5 etapas para tornar o YouTube seguro para crianças

5 etapas para tornar o YouTube seguro para crianças

Crianças amor YouTube.De crianças coladas a clipes da Peppa Pig a adolescentes viciados em hackers de jogos, não é de surpreender que o YouTube seja o segundo site mais popular do mundo, garantindo que muitos pais tenham um ou dois viciados no YouTube e que seja vital tornar o YouTube seguro para as crianças.

Afinal, o site não deixa de ter seus problemas. As crianças geralmente encontram conteúdo inapropriado para a idade no aplicativo, e os relatórios sugerem que material obsceno ou abusivo pode estar a apenas um clique de distância. Como a NPR relatou no final de 2017, alguns vídeos ainda usam caracteres familiares para atingir crianças com conteúdo intencionalmente perturbador.

Embora o YouTube tenha divulgado esforços para limpar o conteúdo das crianças no site, o monitoramento do uso das crianças é deixado para os pais e não é uma tarefa fácil.

Então, como você pode manter seus filhos seguros enquanto eles navegam em seus canais favoritos? Além de ficar de olho no que eles estão assistindo ou melhor ainda, assistindo com eles, considere estas dicas. Tem algo a acrescentar? Conte-nos nos comentários.

1. Use o YouTube Kids

O YouTube Kids é voltado para crianças menores e oferece o que o site chama de “uma experiência on-line mais segura para crianças”.

É um aplicativo separado, disponível no Google Play e na App Store, e oferece recursos adequados para toda a família, como perfis de crianças, um temporizador e a capacidade de bloquear determinados vídeos ou desativar a “pesquisa”.

2. Verifique se você está conectado

Verifique se os dispositivos que seus filhos estão usando para assistir ao YouTube estão todos conectados a uma Conta do Google que você pode monitorar. Você pode até criar uma “conta familiar” para esse fim, sugere o Yahoo Finance. Em seguida, visite a guia “Histórico” para revisar regularmente o que seus filhos estão assistindo.

3. Use o “Modo restrito”

Você encontrará essa opção no menu de configurações. De acordo com o YouTube, “Modo restrito é uma configuração opcional que você pode usar para ajudar a filtrar conteúdo potencialmente maduro que você prefere não ver ou não quer que outras pessoas da sua família vejam”.

4. Visualize vídeos com antecedência para criar uma lista de reprodução segura

Se sua criança em idade pré-escolar adora o YouTube, mas não consegue navegar com segurança, dedique algum tempo a identificar vídeos apropriados e adicione-os a uma lista de reprodução para que eles fiquem facilmente acessíveis sem uma nova pesquisa.

Você também pode baixar um aplicativo como o Tube Playlist Finder, onde apenas as listas de reprodução são acessíveis, recomenda o Engadget.

5. Não permita o upload

As crianças podem enfrentar riscos ainda maiores no YouTube enviando seu próprio conteúdo. Além do risco de compartilhar informações de identificação com o mundo, alguns especialistas sugeriram que o YouTube pode levar ao assédio moral ou até a danos psicológicos.

Se você permitir que seu filho inicie um canal, considere estas dicas adicionais para tornar o YouTube seguro para crianças.

Esta postagem foi publicada originalmente em 2017 e é atualizada regularmente.