11 maneiras de lidar com sintomas de depressão sem drogas

11 maneiras de lidar com sintomas de depressão sem drogas

Para muitas pessoas que lidam com a depressão, os medicamentos prescritos podem ser maravilhosos. Antidepressivos, especialmente os mais recentes inibidores seletivos da recaptação de serotonina (SSRIs) como Prozac (fluoxetina) e Zoloft (sertralina), fazem todo tipo de trabalho mágico. No entanto, eles podem ter efeitos colaterais e geralmente são caros, especialmente quando a cobertura do seguro de saúde para doenças mentais é baixa.

Existem muitas maneiras de combater alguns dos sintomas da depressão que não envolvem medicamentos prescritos. Se você tem depressão e gostaria de tentar controlá-la sem medicação, ou se deseja suplementar seu antidepressivo com outras táticas, confira essas alternativas e converse com seu médico sobre o que pode fazer sentido como parte de seu regime de tratamento.

1. durma mais

Sono e humor andam de mãos dadas. Consiga muito pouco do primeiro e o último é obrigado a marcar (se você tem depressão ou não). Certifique-se de ter o que os especialistas em sono chamam de “boa higiene do sono”. Isso significa que você manterá constantes horas de dormir e acordar, seu quarto estará preparado para os sons do sono (escuro, silencioso, claro), você terá uma rotina relaxante para dormir que não envolve sentar na frente da tela, etc.

2. Reduzir a ingestão de cafeína

Café, chá e até chocolate são impregnados com este estimulante. Não há problema em consumir uma quantidade razoável de cafeína pela manhã (isso vai animá-lo), mas prepare sua última dose de cafeína o mais tardar à tarde, para que não interfira no sono.

3. Consiga mais vitamina D

Existem evidências de que uma deficiência desse importante nutriente pode desempenhar um papel na depressão. Se você não estiver recebendo D suficiente da dieta, que também é abundante em muitos alimentos, pergunte ao seu médico se você deve tomar um suplemento. Deficiências de vários nutrientes importantes podem desempenhar um papel nos sintomas de depressão.

4. Vá natural

Para tratar a depressão leve a moderada, vale a pena tentar suplementos alimentares como a erva de São João, a S-adenosilmetionina (SAM-e) e o 5-hidroxitriptofano (5-HTP). No entanto, tenha cuidado com estas substâncias: não tome nenhuma delas sem consultar o seu médico. Só porque eles são vendidos sem receita e promovidos como naturais não significa que eles estão sempre seguros. Por exemplo, misturar a erva de São João com um ISRS como o Prozac pode levar a uma complicação chamada síndrome da serotonina.

5. Toque na sua espiritualidade

Não há necessidade de ingressar em uma igreja, sinagoga ou mesquita (embora certamente para muitas pessoas que enfrentam depressão, a religião possa ser uma importante fonte de apoio). Mas práticas diárias simples, como meditação ou adição a uma lista de coisas pelas quais você é grato, podem ajudar a melhorar o humor e o bem-estar geral.

6. Faça mais exercício

Isso não significa treinar para uma maratona. Significa fazer meia hora de atividade de baixa intensidade a cada dia, o que é mais eficaz em aumentar os níveis de energia do que em atividades mais intensas. Melhor ainda, leve-o para o exterior – o ar fresco e o sol são especialmente curativos para pessoas que enfrentam uma forma especial de depressão conhecida como Transtorno Afetivo Sazonal (SAD).

7. suba no carro

Ou pelo menos faça uma carona de vez em quando. O álcool em si é um depressivo. Curiosamente, beber pode interferir no sono, e a qualidade do sono é fundamental para combater o blues. E se você estiver tomando algum tipo de antidepressivo, não deve beber nada – o álcool não interage bem com os medicamentos.

8. Coma comida de bom humor

O que você coloca na boca pode ter um efeito direto sobre como você pensa e sente. Certifique-se de seguir uma dieta equilibrada, rica em nutrientes e pobre em gorduras saturadas e calorias. Um nutricionista ou nutricionista pode ajudá-lo a analisar seus hábitos alimentares e identificar possíveis deficiências que podem contribuir para a depressão.

9. pense positivo

Pollyanna-ish como parece, pensar em coisas boas pode ajudá-lo a se sentir bem. Seus pensamentos realmente influenciam diretamente seu humor. Se você está lutando contra a negatividade, procure um terapeuta para ajudá-lo a aprender maneiras de combatê-la.

10. Ganhe controle sobre o estresse

O estresse pode elevar os níveis de uma substância química do cérebro chamada cortisol, que foi encontrada em pessoas com depressão. Existem muitas estratégias para lidar com o estresse, como gerenciamento de tempo, meditação e treinamento de biofeedback.

11. Preste atenção à sua vida social

Quando você está deprimido, não há razão para seguir sozinho e todos os tipos de razões para se comunicar com amigos e familiares. Faça planos com os entes queridos e cumpra essas datas. Participe de um clube ou inscreva-se em uma atividade em grupo: uma liga local de queimada, por exemplo, ou uma aula de francês.