contador gratuito Skip to content

11 problemas comuns dos adolescentes e suas solu√ß√Ķes

Problemas adolescentes com imagens

Imagem: Shutterstock

Kevin, 14 anos, chegava atrasado da escola quase todos os dias. Ele também parecia irritadiço e distraído em casa. Ele deixou o cabelo crescer, fez mal na escola e comeu pouco. Quando sua mãe encontrou um cigarro na jaqueta, ela sabia que havia um problema.

A adolesc√™ncia √© a era da mudan√ßa. √Č um momento vulner√°vel em que as crian√ßas podem desenvolver h√°bitos n√£o saud√°veis ‚Äč‚Äčque se tornam problemas em sua vida adulta. Problemas de comportamento dos adolescentes, que s√£o bastante comuns, tamb√©m surgem durante esse per√≠odo, impossibilitando que os pais se comuniquem com seus filhos adolescentes.

MomJunction explica os principais problemas da adolescência e como você pode ajudar seus filhos a evitar ou sair deles.

Como lidar com problemas comuns da adolescência

A adolesc√™ncia n√£o √© uma √©poca f√°cil para crian√ßas ou pais. A √ļnica maneira de lidar com as necessidades e os problemas nessa idade √© conhec√™-los e estar preparado para enfrent√°-los. Aqui est√° nossa lista dos problemas mais comuns e suas solu√ß√Ķes com os quais os adolescentes precisam lidar.

1. Mudanças físicas

Mudanças físicas

Imagem: Shutterstock

Altera√ß√Ķes f√≠sicas ocorrem devido a altera√ß√Ķes nos n√≠veis hormonais na adolesc√™ncia.

  • Desenvolver seios cheios em meninas pode ser desconfort√°vel no come√ßo. As meninas podem come√ßar a se conscientizar de sua figura.
  • A mudan√ßa na voz e apar√™ncia dos p√™los faciais em crian√ßas √© talvez a mudan√ßa mais importante que ocorre durante a adolesc√™ncia.
  • A acne √© um dos principais problemas.
  • √Äs vezes, o ganho muscular leva ao excesso de peso corporal na adolesc√™ncia.
  • O crescimento dos pelos pubianos em meninas e meninos.
  • O odor corporal se torna evidente.
  • Garotas come√ßam a menstruar.

Solução:

A melhor maneira de ajudar seu filho a subir no palco é informá-lo dessas mudanças.

  • Explique que √© normal que o corpo mude √† medida que cada adolescente passa por ele!
  • Ajude-os a se adaptar a essas mudan√ßas, reconhe√ßa a mudan√ßa e ajude-os a aceit√°-la.
  • Deixe-os manter-se saud√°veis ‚Äč‚Äče em forma atrav√©s de uma dieta nutritiva e exerc√≠cios.

(Ler: Altera√ß√Ķes f√≠sicas durante a puberdade )

2. Mudanças e problemas emocionais

Os horm√īnios afetam seu filho n√£o apenas fisicamente, mas tamb√©m emocionalmente.

  • A adolesc√™ncia √© a idade entre a idade adulta e a inf√Ęncia. Os adolescentes geralmente ficam confusos sobre seu papel e divididos entre suas responsabilidades como adultos em crescimento e seus desejos quando crian√ßas.
  • Eles tendem a se sentir muito emocionais (culpar os horm√īnios). Quase tudo e qualquer coisa pode faz√™-los felizes, animados, loucos ou com raiva.
  • As adolescentes s√£o vulner√°veis ‚Äč‚Äčao choro.
  • Mudan√ßas de humor s√£o comuns entre meninos e meninas adolescentes.
  • Altera√ß√Ķes corporais resultam em autoconsci√™ncia.
  • As crian√ßas que atingem a puberdade mais cedo podem at√© se sentir desconfort√°veis.
  • Sentimentos de inferioridade ou superioridade podem surgir neste momento.
  • A adolesc√™ncia √© a idade em que sentimentos sexuais surgem nos jovens. Sentimentos e pensamentos sobre sexo podem desencadear um sentimento de culpa.

Solução:

A puberdade pode ser uma montanha-russa emocional. E isso √© normal. √Č assim que voc√™ pode ajudar seu filho a lidar com esses problemas emocionais da adolesc√™ncia.

  • Ajude-os a cuidar de si mesmos. Diga aos seus filhos que n√£o h√° problema em sentir o que sente.
  • Incentive-os a se exercitarem, pois a atividade f√≠sica ajuda a manter os n√≠veis de serotonina (cria bons sentimentos e felicidade).
  • Deixe eles falarem. Ou√ßa-os sem julgamento e evite dar conselhos quando n√£o estiver pronto.
  • Compartilhe suas experi√™ncias de puberdade ou deixe-as falar com um irm√£o mais velho que j√° passou pela mesma coisa. Ele enfatizar√° que n√£o h√° problema em se sentir como eles.
  • Desfrutar de uma atividade criativa pode ajud√°-los a canalizar suas emo√ß√Ķes.

(Ler: Problemas emocionais na adolescência )

3. Mudanças comportamentais

Emo√ß√Ķes esmagadoras podem levar a um comportamento impulsivo, que pode ser prejudicial ao seu filho e a outras pessoas. Principalmente, √© apenas o comportamento adolescente que durar√° at√© a adolesc√™ncia.

  • A adolesc√™ncia √© o momento em que as crian√ßas desenvolvem e exercem sua independ√™ncia. Isso pode levar ao questionamento das regras dos pais (visto como argumentativo) e √† defesa do que eles acreditam estar correto (visto como teimosia).
  • A mudan√ßa significativa no desenvolvimento do c√©rebro torna os adolescentes irritados, cansados ‚Äč‚Äče dif√≠ceis de gerenciar.
  • Os horm√īnios furiosos na adolesc√™ncia podem at√© pression√°-los a lidar fisicamente. Eles tamb√©m gostariam de ouvir m√ļsica no volume m√°ximo.
  • Como parte de sua rec√©m-descoberta independ√™ncia, os adolescentes tamb√©m podem tentar coisas novas e assumir riscos, resultando em comportamento descuidado.
  • √Äs vezes, a press√£o dos colegas e a necessidade de se encaixar podem fazer com que eles se comportem de uma certa maneira ou desenvolvam certos h√°bitos dif√≠ceis de quebrar.
  • Suas roupas de adolescente, penteado e senso de moda tamb√©m mudam, principalmente por algo que ela pode n√£o aprovar.
  • Talvez o comportamento mais problem√°tico seja seu filho saindo com crian√ßas problem√°ticas e se adaptando a um estilo de vida perigoso.
  • Mentir √© um dos problemas comuns de comportamento dos adolescentes. Os adolescentes podem mentir para evitar confrontos com os pais ou por medo.

Solução:

  • Problemas comportamentais na adolesc√™ncia podem dificultar a vida dos pais. Mas lembre-se de que √© uma fase passageira e √© completamente normal.
  • Ganhar a confian√ßa do seu filho √© importante se voc√™ quiser ajud√°-lo com problemas de comportamento. Converse com eles e ou√ßa o que eles t√™m a dizer. N√£o os julgue ou critique, pois isso pode piorar seu comportamento.
  • Deixe que eles saibam que voc√™ os ama do jeito que s√£o. Incentive-os a serem fi√©is a si mesmos e a n√£o adquirir uma personalidade apenas para agradar aos outros.
  • Lembre-se de que seu filho n√£o √© completamente independente no gerenciamento de suas emo√ß√Ķes e precisa de seu apoio. Ajude-o dizendo o que ele faz quando se sente triste, zangado, ciumento, etc. Voc√™ pode tentar essas solu√ß√Ķes para sair de seus pr√≥prios problemas emocionais.
  • Voc√™ ter√° que intervir se os vir caindo em m√°s companhias. Lembre-se de que os adolescentes s√£o sens√≠veis e podem n√£o receber boas cr√≠ticas.

(Ler: Menino de vontade forte )

4. Uso e abuso de subst√Ęncias

Os adolescentes s√£o vulner√°veis ‚Äč‚Äče podem ser facilmente influenciados pelo lado errado. O abuso de subst√Ęncias √© um dos maiores problemas que os pais de adolescentes de todo o mundo precisam enfrentar.

  • A press√£o dos colegas √© um dos fatores importantes que levam os adolescentes a fumar, beber ou usar drogas.
  • A tend√™ncia a correr riscos encoraja a maioria dos adolescentes a tentar fumar ou beber antes mesmo de atingirem a maioridade.
  • O que pode come√ßar como uma emo√ß√£o pode se tornar um h√°bito, se n√£o for controlado.
  • Se houver algu√©m que fuma ou bebe em casa, ele pode se tornar seu modelo na adolesc√™ncia.
  • A baixa auto-estima e a necessidade de manter a calma podem levar os adolescentes a fumar ou beber.
  • O f√°cil acesso a subst√Ęncias como cigarro, √°lcool, drogas e ester√≥ides anabolizantes pode aumentar a tenta√ß√£o de experimentar subst√Ęncias il√≠citas.

Solução:

  • Monitore o comportamento do seu filho. Procure comportamentos irregulares e mudan√ßas no apetite, nos padr√Ķes de sono e no humor.
  • N√£o os espie ou os acuse de qualquer crime. Incentive-os a falar e ser honesto. Diga a eles quais s√£o suas preocupa√ß√Ķes e discuta o problema com elas.
  • Se seu filho n√£o estiver disposto a conversar com voc√™, os m√©dicos poder√£o fazer perguntas confidenciais para descobrir se est√£o abusando de alguma subst√Ęncia. Evite ir at√© um teste de drogas, pois pode parecer conflituoso e amea√ßar a crian√ßa.
  • Se necess√°rio, fa√ßa com que seu filho seja o tratamento certo.

5. Desafios educacionais.

O ensino médio não é apenas sobre moda, amigos e festas. As crianças também têm muitas atividades educacionais em seu prato.

  • A press√£o para se apresentar academicamente e obter admiss√£o na faculdade pode ser estressante e deixar seu adolescente de mau humor.
  • Malabarismo escolar, atividades extracurriculares (uma obriga√ß√£o para a faculdade) e trabalhos dom√©sticos podem ser cansativos.
  • Distra√ß√Ķes na escola podem resultar em fraco desempenho acad√™mico, o que aumentar√° a press√£o.

Solução:

  • Apoie as aspira√ß√Ķes de seus filhos pela educa√ß√£o universit√°ria, porque o que eles precisam √© o incentivo para fazer o bem.
  • Voc√™ pode reduzir as tarefas dom√©sticas para se concentrar nos projetos da escola, quando necess√°rio.
  • A nutri√ß√£o e o exerc√≠cio podem ajud√°-los a ganhar a for√ßa e a resist√™ncia de que precisam para atravessar o per√≠odo agitado do ensino m√©dio.
  • Se voc√™ sentir que seu filho est√° ficando sobrecarregado com suas atividades di√°rias, reduza algumas tarefas porque os adolescentes ainda n√£o t√™m capacidade pulmonar adulta e se cansam antes de um adulto.

6. problemas de sa√ļde

Os adolescentes são emocional e fisicamente vulneráveis. Sem nutrição e cuidados médicos adequados, eles são suscetíveis a doenças. De acordo com um relatório da OMS de 2015, 1,3 milhão de adolescentes morreram em 2015, a maioria dos quais com doenças evitáveis.

  • Os adolescentes t√™m uma agenda agitada, pois passam de uma atividade para outra com pouco tempo para comer ou descansar adequadamente. H√°bitos alimentares pouco saud√°veis ‚Äč‚Äčos impedem de obter a nutri√ß√£o de que precisam.
  • A consci√™ncia do seu corpo pode levar a dist√ļrbios alimentares, especialmente em meninas. As adolescentes preocupadas com seu peso e apar√™ncia podem desenvolver dist√ļrbios como anorexia ou bulimia. O estresse tamb√©m pode causar perda de apetite e ins√īnia em crian√ßas pequenas.
  • H√°bitos alimentares pouco saud√°veis ‚Äč‚Äče um estilo de vida menos ativo tamb√©m podem levar √† obesidade. Geralmente, esse √© o caso quando seu filho consome muitas calorias vazias por meio de fast food e refrigerantes.

Solução:

A orienta√ß√£o dos pais pode ajudar a reduzir os problemas de sa√ļde dos adolescentes para manter um estilo de vida saud√°vel. Lidere o exemplo e incentive seus filhos a comer alimentos saud√°veis, exercitar-se adequadamente e dormir na hora certa.

  • Certifique-se de que eles recebam nutri√ß√£o durante as refei√ß√Ķes. D√™-lhes uma dieta equilibrada.
  • Esteja l√° emocionalmente e fisicamente, pois isso os ajudar√° a lidar com quaisquer poss√≠veis dist√ļrbios.

(Ler: O que causa estresse nos adolescentes? )

7. problemas psicológicos

Problemas psicológicos

Imagem: Shutterstock

Pesquisas revelaram que cerca de 50% dos transtornos de sa√ļde mental em adultos come√ßam aos 14 anos. De fato, um ter√ßo das mortes de adolescentes s√£o suic√≠dios causados ‚Äč‚Äčpor depress√£o (1). Se seu filho est√° muito mal-humorado e n√£o come nem dorme, √© imperativo que ele obtenha ajuda profissional para ele.

  • Adolescentes podem ter problemas de auto-estima ou confian√ßa. Sentimentos de inferioridade ou superioridade geralmente surgem da sua apar√™ncia e aceita√ß√£o da cor, beleza e formato da pele do seu corpo.
  • Baixo desempenho acad√™mico e baixo QI tamb√©m podem desencoraj√°-los. Eles desenvolvem N√£o sou uma atitude suficientemente boa perante a vida.
  • A depress√£o √© um dos problemas psicol√≥gicos comuns associados √† adolesc√™ncia.
  • O estresse e a press√£o da adolesc√™ncia podem criar problemas relacionados √† ansiedade, enquanto as mudan√ßas de humor podem levar a transtorno de conduta ou transtorno desafiador de oposi√ß√£o.
  • Os dist√ļrbios alimentares tamb√©m s√£o psicossom√°ticos, pois come√ßam com uma baixa auto-imagem e a necessidade de mudar a maneira como s√£o vistos por qualquer meio.

Solução:

Embora o mau humor e as birras sejam normais em adolescentes e crianças, eles nem sempre são o que parecem. Identificar os sintomas de problemas psicológicos na adolescência não é fácil e precisa da atenção de um especialista.

  • Na maioria das vezes, falar sobre problemas e manter um estilo de vida saud√°vel pode impedir o desenvolvimento da depress√£o.
  • Se seu filho √© muito mal-humorado e c√≠nico, √© hora de intervir e procurar ajuda profissional, se necess√°rio.
  • √Äs vezes, sua filha ou adolescente pode ser infeliz em casa sozinho e sair bem. Converse com os professores e amigos do seu filho para ver se eles tamb√©m est√£o de mau humor e desorientados na escola. Se eles s√£o, ent√£o √© motivo de preocupa√ß√£o.
  • N√£o ignore seus sentimentos, pois isso pode piorar as coisas.
  • Incentive-os a se comunicarem com voc√™. Para isso, voc√™ precisa conversar com eles. Se voc√™ acha que seu filho n√£o seria mais f√°cil, converse com ele no carro, onde as chances de confronto s√£o menores, pois voc√™ n√£o est√° cara a cara.

8. Namoro social e quest√Ķes de relacionamento

A atra√ß√£o pelo sexo oposto come√ßa durante a puberdade. A adolesc√™ncia √© o momento em que seus √≥rg√£os sexuais ou reprodutivos come√ßam a se desenvolver. Em um per√≠odo t√£o vulner√°vel, √© natural que as crian√ßas se sintam desconfort√°veis ‚Äč‚Äčem situa√ß√Ķes sociais.

  • Os adolescentes querem ter sua pr√≥pria identidade. Eles tendem a procurar modelos em casa ou no exterior.
  • Os adolescentes tamb√©m come√ßam a pensar sobre o que √© certo e o que √© errado e questionam sua opini√£o sobre certas coisas.
  • Eles precisam de tempo para entender e se sentir √† vontade com sua sexualidade. Meninas e meninos come√ßam a experimentar sentimentos estranhos sobre o outro sexo e podem n√£o saber o que fazer sobre isso.
  • Este √© o momento em que eles come√ßam a namorar. O adolescente pode n√£o se sentir √† vontade para conversar com voc√™ sobre isso e pode ficar com poucas informa√ß√Ķes ou informa√ß√Ķes erradas sobre o assunto.
  • A competi√ß√£o √© outro aspecto importante da vida social dos adolescentes. Seu filho pode competir com seus colegas em tudo e em tudo. Seu esp√≠rito de competi√ß√£o fala muito sobre sua percep√ß√£o de si, se eles t√™m auto-estima positiva ou negativa.
  • Os sentimentos e pensamentos sexuais podem parecer errados para um adolescente, para que eles se sintam culpados.
  • Seu c√≠rculo social se expande durante esse per√≠odo, pois eles parecem ocupados interagindo com amigos em sites de redes sociais, por telefone e fora.

Solução:

√Č assim que voc√™ pode lidar com os problemas sociais da adolesc√™ncia:

  • Namoro, romance e sexo s√£o t√≥picos complicados sobre os quais seu filho adolescente n√£o se sente confort√°vel em falar. N√£o o torne mais desconfort√°vel para o seu filho. Seja confiante e racional ao discutir o t√≥pico.
  • Pode parecer que seu filho est√° passando mais tempo fora do que com voc√™. Aceite que seus filhos est√£o descobrindo um mundo totalmente novo. Apenas deixe que eles saibam que est√° l√° quando precisam.
  • Compartilhar suas cita√ß√Ķes e experi√™ncias da vida social na escola pode ser reconfortante √†s vezes.

(Ler: Mudanças sociais durante a puberdade )

9. Sa√ļde sexual, gravidez n√£o planejada e DSTs

O desenvolvimento de características sexuais secundárias durante a adolescência gera novos sentimentos nos adolescentes e os impele a experimentar com seus corpos.

  • Adolesc√™ncia √© o momento em que os adolescentes experimentam seu primeiro beijo, dan√ßa √≠ntima com seu namorado ou namorada e sess√Ķes secretas de beijo.
  • Sem orienta√ß√£o adequada, os adolescentes podem se tornar sexualmente ativos antes de estarem prontos. Isso pode levar a gravidezes indesejadas. A gravidez indesejada √© o maior risco que as adolescentes enfrentam.
  • O sexo desprotegido tamb√©m pode levar a doen√ßas sexualmente transmiss√≠veis como o HIV.

Solução:

  • Converse com seus filhos, pois eles podem aprender sobre sa√ļde sexual e reprodutiva na escola. Seu dever como pai √© garantir que eles entendam a import√Ęncia do sexo seguro.
  • Altera√ß√Ķes hormonais na adolesc√™ncia podem lev√°-los a agir impulsivamente. Seu filho adolescente pode n√£o gostar, mas √© importante conversar com ele sobre as consequ√™ncias do sexo desprotegido e como isso pode mudar sua vida.
  • A conscientiza√ß√£o √© a √ļnica maneira de prevenir a gravidez precoce e as infec√ß√Ķes sexualmente transmiss√≠veis (DSTs) na adolesc√™ncia.

10. Dependência do ciberespaço

Dependência do ciberespaço

Imagem: Shutterstock

O advento das mídias sociais mudou a maneira como interagimos. Isso afetou mais o estilo de vida dos adolescentes.

  • Pode parecer que seu filho est√° passando horas no telefone, mandando mensagens, conversando ou apenas brincando.
  • Adolescentes viciados em internet tendem a ter menos amigos e uma vida social menos ativa. Eles levam vidas solit√°rias e ficam felizes navegando na Internet por horas. 2)
  • O v√≠cio no ciberespa√ßo tamb√©m reduz suas atividades f√≠sicas, resultando em um estilo de vida sedent√°rio e n√£o saud√°vel.
  • A depend√™ncia da Internet afeta negativamente o desempenho acad√™mico.

Solução:

  • N√£o presuma que seu filho √© viciado em internet apenas porque passa muito tempo no computador. Eles poderiam estar fazendo coisas mais produtivas no sistema, al√©m de navegar na rede.
  • N√£o diga n√£o √† internet. Isso s√≥ os tornar√° inflex√≠veis. Em vez disso, fale sobre suas preocupa√ß√Ķes e ajude-as a trabalhar em outras coisas que n√£o exigem um computador.
  • Voc√™ pode usar o controle dos pais, mas o adolescente pode n√£o aceitar bem, lembre-se de que eles n√£o s√£o mais filhos. Ao mesmo tempo, eles tamb√©m podem n√£o ter o julgamento para tomar as decis√Ķes corretas. Portanto, guie-os como pai, mas nunca decida por eles.
  • Inscreva-os em atividades que os incentivem a interagir com outras pessoas. Realize atividades familiares que o fa√ßam gastar menos tempo no computador.
  • Tenha algumas regras e limites cibern√©ticos para todos em casa. Limite o uso do telefone celular a algumas horas por dia e evite levar o telefone para a sala, pois isso pode afetar o sono de uma pessoa.

11. Agressão e violência.

A agress√£o √© especialmente uma preocupa√ß√£o com os meninos adolescentes. Os rapazes come√ßam a construir m√ļsculos, crescer alto e ter uma voz masculina mais √°spera. Al√©m disso, eles s√£o mal-humorados e vulner√°veis ‚Äč‚Äče podem deixar os outros entrarem na sua pele.

  • Adolescentes podem lutar na escola.
  • Pior ainda, eles poderiam come√ßar a intimidar outras pessoas, o que √© um grande problema que meninos e meninas adolescentes t√™m que enfrentar.
  • As crian√ßas podem cair em m√°s companhias e serem atra√≠das por atos de viol√™ncia, vandalismo e agress√£o. Eles poderiam facilmente ser levados a possuir ou usar uma arma de fogo ou arma tamb√©m.
  • Atos impulsivos de viol√™ncia podem ter s√©rias conseq√ľ√™ncias, inclusive a morte. Segundo o relat√≥rio da OMS, a viol√™ncia interpessoal causa cerca de 180 mortes de adolescentes em todo o mundo.
  • As adolescentes tendem a sofrer viol√™ncia ou agress√£o por um parceiro.

    Solução:

As crianças tendem a imitar o que vêem em casa. Os seguintes remédios para problemas de adolescentes ajudarão a reduzir a agressão, a violência e os problemas relacionados.

  • Ensine seus filhos a serem gentis e atenciosos. Cultivar relacionamentos em casa pode ajud√°-los a ser menos agressivos.
  • Evite o acesso a armas de fogo e √°lcool cedo para evitar viol√™ncia.
  • Ensine a eles habilidades para a vida e a import√Ęncia da compaix√£o. Guie-os sendo seu modelo.
  • Evite exp√ī-los a hist√≥rias violentas, jogos ou filmes em uma idade em que eles n√£o possam dizer a diferen√ßa entre o que √© certo e o que √© errado.
  • Pe√ßa-lhes que tentem maneiras alternativas, como correr, fazer ioga ou usar um saco de pancadas para aliviar a raiva. Dessa forma, eles entendem que n√£o h√° problema em ficar com raiva, mas a maneira como lidam com isso faz toda a diferen√ßa.

(Ler: Como controlar a agressão na adolescência )

Quando você sabe que pode ajudar

Você pode ter sido adolescente. Mas uma vez que você se torna pai de um adolescente, você parece sem noção. Pense bem, seu adolescente está em uma idade que já passou. Seja empático e tente entender o que seu filho está passando. Isso facilita lidar com seus problemas.

Você tem algum conselho sobre como lidar com problemas na adolescência? Conte-nos sobre eles em nossa seção de comentários.

Artigos recomendados:

Os comentários são moderados pela equipe editorial da MomJunction para remover qualquer comentário pessoal, abusivo, promocional, provocador ou irrelevante. Também podemos remover hiperlinks nos comentários.

As pr√≥ximas duas guias alteram o conte√ļdo abaixo.