assistir a compuls√Ķes s√©rias, mas deveriam ter durado anos!

Por√©m, est√°vamos ficando sem epis√≥dios e procurando novas sugest√Ķes. O que voc√™ assiste com seus filhos mais velhos?

Back to top button

Bloco de an√ļncios detectado

Você deve remover seu AD BLOCKER para continuar usando nosso site OBRIGADO